Football Leaks: novos documentos contradizem advogados de Ronaldo

image

Cristiano Ronaldo foi acusado de ter abusado sexualmente de Kathryn Mayorga durante umas férias em Las Vegas, em 2009, mas nega veementemente as acusações. Esta sexta-feira, o “Der Spiegel” revelou novos documentos sobre o caso.

De acordo com a publicação, surgiram e-mails que comprovam a existência de um questionário que os advogados de Ronaldo utilizaram para averiguar os acontecimentos daquela noite, do ponto de vista do craque da Juventus. Esses documentos alegam que o português afirmou que a norte-americana lhe pediu para parar a relação sexual em várias ocasiões.

O jornal alemão afirma que as conversas sobre o referido questionário começaram no dia 3 de agosto de 2009 e que o questionário, de 41 páginas, foi elaborado pela Lavely & Singers, empresa de advogados de Los Angeles. Mais tarde, o documento foi enviado para o advogado de defesa em Londres e para Carlos Osório de Castro, também representante de CR7. Segundo o “Der Spiegel”, as respostas de Ronaldo diferem na primeira e na última versão do questionário. (De O Jogo) 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s