Simão Jatene tem contas rejeitadas pela Alepa e fica inelegível

Chacinas marcam governo de Simão Jatene - Portal CapanemaPortal Capanema

A Assembleia Legislativa reprovou as contas do ex-governador Simão Jatene (PSDB), que já tinham sido votadas e aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em votação secreta e tumultuada, a ampla maioria dos deputados votou (34) votou pela reprovação. Apenas seis votaram contra o parecer da Comissão de Justiça da Alepa, que recomendou a rejeição das contas de Jatene referentes ao exercício de 2018, último ano de seu governo, em função das graves irregularidades levantadas.

O próprio Jatene compareceu para acompanhar a sessão, acompanhado pelos ex-deputados José Megale e Tetê Santos, ambos tucanos. Jatene fez sua defesa da tribuna da Alepa, onde descreveu em 1h45 detalhes da prestação de contas e criticou a postura do parecer elaborado pelos deputados Júnior Hage (PP) e Wanderlan Quaresma (MDB), contrário ao que o TCE já havia julgado e aprovado.  

A votação das contas foi realizada em votação secreta e turno único, como recomenda o regimento interno da Alepa. Os deputados Thiago Araújo (Cidadania), Heloísa Guimarães (DEM), Eliel Faustino (DEM), Delegado Caveira (PP) e Toni Cunha (PTB) revelaram que votaram contrariamente à reprovação das contas do ex-governador.

Irritado com o resultado, que o torna inelegível por oito anos, Jatene ainda discutiu com deputados à saída da Assembleia Legislativa. Foi particularmente agressivo com o deputado Wanderlan Quaresma. Em meio a ofensas, o deputado Dr. Daniel, presidente da Alepa, foi obrigado a intervir para acalmar os ânimos.

Vale dizer que Jatene já havia sido declarado inelegível pelo TRE, por oito anos (até 2022), por abuso de poder e compra de votos nas eleições de 2014.

Imagem

Jatene já estava inelegível. Além da condenação pelo TRE em 2014, ele havia sofrido uma segunda condenação (inelegibilidade) pelo uso abusivo de cheque moradia na eleição de 2014, em processo movido pelo MDB. A rejeição das contas de 2018 pelo plenário da Assembleia Legislativa é, portanto, a terceira inelegibilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s