Bate-papo no boteco virtual – Remo x Manaus

Copa Verde 2018 – 1ª fase

Remo x Manaus-AM – estádio Jornalista Edgar Proença, às 20h30

destaque-486726-remoxmanaus-696x392

Na Rádio Clube, Jones Tavares narra; João Cunha comenta. Reportagens – Paulo Caxiado, Paulo Fernando, Mauro Borges. Banco de Informações – Jerônimo Bezerra 

bol_qua_140218_06.ps

47 comentários em “Bate-papo no boteco virtual – Remo x Manaus

  1. Time amazonense está há 16 jogos sem perder. Entra hoje com vantagem de 2 a 0, estabelecida no jogo de ida, na Arena da Amazônia. Pode empatar ou perder por 1 a 0.

    Curtir

  2. Duas equipes já em campo, perfilando-se para a execução dos hinos. Técnico Wladimir diz na Clube que time está bastante confiante para buscar a vaga dentro do Mangueirão.

    Curtir

  3. Proposta tática do Remo é sufocar o visitante desde os primeiros minutos, a fim de tentar descontar a vantagem amazonense logo de cara. Ney da Matta treinou a equipe para jogar ofensivamente, explorando os lados do campo.

    Curtir

  4. Remo até o momento sem volume de jogo. Não pressiona, erra passes bobos na frente… Enquanto isso, o Manaus segue tranquilo, sem pressa, marcando com eficiência, esperando o erro do clube paraense.

    Curtir

  5. Fim de papo no primeiro tempo, após 8 minutos de acréscimos, provocados pela cera praticada pelo Manaus. Remo não fez a pressão inicial esperada, ainda assim tomou sempre a iniciativa, principalmente pela velocidade nas ações de Jayme, puxando as jogadas no ataque. A bola era cruzada sempre, mas Isac custou a entrar no jogo. Quando se apresentou bem para receber passes na área, perdeu dois lances pelo alto e acabou por desperdiçar o penal (cometido por Hamilton sobre Jayme), aos 39 minutos. Goleiro Milton foi bem na bola, mas o chute saiu no centro do gol, facilitando a defesa. Na sequência, duas boas oportunidades criadas. Na mais aguda, Jayme cabeceou escorando cruzamento de Levy e o goleiro praticou grande intervenção, mandando a escanteio.
    A catimba amazonense, porém, tornou o jogo extremamente truncado, atrapalhando inteiramente as tentativas que o Remo buscava com a bola no chão. Além da cera do próprio goleiro, jogadores como Rossini, Nena e Panda caíram diversas vezes, forçando paralisações. Antes da cobrança do penal, jogadores do Manaus cercaram o árbitro e chegaram a tomar a bola das mãos do cobrador, Isac, que acabou sendo o único punido, levando amarelo por ter empurrado um jogador que atrapalhava a execução do lance.

    Curtir

  6. Ficou evidente, no aspecto de organização, que o Remo mostrava-se extremamente tenso nos primeiros 20 minutos, custando a acertar o posicionamento de Jayme e Felipe Marques, ambos distantes do ataque. O Manaus se posicionou sempre cautelosamente, guarnecendo o setor defensivo com chutões, faltas e cai-cai. Jogo feio e pouco disputado com a bola no chão, muito em função das dificuldades de criação no meio remista, onde Jefferson se movimenta, mas Fernandes está errando muito. Isac perdeu várias chances e ficou ainda mais nervoso após a perda do penal.

    Curtir

  7. Impressionante, sob todos os pontos de vista, foi a passividade do árbitro com a cera ostensiva do time visitante.
    Melhores no Remo: Jayme, Levy, Esquerdinha e Felipe Marques.
    Menos produtivos: Fernandes e Isac.

    Curtir

  8. Desafio cada vez mais complicado para o Remo na segunda etapa, pois precisa descontar a diferença no placar e para isso precisa ter tranquilidade e melhorar a distribuição de jogo. Do outro lado, a julgar pelo comportamento no primeiro tempo, o adversário deve vir para travar ainda mais a partida.

    Curtir

  9. Remo com limitadíssimo no aspecto da criação e com poder de definição muito deficiente. A cera do adversário apesar de irritante já era esperada e não teria muito efeito se o Leão estivesse mais inspirado e efetivo. Remo só tem 45 agora.

    Curtir

  10. Remo com limitadíssimo no aspecto da criação e com poder de definição muito deficiente. A cera do adversário apesar de irritante já era esperada e não teria muito efeito se o Leão estivesse mais inspirado e efetivo. Remo só tem 45 agora.

    Curtir

  11. Time precisa de um meia-armador com urgência, pois não tem criatividade nenhuma. Estão tentando resolver nos chutes de fora da área, porém nenhuma bola leva perigo ao time do Manaus.
    Manaus começa a crescer na partida.

    Curtir

  12. 27′ Lançamento em contra-ataque, bola chega ao centroavante Nena, que põe fora do alcance do goleiro Vinícius. Manaus 1 a 0

    Curtir

  13. Remo tenta chegar ao gol da vitória (que não garante a classificação), mas peca na desorganização do meio-campo, onde Adenilson aparece pouco e sem inspiração. Elielton, Felipe Marques e Levy são os mais destacados a essa altura, mas o Manaus se defende como pode e vai garantindo a vaga.

    Curtir

  14. Equipe é muito limitada.
    Não acertam nada…
    Ney da mata não consegue dar um padrão ao time, remo continua refém das bolas espirradas na área.

    Curtir

  15. Esse time do Remo é medonho, não possui uma jogada, time totalmente desorganizado. Técnico está mais de 50 dias a frente do Remo e o time não tem um padrão.
    Manaus deu um baile no Remo.

    Curtir

  16. Esse time do manaus é semi profissional, fico imaginando o jogo contra o Internacional, se não melhorar muito remo periga levar uma goleada.

    Curtir

  17. Fim de jogo no Mangueirão. Remo perdeu algumas chances na base do abafa, mas o Manaus levou o jogo até o fim se defendendo e garantindo o empate.

    Curtir

  18. É o tipo de resultado que compromete e muito o desempenho nas outras competições. A história se repete, no ano passado o Santos do AP, agora um time do amazonas, que disputa um campeonato amazonense desmotivante. O ano promete ser difícil pro leão, infelizmente.

    Curtir

  19. Fernandes alegando que a eliminação decorreu do jogo no Amazonas. Menos verdade. Aqui não conseguiram uma mínima vantagem e acharam o gol do empate.

    Mas é isso a temporada continua. Agora, é vida que segue. Se é este o elenco e comissão técnica que temos, é com eles que seguiremos.

    Curtir

  20. Representante da diretoria com uma postura lúcida. Não espinafrou comissão técnica, mas também não apresentou desculpas esfarrapadas.

    A verdade é que o time foi muito mal técnica e taticamente, individual e coletiva e psicologicamente. Às vezes em que chegou foi no abafa.

    A comissão técnica e o time têm de se esforçar para reconhecer que estão mal e que precisam melhorar muito para o restante da competição.

    E para não dizer que foi tudo ruim, vi um time que já não é mais aquele que vive de quebrar a bola permanentemente. E notei também uma discreta melhora do Esquerdinha em relação aos jogos anteriores. Ainda está travado, mas já mostra alguns lampejos. Ainda é pouco, mas mostra que pode crscer muito.

    Mas, repito, se é o que há, e se não se tem dinheiro para trazer outros. O jeito é seguir com estes.

    Curtir

  21. Tem que rever a situação do Isac, deixá-lo no banco seria uma opção. O esquema 4-3-3 não é para este elenco. Como o time não tem dinheiro, tem que fazer as peças atuais trabalharem pelo menos dentro das suas limitações sem inventar.

    Curtir

  22. Nada como um dia, após o outro..
    Na próxima Quarta-feira, será a vez do Internacional, e terão que se contentar apenas com o Parazinho..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s