Um desafio complicado

28 de julho de 2017 at 1:56 4 comentários

POR GERSON NOGUEIRA

O Papão tem hoje à noite uma nova parada decisiva no campeonato. Encara o Ceará Sporting precisando vencer para se afastar das cercanias da zona do rebaixamento, para onde foi novamente empurrado após a derrota para o Brasil-RS na rodada passada. O adversário tem histórico respeitável e um técnico (Marcelo Chamusca) que tem muita informação sobre as entranhas alvicelestes, visto que montou o time para a Série B.

A circunstância de jogar dentro de casa nem deve ser levada tão a ferro e fogo porque o Ceará é o quarto “melhor visitante” da competição, com algumas vitórias surpreendentes fora de Fortaleza. Não ajuda muito também o fato de a partida acontecer num horário proibitivo para o público de Belém, ainda mais em pleno fim de semana de veraneio.

No aspecto técnico, a novidade no Papão é o retorno de Perema à defesa. Não é pouca coisa. Basta ver que o melhor momento do time na temporada coincide com a entrada em cena do zagueiro santareno, substituindo a Fernando Lombardi, o antigo titular.

A ausência do defensor inflige um enfraquecimento natural à retaguarda da equipe, pois torna inseguros os demais jogadores do setor e afeta também a produção dos volantes, que falharam bastante no jogo em Pelotas e deixaram exposta a última linha.

Nas últimas rodadas, Perema esteve fora. Num futebol cada vez mais disputado pelo alto, principalmente na Segunda Divisão do Brasileiro, é precioso contar com jogadores que têm bom índice de acerto em cabeceios e posicionamento correto.

Mas, para se credenciar à vitória, o Papão vai precisar ter mais rapidez e dinamismo nas ações do meio-campo, onde a incômoda ausência de um organizador costuma cobrar um preço caro demais nos jogos como mandante. Sem alguém capaz de formular o jogo, a equipe acaba limitada às jogadas de abafa, que são facilmente marcadas pela zaga adversária.

Foi assim contra Luverdense, Londrina e Náutico, que trouxeram a Belém planejamentos parecidos. Dois deles tiraram pontos preciosos, anulando o Papão e o Náutico quase arrancou o empate. Que isso sirva de alerta.

———————————————————————————————

cdg20170726108

Esquema revolucionário, inovador e imbatível

De um fino observador da cena futebolística nacional, depois da rodada de anteontem da Copa do Brasil:

“Esse time do Flamengo é forte candidato aos títulos da Copa do Brasil, do Brasileiro e da Sul-Americana. Não pela qualidade do elenco, mas pela formação que vem utilizando. O esquema tático do técnico Zé Ricardo é imbatível: dois bandeirinhas abertos pelos lados, um árbitro no meio e outro fora das quatro linhas – consultando a Globo em caso de lance que prejudique o time rubro-negro. É impressionante, só eles jogam assim”.

Pano rápido.

———————————————————————————————-

Corrida do Engenheiro abre inscrições

As inscrições presenciais para a VIII Corrida e Caminhada do Engenheiro, marcada para 6 de agosto, no Parque do Utinga, já podem ser feitas no 1º piso do Boulevard Shopping, na Doca. O Clube de Engenharia, organizador do evento, tem um espaço ali para atender os interessados, além de fazer inscrições pelo site clubedeengenhariadopara.com.br.

A largada da Corrida e Caminhada do Engenheiro será às 6h em meio a uma grande festa, mobilizando corredores e desportistas da cidade. Serão 10 quilômetros para a corrida e cinco para a caminhada.

———————————————————————————————

No YouTube, um papo com sabor de tucupi

Enfim, surge um sopro de vida inteligente para o público paraense no YouTube. É o canal “Papo no Tucupi”, dentro do blog Conexão Belém do Pará, pilotado pelo amigo Tito Barata, com entrevistas sobre assuntos da cidade e do Estado com figuras que realmente têm algo a dizer.

Já rolaram bons papos com o escritor Edyr Augusto Proença e o arquiteto Paulo Cal, talvez hoje o maior expert em cultura e história urbana de Belém. Para a próxima semana, Tito promete entrevista interessante com a jornalista Úrsula Vidal. A conferir.

(Coluna publicada no Bola desta sexta-feira, 28) 

Entry filed under: Uncategorized.

Panorama visto da “ponte para o futuro” O passado é uma parada

4 Comentários Add your own

  • 1. Jorge Paz Amorim  |  28 de julho de 2017 às 10:09

    Nem acho que o Perema tenha feito falta, tanto que dos quatro gols sofridos nessa ausência três foram de bola parada, dois de faltas mal marcadas, e um que bateu nas costas do jogador adversário.
    Felizmente, há uns três anos que o Papão vem tendo zagueiros de bom nível e uma defesa que inspira confiança. O diabo é a relação meio campo e ataque, nesse mesmo período sempre entre tapas e beijos, mais tapas do beijos, ensejando que estejamos sempre entre os piores ataques da competição.
    Além disso, o time marca muito embaixo e acaba tendo mais dificuldade na transição. Magno, por exemplo, cuja velocidade poderia ser arma eficaz, acaba prejudicado por ter que imprimir velocidade pra contratacar a partir da sua intermediária. o lance em que se contundiu diante do Brasil atesta isso. que tal adiantar um pouquinho essa marcação?

    Curtir

  • 2. Osvaldo Costa  |  28 de julho de 2017 às 10:14

    Estou com a minha família, em férias aqui em Fortaleza, e vejo que o entregador de camisas, Marcelo Chamusca, não goza de grande prestígio junto à imprensa local. Muitos cronistas questionam o famigerado esquema 4-3-3, que tanto mal fez ao Paysandu, agora implantado no vozão. Outra pinimba dos alencarinos com o ex treinador bicolor, é a barração do ídolo Magno Alves, bancada pelo presidente cearense, e não digerida pelos torcedores. Quanto ao Papão, só resta torcer por uma jogada fortuita mesmo, pois não dá pra esperar muita coisa do atual elenco bicolor.

    Curtir

  • 3. Acácio F B Elleres - Campeão dos Campeões  |  28 de julho de 2017 às 10:52

    Sequer podemos dizer que o treinador adversário conhece o sistema de jogo do PSC, pois nos meses que passou aqui nunca conseguiu criar um.
    Se realmente vier com 3 atacantes, vai levar o farelo, pois quem veio para cima acabou por baixo.

    Curtir

  • 4. 09751  |  28 de julho de 2017 às 16:14

    Sobre o esquema do Flamengo, é mesmo imbatível, mas só falha na Sul-Americana. Lá nem Flamengo e nem Corinthians são amigos da Comenbol.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,361,673 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.889 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: