Messi critica desigualdade e diz que se emociona ao ver imagens de Che

Numa rara entrevista sobre política, o astro do futebol defendeu também o papel do estado na prestação de serviços essenciais

Considerado por muitos um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, o jogador Lionel Messi concedeu uma rara entrevista sobre temas políticos ao site La Garganta Poderosa e revelou seu lado progressista. “A desigualdade é um dos grandes problemas de nossa sociedade e devemos lutar para corrigi-la o mais rápido possível”, afirmou Messi, segundo reportagem do jornal Estado de S. Paulo.

Na entrevista, o jogador também defendeu o papel do estado. “É fundamental, para quem mais precisa, preservar todos os serviços essenciais em situações como esta pandemia. Água, luz e até alimentos básicos”.

O site La Garganta Poderosa já havia entrevistado Messi em outra oportunidade, quando ele também revelou seu apreço por Che Guevara. “Me emociono ao ver camisas e bandeiras do Che Guevara, Diego (Maradona), da Argentina em qualquer parte do mundo. É uma sensação linda. Sempre que eu vejo o azul e o branco, me aproximo para perguntar”.

Imagem

 

Deixe uma resposta