Hamilton reclama da alienação da F1 em relação ao racismo

Imagem

Lewis Hamilton voltou a usar seu perfil nas redes sociais para protestar sobre o caso George Floyd, homem negro asfixiado e morto por um policial americano na última semana. Na última sexta, ele já tinha criticado excessos cometidos por autoridades, a quem chamou de “desgraça”. Neste domingo, o hexacampeão foi além. Ele se mostrou revoltado com o silêncio dos colegas de Fórmula 1 sobre caso.

– Eu vejo aqueles de vocês que ficam calados, alguns de vocês são as maiores estrelas, e ainda assim ficam calados no meio da injustiça. Não há sinal de ninguém na minha indústria que, é claro, é o esporte dominado por brancos – disse em sua conta do Instagram.

Decepcionado, Hamilton citou ainda ser o único piloto negro na Fórmula 1. Ele chegou a insinuar que atitudes e fatos como esse demonstram que há racismo em seu esporte.

– Eu sou uma das únicas pessoas de cor lá e ainda estou sozinho. Eu teria pensado que agora você veria por que isso acontece e diria algo sobre isso, mas você não pode ficar ao lado. Só sei que sei quem você é e eu vejo você – completou.

Para quem não sabe, George Floyd, que sofria de doença arterial coronariana e doença cardíaca hipertensiva, morreu asfixiado por um policial na cidade de Minneapolis, no estado americano de Minnesota. O oficial ficou durante 8 minutos e 46 segundos pressionando o pescoço do homem negro de 40 anos com o joelho. Imagens foram divulgadas da brutalidade e, posteriormente, o policial acabou preso pelo crime.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s