A história do golpe contra Jango

JGFOTO026

A sessão Cineclube Prata da Casa, do Cineclube Alexandrino Moreira, exibe na próxima quinta (29), às 19 h, “Jango”, de Sílvio Tendler, com entrada franca. O Projeto Prata da Casa incentiva a divulgação de filmes nacionais, promovendo a exibição das obras em circuito alternativo.

O documentário refaz a trajetória política de João Goulart, o 24° presidente brasileiro, que foi deposto por um golpe militar em 1964. Goulart era popularmente chamado de “Jango”, daí o título do filme, lançado 20 anos após o golpe.

A reconstituição da trajetória de Goulart é feita com a utilização de imagens de arquivo e entrevistas com importantes personalidades políticas, como Afonso Arinos, Leonel Brizola, Celso Furtado, Frei Betto e Magalhães Pinto. O slogan do filme é “Como, quando e por que se derruba um presidente”.

A obra pode ser considerada como uma das mais importantes do Brasil e ganhou diversos prêmios, como o Troféu Margarida de Prata, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em 1984; o Prêmio Especial do Júri, Prêmio do Público e de Melhor Trilha Sonora no Festival de Gramado (Rio Grande do Sul), no mesmo ano, e o Prêmio Especial do Júri no Festival de Havana (Cuba).

Cineclube Prata da Casa – Exibição do filme “Jango” (1984), de Sílvio Tendler, nos dias 22 e 29 de novembro, às 19 h, no Cineclube Alexandrino Moreira, na Casa das Artes – ao lado da Basílica Santuário de Nazaré. Entrada franca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s