No GP 1.000, vitória de Lewis e homenagens a Reginaldo Leme

galvão-bueno-e1555240475242-1024x645

Durante todo o fim de semana, a Fórmula 1 celebrou o GP da China, o de número mil na categoria. A vitória de Lewis Hamilton veio para entrar para a história, e a corrida também ficou marcada de maneira singular na televisão brasileira. Companheiros de transmissão há quase 40 anos, o narrador Galvão Bueno não teve ao seu lado o repórter Reginaldo Leme, que se recupera de um quadro de pneumonia. Apesar de não comparecer pessoalmente, Leme fez participação pontual na transmissão da corrida, e recebeu homenagens de Galvão e sua equipe.

Logo no início da transmissão do GP da China neste domingo (14), Galvão já lembrou os telespectadores da TV Globo que Reginaldo Leme teria participação especial, mesmo estando no hospital.

“Reginaldo já me mandou um recado aqui, falou que está cheio de papel na cama, acompanhando a corrida desde o início”, disse Galvão. “Estamos juntos há praticamente 40 anos. Firme e forte, Leme, ótima recuperação”, acrescentou. E o narrador fez questão de comemorar a parceria com Leme mesmo à distância. No treino classificatório do sábado, Galvão dedicou a transmissão ao “velho parceiro”, com quem transmitiu lado a lado mais de 500 corridas.

No GP de número mil, Reginaldo participou ao escolher a corrida que mais o marcou. “Pois é, Galvão, não estou com vocês, mas vou escolher um GP dos muitos que estivemos juntos. Vamos ao GP da África do Sul, em 1983, aquele em que o Piquet me avisou que teria uma surpresa. Vamos relembrar como você narrou aquela corrida do bicampeonato do Nelson Piquet?”, disse Leme em áudio.

Emocionado, Galvão Bueno seguiu com a transmissão, mas ocasionalmente lembrou do amigo e comentarista em observações sobre a corrida. No sábado, o narrador exaltou o prêmio que recebeu ao lado de Leme após atingirem participação em mais de 500 corridas na categoria. “Já recebemos uma premiação especial, há seis anos, no GP de Monza, após entrar no ‘Clube dos 500’ – aqueles com 500 ou mais corridas de F1”, disse Galvão.

Reginaldo Leme também foi homenageado por outros componentes da equipe. Carlos Gil, repórter que esteve em Xangai, desejou uma boa recuperação ao comentarista, assim como Luciano Burti e Felipe Giaffone, responsáveis pelos comentários no GP 1000. “Regi, volta logo. Seu lugar é esse aqui. Volta logo e boa recuperação”, disse Giaffone.

Galvão confirmou que Reginaldo Leme está em fase final de recuperação, após ser diagnosticado com um quadro de pneumonia. “Segunda-feira já estará em casa, está muitíssimo bem”, afirmou. (Do UOL)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s