Sem Lula na disputa, Nordeste sinaliza abstenção recorde na eleição

lula-preso-2-600x340

Em nenhuma outra região do país a ausência de Lula na disputa presidencial produz tantos órfãos como no Nordeste. O Datafolha mostra que o índice de eleitores que declaram voto branco, nulo ou em nenhum candidato quando o petista não está entre as opções salta do patamar de 13% a 14% para mínima de 31% e máxima de 34%, a depender do cenário. Como o ex-presidente é o nome de até 51% dos nordestinos, seu impedimento faz do território a fatia valiosa de seu espólio político.

Com o “insuspeito” Datafolha apontando queda de 6% nas intenções de voto após sua prisão na Lava Jato, o cenário sem Lula é sombrio para as eleições. Com candidatos em grande equilíbrio, Bolsonaro venceria o primeiro turno, seguido de Marina Silva, com 17% e 15% respectivamente.

O destaque fica com o empate entre Joaquim Barbosa e Ciro Gomes, ambos com 9%. Alckmin não consegue emplacar nem o quarto lugar, permanecendo em quinto, com variação em torno de 5%, não herdando votos de nenhum segmento político. Com isso, os maiores beneficiários, caso Lula não seja candidato, até aqui, seriam Barbosa e Ciro.

Um comentário em “Sem Lula na disputa, Nordeste sinaliza abstenção recorde na eleição

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s