Espanha aprova plano de renda mínima de R$ 2.753,00

Bons exemplos vêm da Europa no momento agudo da pandemia do novo coronavírus. A Espanha aprovou a criação de uma renda mínima nacional, em plena pandemia de coronavírus. O vice-primeiro-ministro Pablo Iglesias disse nesta sexta (29) que o benefício no valor de 462 euros por mês (R$ 2.753,00) terá como alvo 850.000 famílias ou 2,5 milhões de pessoas. A ideia do governo, segundo o site estrangeiro Independent, é pagar a bolsa mensal e aumentar a receita de pessoas que ganham menos, para que elas tenham um patamar mínimo de renda.

No Brasil, Bolsonaro e seu lugar-tenente Paulo Guedes chamam as famílias de baixa renda como gente vagabunda, queriam pagar auxílio emergencial de R$ 200,00 (o aumento para R$ 600,00 foi imposto pelo Congresso Nacional), planejam reduzir a ajuda nos próximos meses e há no decreto que aprovou a medida um item que permitirá cobrar ressarcimento do auxílio futuramente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s