Bolsonarista ameaça clientes de copiadora e loja se recusa a entregar cópia das imagens

Um sujeito entrou aos gritos numa loja que faz cópias de documentos desafiando opositores do presidente Bolsonaro. Avisou que iria “dar porrada” em quem não defende “o mito”. Pessoas que estavam na copiadora Minicópia ficaram revoltadas com as ameaças. Entres os presentes, o arquiteto e desenhista Silas Nascimento, grande sambista também, se manifestou e foi ameaçado pelo valentão, um homem forte e alto.

Imagem

Doente de Parkison e usando muletas, Silas teve que escutar os palavrões e ofensas, sem que a loja tomasse qualquer providência para impedir o abuso contra ele e os demais clientes. Depois do incidente, Silas pediu uma cópia das imagens, mas a empresa se recusou a entregar.

Amigos de Silas e companheiros da comunidade do samba estão se manifestando em solidariedade a ele nas redes sociais e pedindo boicote à copiadora, exigindo que ela pelo menos entregue a filmagem para que o agressor possa ser identificado e denunciado à polícia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s