Remo pode contratar até 19 jogadores para compor o elenco

14 de novembro de 2017 at 14:23 7 comentários

11-08-16_-_owsaldo_forte_-_joao_victor_Wfkk2m0

O Remo planeja contratar até 19 jogadores para compor o elenco visando a temporada 2018. A busca por atletas vem sendo feita pelo executivo de Futebol, Zé Renato, e o técnico Ney da Matta. O grupo de atletas deve ser fechado com 28 nomes, sendo que nove jogadores são oriundos das divisões de base e atletas regionais.

Até o momento, cinco jogadores estão apalavrados com o clube. Todos preenchem características do perfil desenhado por Ney da Matta: vencedores, jovens e com bom comportamento extracampo. Apesar de especulações que apontavam para a contratação do volante Ricardo Capanema, ex-Paissandu, Zé Renato desmentiu qualquer interesse pelo jogador.

Flamel, que defendeu o Remo em 2017, também não está confirmado na lista de nomes visados para 2018. Pimentinha e Edgar, que disputaram a Série C pelo Leão, estão inteiramente descartados.

Já o atacante João Victor (foto), formado nas divisões de base do Remo e que atualmente defende a Tuna, está sob observação e pode retornar ao Baenão. “Não conheço o João Victor, mas tem diretores que conhecem. Preciso o ver jogando neste final de semana, para ver se encaixa no perfil do Ney. Se encaixar, vamos conversar”, disse o executivo.

Outros atletas que disputam a Segundinha do Parazão também estão na mira dos azulinos. A apresentação do novo elenco será no dia 4 de dezembro. Jogadores e comissão técnica irão trabalhar até o dia 23 de dezembro, cumprem a folga de fim de ano, e se reapresentam em definitivo a partir de janeiro.

Entry filed under: Uncategorized.

IV Prêmio de Jornalismo em Turismo divulga relação de finalistas Direto do Twitter

7 Comentários Add your own

  • 1. rgoncalves  |  14 de novembro de 2017 às 17:55

    Conforme declaração em entrevista, o Rey da Matta, digo, Ney da Matta, todos serão escolhidos a dedo.Hum, hum…

    Curtir

  • 2. Comentarista  |  14 de novembro de 2017 às 19:20

    Não precisa nem ser adivinhão para sacar que os 9 oriundos da “base” somente serão utilizados em duas situações: 1) compor o time reserva nos treinos, e 2) serem chamados como “salvadores da pátria”, na hora do sufoco de finais de competições, quando os “importados” começarem a pipocar, e a viver mais no DM que nos gramados.

    Curtir

  • 3. Jaime (Atlanta, EUA)  |  14 de novembro de 2017 às 20:10

    Penso, que o pimentinha e mais 10 já estaria de bom tamanho, pelo jeito vamos ter as mesmas bombas de jogadores de baixo nível, igual a desse ano. Te dizer.

    Curtir

  • 4. Víctor Palheta (@victorpalheta)  |  16 de novembro de 2017 às 13:17

    Pelos menos até agora, os nomes que estão aparecendo são de jogadores que estavam em atividade em times titulares rivais da Série C, penso que deve ser por aí mesmo. Um elenco como o de 2016 seria o ideal, porém não adianta nada se a conta não fecha e os jogadores começam a cair de rendimento.

    Trazer jogadores titulares pra cá pode ser uma boa, apesar dos times adversários nem sempre terem uma pressão como é o Remo, acredito mais nisso do que focar em times de menor expressão ainda

    Curtir

  • 5. camiloferreira  |  16 de novembro de 2017 às 18:08

    Vão pagar o elenco de 2018 como fizeram com os de 2016 e 2017? O filme pode se repetir, começam o ano até jogando bem, um tropeço aqui, outro ali, daí atrasa um ou dois meses e a torcida, sem saber o que se passa nos bastidores, acredita que só tem perna de pau quando vê os jogadores andando em campo, daí se perguntam “mas ele jogava bem no começo do ano, como foi que ele desaprendeu?!”. Afirmo mais uma vez, o maior desafio do Clube do Remo em 2018 será pagar os salários em dia.

    Curtir

  • 6. Alfredo Martins  |  16 de novembro de 2017 às 19:33

    Gosto dos comentários do Camilo ! Parabéns.. Você comenta com a razão e não com o coração..

    Curtir

  • 7. lopesjunior  |  16 de novembro de 2017 às 22:55

    O Remo precisa é de uma reforma administrativa, com alteração do estatuto, com tudo… Tem que mexer na estrutura que privilegia que os mesmos continuem a frente do Clube repetindo as mesmas manobras desastradas e infrutíferas de sempre. Pode dar certo? Pode. Mas veja como tende a dar errado. Caiu em 2004 da B pra C, mas subiu logo em 2005. Daí, caiu em 2006 da B pra C e em 2007, da C pra D. Só subiu de volta pra C em 2015 e esse ano quase caiu de volta pra D! Não é exagero, quase caiu… e só não caiu porque tinha piores… De lá para cá, só não chegou à série E porque ainda não a criaram. Ficou sem série em duas oportunidades… É um fiasco, é um fracasso… Pelo que mostra o rival que, com toda dificuldade, vem mantendo-se na B, o Remo deveria estar ainda na B, no mínimo. O resultado líquido não é um sinal, é uma ordem, o Remo precisa se livrar desse encosto que é essa turma retrógrada.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,403,811 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.971 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Edson do Leão - meu… em Papão esclarece sobre liminar…
Edson do Leão - meu… em Para entender o imbróglio Lupo…
Miguel Silva em ‘Time do século 21…
Nelio(maior campeão… em Procuradores se retiram de eve…
Gabriel Mendes em ‘Time do século 21…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: