Sindicato de Atletas pretende pedir a suspensão do Campeonato Brasileiro

A onda de contaminação de jogadores nas primeiras rodadas do Brasileiro pode provocar uma reação da entidade que representa a categoria. O presidente do Sindicato de Atletas de São Paulo, Rinaldo Martorelli, cogita pedir na Justiça a suspensão dos Campeonatos Brasileiros se a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não alterar o protocolo sanitário adotado para proteger os jogadores de futebol em meio à pandemia do novo coronavírus.

Segundo ele, a entidade sindical já entrou com ação requerendo a nulidade da medida, que reduz de 66 para 48 horas o intervalo mínimo entre jogos pela Série A, em caráter excepcional.

O acordo foi anunciado pela CBF e pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf). Martorelli diz que São Paulo não foi ouvido. O presidente da Fenapaf, Felipe Augusto Leite, rebate. Ele afirma que a entidade nacional sindical fala por todos os atletas do país, e que os jogadores paulistas foram consultados, por meio dos respectivos capitães.

Ainda segundo Leite, o acordo para redução do intervalo entre os jogos tem restrições, como a limitação a quatro partidas por equipe, que não podem ser consecutivas, respeitando um período de, pelo menos, 15 dias entre elas. A princípio, a medida é válida somente para a Série A e, segundo nota da Fenapaf e CBF, teve anuência do Ministério Público do Trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s