A força

Por Edyr Augusto Proença

Sumiram os criadores. O futebol força está de volta. Inter, São Paulo e Palmeiras são os vencedores. Jogam na força e no erro dos adversários. O adversário erra; eles, não. Meu Flamengo dá raiva. Apostar em Pará, Rodolfo, Rômulo, Marlos Moreno e Matheus é insuportável.

Até aquele Lincoln já está mascarado e não chega na frente em nenhuma dividida. O erro de passe chega a ser terrível. Em um momento do jogo o Inter havia errado 15 vezes e o Flamengo, 35!

O Cruzeiro, quando não está preso pelo técnico, tem alguma técnica, mas teve dificuldade em ganhar do Botafogo, este, infelizmente, em momento terrível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s