No Rio, mais de 100 mil exigem diretas já; Temer reafirma que não renuncia

Cawi7PhL

DA8fGWtWAAMTANN

A assombrosa capacidade do presidente Michel Temer de não renunciar ao cargo, apesar das formidáveis pressões nesse sentido, desencadeou um novo surto de desgosto no país. No Rio de Janeiro, milhares de pessoas protestaram, neste domingo, contra o presidente na praia de Copacabana. Artistas de TV e cinema, juntamente com cantores conhecidos – como Caetano Veloso e Milton Nascimento -, juntaram-se aos gritos de “diretas já” e “fora Temer”. O mesmo já tinha acontecido nessa cidade e em outras 18 na semana passada.

As manifestações só agravam uma crise que começou com o rumor de que Temer tinha obstruído a justiça, mas que agora inclui uma acusação da Procuradoria Geral da República, enquanto o Supremo Tribunal Federal avalia acusá-lo igualmente por corrupção. A influente Ordem dos Advogados do Brasil também apresentou seu próprio pedido de impeachment contra Temer. É o décimo terceiro no total.

Se existe alguma coisa com a qual Temer está acostumado é a ter problemas e, no fundo, só está lidando com sua pior crise política da mesma forma com que presidiu o país nos últimos 12 meses: de costas para o povo a e minimizando a gravidade de escândalos judiciais que o rodeiam. (Com informações do El País)

DA8xdr-XkAEgPFE

2GNB6CYU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s