3 comentários em “Capa do Bola – terça-feira, 30

  1. Que o Remo tem o elenco mais enxuto, não há dúvida. Mas, que seja o mais condicionado, aí há controvérsia. Sim, nem física, nem taticamente, este condicionamento pode ser proclamado como o melhor de todos os que disputam o campeonato. E todos os jogos disputados até aqui deixam isso claro. É só passá-los em revista.

    É verdade que tal pérola de precipitação parte da imprensa dita especializada. Mas, é de esperar que o treinador e o elenco azulino não ouçam esta sereia cantando, ou, ouvindo, não se deixem seduzir pelos elogios fáceis que som neste canto.

    Não podemos esquecer que há toda uma temporada pela frente. E nem que quando o listrado começou a treinar o Mais Querido já treinava há um mês. Logo, em tais condições, não é de estranhar e nem de se vangloriar que quem venha trabalhando há mais tempo suplante fisicamente um adversário cujo estágio de trabalho esteja com defasagem relativa de um mês.

    Enfim, a vitória foi importante, inclusive porque se repetiu nas arquibancadas e no borderô. Mas, tal não pode subir à cabeça. Máxime porque a competição mais importante ainda nem começou.

    O Remo ainda não colheu nenhum fruto. Ainda está em plena semeadura, sob clima financeiro desfavorável, o qual, numa fração de segundos, como a experiência tem mostrado, pode transformar as sementes (treinador e elenco) e o solo (administração) em elementos absolutamente inférteis.

    Com calma e pés no chão, avante Leão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s