Ranking geral de torcidas em 2017 aponta Leão em 18º e Papão em 23º lugar

destaque-447739-remo2
O Ranking Globo Esporte, abrangendo jogos em todos os campeonatos apenas das equipes das três divisões principais (A, B, C), posiciona os dois rivais paraenses entre os 25 maiores públicos do país. O Remo, que disputou a Série C, aparece em 18º lugar, com média de 11.369 espectadores e preço médio de ingresso em R$ 24,00. O Paissandu, que jogou a Série B, ficou em 23º lugar, com público médio de 7.997 espectadores, com preço médio de ingresso em R$ 21,00.
Abaixo, os 25 clubes listados no ranking do site GE:
  • 34.796 público médio – 33 jogos
    R$ 63.330.826,00 – renda bruta
    R$ 55 – ingresso/preço médio
  • 2º  São Paulo
    33.635 público médio – 30 jogos
    R$ 26.476.817,00 – renda bruta
    R$ 26 – ingresso médio
  • 3º  Palmeiras
    30.496 público médio – 33 jogos
    R$ 61.429.014,00 – renda bruta
    R$ 61,00 – ingresso médio
  • 4º  Grêmio
    21.649 público médio – 39 jogos
    R$ 37.102.666,00 – renda bruta
    R$ 43,00 – ingresso médio
  • 5º  Flamengo
    20.802 público médio – 43 jogos
    R$ 55.111.251,00
    R$ 61,00
  • 19.900 público médio – 34 jogos
    R$ 17.275.787,00
    R$ 25,00
  • 7º  Bahia
    18.657 público médio – 32 jogos
    R$ 15.605.775,00
    R$ 26,00
  • 8º  Cruzeiro
    18.220 público médio – 37 jogos
    R$ 24.520.637,00
    R$ 36,00
  • 9º  Ceará
    17.157 público médio – 27 jogos
    R$ 7.874.843,00
    R$ 16,00
  • 10º  Botafogo
    15.172 público médio – 36 jogos
    R$ 20.356.915,00
    R$ 37,00
  • 11º  Atlético-PR
    14.878 público médio – 36 jogos
    R$ 13.134.602,00
    R$ 24,00
  • 12º  Atlético-MG
    14.684 público médio – 35 jogos
    R$ 15.522.388,00
    R$ 30,00
  • 13º  Fluminense
    14.190 público médio – 38 jogos
    R$ 17.048.875,00
    R$ 31,00
  • 14º  Fortaleza
    12.953 público médio – 23 jogos
    R$ 5.020.362,00
    R$ 16,00
  • 15º  Vasco
    12.947 público médio – 25 jogos
    R$ 11.706.200,00
    R$ 36,00
  • 16º  Coritiba
    12.486 público médio – 29 jogos
    R$ 9.348.525,00
    R$ 25,00
  • 17º  Santos
    11.759 público médio – 33 jogos
    R$ 14.240.090,00
    R$ 36,00
  • 18º  Remo
    11.369 público médio – 18 jogos
    R$ 4.953.565,00
    R$ 24,00
  • 19º  Sport
    10.664 público médio – 40 jogos
    R$ 8.840.748,00
    R$ 20,00
  • 20º  Vitória
    10.023 público médio – 34 jogos
    R$ 4.797.595,00
    R$ 14,00
  • 21º  Chapecoense
    9.222 público médio – 37 jogos
    R$ 8.858.240,00
    R$ 25,00
  • 22º  Paraná
    8.817 público médio – 32 jogos
    R$ 6.657.245,00
    R$ 23,00
  • 23º  Paysandu
    7.997 público médio – 31 jogos
    R$ 5.414.981,00
    R$ 21,00
  • 24º  CSA
    7.925 público médio – 21 jogos
    R$ 3.444.616,00
    R$ 20,00
  • 25º  Vila Nova
    7.492 público médio – 26 jogos
    R$ 3.415.285,00
    R$ 17,00

11 comentários em “Ranking geral de torcidas em 2017 aponta Leão em 18º e Papão em 23º lugar

  1. Leão, o verdadeiro rankiado, o resto é cópia mal feita kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk conta outra kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk chora mucura, chora kkkkkkkkkkkk vai ter bicola passando mal hj kkkkkkkkkk eu choro

    Curtir

  2. Ranking compara manga com banana…o correto deveria considerar competicoes separadamente, valores de ingressos e etc…informação pouco relevante…campeonatos de tiro mais curto e com mata mata tendem a ter mais publico, considerando o carater decisivo…já os com pontos corridos dependem mais da campanha que faz o time…até crianças de 10 anos sabem disso.

    Curtir

  3. Esse negócio de ranking de média de público é mais esquisito que esquizofrênico, não dá para entender. Ou seja, pela tabela acima podemos dizer que que o time do Remo se deu bem no ranking geral final de público pagante na temporada porque levou mais público pagante em seus jogos e por conseguinte mais renda. Ledo engano. Se analisarmos minuciosamente a tabela podemos observar que média azulina foi maior, porém o Paysandu levou mais público no acúmulo de 31 jogos, somando mais de 247 mil enquanto o Remo acumulou cerca de 204 mil em 18 jogos. No quesito renda que é mais importante o Paysandu mesmo com ingresso mais barato acumulou mais de 5 milhões de renda nos 31 jogos, enquanto o Remo arrecadou menos de 5 milhões . O Paysandu arrecadou mais de 400 mil a mais que o time do Remo na soma geral, mesmo fazendo uma campanha horrível na B e o time do Remo fazendo campanha razoável para boa na C. Então se alguém visualiza vantagem azulina nessa ranking, eu não sei onde está esta vantagem.

    Curtir

  4. Bem lembrado Pamplona, e sobre esse papo de ranking de público nos estádios de Belém , eu não esqueço 2015 quando os remistas fizeram maior carnaval porque enceraram o ano entre os “primeiros” com média de 28 mil por jogo. Diante da euforia eles, eu comentei que a média só tinha sido alta porque fizeram boa campanha e poucos jogos, sendo quase todos decisivos, inclusive os jogos do mata para o acesso que conseguiram. Aí diante de muita piadinha eu falei que queria ver eles colocarem a média de 28 mil por jogo na série C, que era competição mais importante, porém realizariam mais jogos que na D. Não deu outra, em 2016 no 9 jogos em Belém mesmo com boa campanha a média de publico deles caiu de 28 mil na D para pouco mais de 13 mil na C. Este ano a campanha foi melhor mais a media já caiu para pouco mais de 11 mil. Onde está aquela média tão festejada de 28 mil por jogo que ocorreu em 2015???????????

    Curtir

  5. Lembrando que o Remo jogou bem menos que esses times todos da serie A e B. A Torcida do Leão é diferenciada, maior do norte acho que nem é preciso provar mais nada pra ninguém. As provas estão aí e não é de hoje, só não vê quem não quer.

    Curtir

  6. Onde o amigo estava durante a Série C deste ano? Campanha do Remo foi ainda pior que a do ano passado, Nélio. Ficou a um ponto da queda.

    Curtir

  7. Amigo eu estava na Santa Maria de Belém do Grão Pará e sabes que acompanho de perto o futebol paraense. E explico: Em 2016 o Time do Remo fez campanha boa porque na última rodada da primeira fase ficou dependendo de uma vitória em casa contra o América Natalino, mas ainda torcia por derrota do ABC fora de casa para garantir classificação. O ABC perdeu mas o time do Remo não venceu o América diante de 32 mil e foi eliminado .OK???? Porém em 2017 o time do Remo ficou fora do perigo de rebaixamento há várias rodadas antes do final e no jogo contra o Sampaio na penúltima rodada bastava uma vitória simples para garantir classificação entre os primeiros para o mata mata do acesso. Confere??? Aí o time do Remo perdeu o jogo para o Bolívia Maranhense mas na última rodada ainda dependia só de se e vencer o Salgueiro fora para sacramentar classificação. Confere?? Então é Lógico ou evidente que por esses números de 2017 apontam que o time do remo fez campanha muito melhor que 2015 porque nas duas últimas rodadas chegou dependendo só de si para ir ao mata mata do acesso, mas fraquejou justamente no final. OK amigo ???

    Curtir

  8. mimimimi eu tenho a menor torcida do Estado kkkkkk

    Todo ano é esse choro do rival por causa da torcida.

    Só falta assumir que somos a maior torcida do Estado e esse número só aumenta, a torcida é o maior patrimônio do Remo.

    Curtir

  9. Média de público no Brasil tem tudo haver com títulos e expectativa de sucesso… remo estava na expectativa do acesso a serie b e Paysandu a série A…. entretanto, o sonho do papão acabou cedo e o do remo demorou mais..

    O ponto que me chamou mais atenção foi o valor médio dos ingressos, que no Pará vendem a ideia de serem baixos, vejam os valores praticados em média no futebol do nordeste, lembrando que a renda per capita lá é bem maior

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s