A caminho da Idade Média

Bandeira-do-Brasil1-600x338

Por Afrânio Silva Jardim (*)

O BRASIL VAI SER DESTRUÍDO. VAMOS VOLTAR À IDADE MÉDIA.
HOMENS TOSCOS, INCULTOS E TRUCULENTOS IRÃO TENTAR GOVERNAR UMA JOVEM NAÇÃO, QUE TINHA TUDO PARA SER DESTAQUE EM NÍVEL INTERNACIONAL.

Parte do nosso povo escolheu a ignorância e vai sofrer pela absurda escolha. A infelicidade vai contagiar todos nós…

Até hoje não consigo entender como isto pode acontecer. Até hoje não consegui “absorver o golpe”.

Coisa estranha: já não me sinto “em casa” … Parece que não mais estou em meu país …

A minha inadaptação a este modelo de sociedade está se acentuando de forma absurda !!!

Vejo as pessoas andando nas ruas e penso que são meus inimigos, que eles elegeram o “terror” para todos nós que sempre cultivamos o pensamento de esquerda, que sempre lutamos por justiça social.

Vamos ser perseguidos em nosso país por esta onda de obscurantismo. Fico atormentado por este incômodo sentimento de impotência.

Sinceramente, não sei o que fazer … Sinceramente, não sei onde isto vai parar, como poderemos sobreviver com um governo tão tosco e de extrema direita.

Como conviver com um fundamentalismo religioso e com um nacionalismo irracional?

Como aceitar o fim do pensamento crítico e do fomento à atividade cultural?

Como aceitar que a ciência seja substituída por ideias e crenças medievais?

Vai ser doloroso ver novamente o nosso povo andando de cabeça baixa, angustiado e calado por um governo autoritário e repressivo.
Vamos sentir saudades da época em que tínhamos esperanças e éramos otimistas.

Continuo culpando: a nossa mídia empresarial, o nosso sistema de justiça (Poder Judiciário e Ministério Público), muitos pastores de igrejas evangélicas e esta nossa elite empresarial, egoísta, hipócrita e reacionária, dentre outras forças sociais espúrias.

O texto abaixo é um alerta para o que vem por aí, para a tragédia que se avizinha.

De qualquer forma, vamos resistir. Vamos resistir de qualquer forma !!!

PS: o professor Afrânio recomendou o artigo do ex-ministro Eugênio Aragão. Leia aqui: publicado no DCM.

(*) Professor de Direito na UERJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s