Lei da compensação? Hum hum…

DVHt3iSU0AE5MLb

O sacrossanto juiz das camisas pretas, herói de muitos distraídos por aí, mostrando como é malandra a Justiça brazuca. Pelos seus interesses e privilégios, tudo é permitido, até mesmo afrontar a Lei. E ainda sai com a desculpa furreca de que embolsa o auxílio para “compensar falta de reajuste”, justamente um integrante da categoria profissional mais bem paga do serviço público. 

10 comentários em “Lei da compensação? Hum hum…

  1. A questão vai além de eventuais preferências – no que me diz respeito, ambos magistrados de posturas no mínimo polêmicas. Envolve os privilégios inaceitáveis concedidos a um dos três poderes da República. Justamente aquele que mais devia zelar por isonomia e justiça. Ou você também discorda desse preceito básico?

    Curtir

  2. O tempo passa, o tempo voa e isso continua igual, a defesa obtusa do condenado em segunda instância, os mesmos comentários e comentaristas. Só uma coisa é certa em relação a justica: 2+2 pode ser 3 ou 5.
    Pobre país o nosso onde parte da população defende a presença de criminoso condenado em eleição para PRESIDENTE DA REPUBLICA, estamos moralmente no fundo do poço, esses mesmos defensores bradam contra a indicação a um Ministerio de condenada em processo trabalhista, indignação seletiva!!!

    Curtir

  3. O mais espantoso, sr. Felipe, é a aceitação de um presidente empossado em claro desrespeito à Constituição e acusado dos mais diversos crimes, incluindo recebimento de mala de dinheiro (tudo filmado) e gravação de negociata dentro do Palácio do Planalto. Sobre isso percebo que não há uma palavra sua, o que soa estranho para alguém aparentemente tão indignado com corrupção. Incrível como a desmemória seletiva e o fervor reacionário cegam as consciências.

    Curtir

  4. O sr blogueiro esquece que quem escolheu o vice do poste Dilma foi seu ídolo condenado por unanimidade em segunda instância, ou seja substituto natural da impedida. E não adianta esbravejar, a viva alma mais honesta vai p cadeia.
    Acho que a energia gasta p desqualificar a justiça deveria ser usada para derrubar o foro privilegiado que esse sim é a causa da impunidade da catreva que povoa a politica brasileira, como gente bem conhecida nossa…

    Curtir

  5. Eu sou ateu, mas sei que Jesus Cristo também foi condenado injustamente, e pelas mesmas razões políticas: pela defesa do pobre. Sim, os judeus eram escravizados pelos romanos e eram um dos povos empobrecidos pela tirania do império romano. E, sim, entre os defendidos por Cristo estavam os fariseus, que ou não entendiam a situação, ou se faziam de desentendidos. Mesmo para um ateu é difícil ser indiferente a essa história de perseguição e injustiça. Como conhecer a paixão de Cristo e não ficar do lado dele? Impossível. Dito isso, a história da injustiça de que sofreu Cristo é uma entre tantas, como a de Sócrates, a de Joana d’Arc, Malcolm X, Martin Luther King, Stephen Biko, Mahatma Ghandi… e, agora, a de Lula. O que os conservadores têm muita dificuldade de entender é aquilo pelo qual seus opositores se batem: o verdadeiro sentido da justiça. Não percebem que na ânsia de reparação pelo dano causado pelo golpe julgam apressadamente e condenam alguém potencialmente inocente. Uma coisa é um erro político de Lula, outra coisa é atribuir-lhe um malfeito do qual há nenhuma evidência de que tenha feito.

    Algumas questões prosperam: 1) Como o líder intelectual da quadrilha que teria praticado o maior crime contra o patrimônio nacional pode ter ganho em troca de tal feito um barco de lata, dois pedalinhos, uma reforma de apartamento que já teria sido quitado por ele e um sítio que já pertence ao mesmo dono há mais de trinta anos e que é frequentado por Lula desde muito antes de ter sido eleito presidente? 2) Por que Sérgio Moro não permitiu as perícias solicitadas pela defesa, pela defesa!, sobre o caminho do dinheiro que saiu da Petrobras? Ora, por mais que o ônus da prova seja do acusador, a defesa não está desimpedida de provar a inocência. 3) Por que Moro fugiu da acusação feita pelo MP e acusou ele mesmo o presidente Lula? Ao fazer isso, Sérgio Moro foi juiz e acusador ao mesmo tempo, algo que só se via na Id. Média. 4) Por que tucanos e outros de direita sequer são investigados, mesmo quando as provas sobram?

    Reflexões, apenas reflexões. Mas que dizem muito sobre o que estamos vendo…

    Curtir

  6. Ninguém desqualifica a Justiça, cidadão. A própria Justiça se desqualifica ao perseguir durante todo esse tempo o ex-presidente Lula sem apontar uma prova sequer, baseando-se exclusivamente em “convicções”. É a mesma Justiça que fingiu não ver golpe contra Dilma e ignorou provas robustas (inclusive gravações) da corrupção envolvendo o atual presidente, que foi vice dela mas não é do mesmo partido. É, também, a mesma Justiça que releva as traquinagens (comprovadas) de Aécio Neves, José Serra e até do velhaco-mor FHC. Reflita. Não dói.

    Curtir

  7. Sei, não, Lopes. Mas, mesmo tomando por base só os elementos da “paixão”, me parece que a desdita do nosso ex não alcança a estatura do Paradigma. Ou alcança?

    Quanto às reflexões itemizadas, sob o meu ponto de vista, só aquelas lançadas nos itens 3 e 4 ostentam procedência. As outras, quando submetidas a um raciocínio mais específico acabam se esvaziando.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s