Depois de isolar Lula, PF proíbe visitas alegando “razões de segurança”

ger120667

Por Dayane Santos, no Portal Vermelho

De acordo com o G1, a justificativa para a mudança “são questões de segurança”, no entanto, a Polícia Federal não informou se essa mudança vale apenas para essa semana. Quarta-feira é o dia de visitação para os presos que se encontram detidos na superintendência da corporação, em Curitiba.
A defesa do ex-presidente Lula solicitou que as visitas ocorressem às quintas. O advogado Cristiano Zanin Martins, que esteve com Lula em todos os dias de seu encarceramento, solicitou a data ao superintendente da Polícia Federal no Paraná, Maurício Valeixo, e ao delegado Igor Romário de Paula, que fazem os contatos com os defensores.
Nesta terça-feira, nove governadores estiveram em Curitiba para visitar o ex-presidente, mas foram impedidos pelo juiz Moro e pela juíza da vara de execução penal, Carolina Moura Lebbos. A juíza seguiu a tese de Moro e disse em sua decisão que estava vetando “privilégios”.
“Uma juíza pode dizer em que termos se dará a visita ao presidente Lula. Mas jamais impedir um direito previsto expressamente em lei e chamá-lo de ‘privilégio’. Ou é prepotência, ou é desconhecimento. Mais uma página triste e inusitada”, resumiu o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que estava entre os governadores que foram a Curitiba.
Ele se refere à Lei de Execução Penal que garante aos cônjuges, companheiros, parentes e amigos o direito de visitar presos. “Obviamente ‘regras de carceragem’ não podem revogar um direito previsto em lei. E eventual regulação judicial não pode ser desproporcional ou ofensiva ao bom senso”, argumentou o governador, que também é professor de Direito Constitucional e juiz federal.
“Esse episódio deplorável contra agentes públicos, eleitos pelo voto popular, mostra uma profunda animosidade contra o presidente Lula. E a juíza esqueceu que os Poderes são independentes e harmônicos, como manda a Constituição”, acrescentou.

Mídia segue campanha
A grande mídia segue o roteiro de tentar desconstruir a imagem do ex-presidente e tratá-lo como inimigo. A Rede Globo não cansa de publicar o infográfico em que transforma a solitária em que Lula foi colocado num suposto “tríplex”. Nas edições, insinuam que o fato de Lula ter cama, mesa e um banheiro é um privilégio é não um direito. “Na sala especial de Lula tem uma cama de solteiro, mesa, cadeira e televisão”, diz a legenda do G1.
Mas além disso, a nova pauta dos grandes meio de comunicação é dizer que a prisão de Lula esta prejudicando o atendimento ao público na PF. Enquanto afirma que a PF suspendeu as visitas por questões de segurança, a imprensa diz que “o entorno da Polícia Federal está bloqueado pela Polícia Militar (PM), que reforçou o policiamento na região”.

Um comentário em “Depois de isolar Lula, PF proíbe visitas alegando “razões de segurança”

  1. “AGORA EU SOU UMA IDEIA”.
    Luis Inácio LULA da Silva
    Tudo como manda o livrinho da CIA. Após o degredo, a tentativa de apagar do inconsciente coletivo a memória do líder. INÚTIL, FASCISTAS!
    DEJA VU: Nelson Mandela ficou 26 anos encarcerado e ao longo de todo esse tempo, a branquelada BOER tentou de todos os modos apaga-lo da memória do povo sul-africano. Mas.. ao ser libertado ele renasceu FÊNIX e comandou uma cruzada anti-racial, que o levou a vencer o APARTHEID. De quebra, à presidência da África do Sul e à confissão pública das culpas todas de seus desafetos.
    O MESMO ACONTECERÁ COM LULA! ANOTEM!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s