Para não esquecer

20 de março de 2017 at 0:12 8 comentários

C7O0ehhXkAESY9a

Entry filed under: Uncategorized.

Remo x São Raimundo – comentários on-line Rock na madrugada – Chuck Berry, Roll Over Beethoven

8 Comentários Add your own

  • 1. lopesjunior  |  20 de março de 2017 às 0:40

    Cuma?

    Curtir

  • 2. Antonio Valentim  |  20 de março de 2017 às 7:54

    Se até um jornalista coxinha, como esse, reconhece…

    Curtir

  • 3. Antonio Oliveira  |  20 de março de 2017 às 9:23

    É o acordão a respeito do qual já venho falando há muito tempo. Mas, é preciso ter em mente que em saindo, a tendência é que beneficie indistintamente a todos os políticos, inclusive a ex impedida. Aliás, ela inclusuve já obteve uma mostra do poder regenerador do acordão quando teve preservafo seus direitos políticos no julgamento do qual resultou seu impedimento.

    Agora é preciso ver como será feito para restaurar aqueles outros que além do caixa dois também estão sendo acusados de outros crimes, tendo inclusive devolvido dinheiro ou apontado evidências que permitiram que o dinheiro ou os bens que o tentavam lavar tenham sido bloqueados e apreendidos.

    É aguardar para ver como, pois criatividade e cara de pau é o que não lhes falta. Máxime sabendo que há quem neles vota sem maior análise crítica.

    Curtir

  • 4. lopesjunior  |  20 de março de 2017 às 11:17

    Caro Oliveira, o primeiro comentário do Noblat fala em defesa da nata golpista, nitidamente pede a saída de Dilma para a estancagem da sangria. O segundo comentário diz que fica provado que a derrubada de Dilma foi exatamente para estancar a sangria, que o mesmo Noblat não sugeriu, não deixou nas entrelinhas, mas explicitou, recomendou, aconselhou, disse antes com todas as letras… ele disse estanquem a sangria para se salvarem, e agora disse: olha, estancar a sangria deu muito na vista… Isso só mostra que Dilma não coadunou com a roubalheira no governo e o estopim de tudo, segundo ela própria foi afastar a quadrilha de Aécio de Furnas e Moreira Franco dos Aeroportos. Aí, ela perdeu o apoio da base do PMDB e a tolerância da direita. Pior é que, no tempo, faz sentido, pois ocorreu na direção da posse do segundo mandato, quando a direita resolveu barrar os trabalhos do congresso e inviabilizar o governo petista.

    Curtir

  • 5. Antonio Oliveira  |  20 de março de 2017 às 13:33

    Amigo Lopes, o teor da postagem foi só um elemento entre tantos que levei em conta para escrever o que escrevi. Com verdade, um governo cujos titulares conheceram literalmente na carne tudo o que sarney, collor, maluf, delfin, Jefferson, temer, e outros, muitos outros, são capazes de fazer, e ainda assim os chamam para integrar o governo e entrega a eles o comando, de porteira fechada, dos aspectos mais importantes da vida do povo, não pode fugir à responsabilidade, por tudo o que de ruim continuou acontecendo no Brasil após 2002, inclusive o genocídio dos Guaranis; a catástrofe de Mariana, o trabalho escravo, a indigência do sus, o mensalão, o petrolão, o descaminho do fgts, dentre outros desgovernos.

    Curtir

  • 6. lopesjunior  |  20 de março de 2017 às 22:45

    O que o governo poderia fazer se antes mesmo de o PT fechar os olhos se o eleitor fez a mesma coisa. Sarney, Jucá, Calheiros e tantos outros, não custa lembrar, foram eleitos pelo povo. É difícil ignorar que estes eleitos estão lá, no congresso. São enviados do povo para o governo, por mais cínico que isso possa parecer, mas esses atores figuram entre representantes tão eleitos e tão legítimos quanto os do PT. Por outro lado, a composição do congresso é proporcional, e por isso todas, ou quase todas, as classes sociais estão representadas. Umas mais e outras menos, é verdade… mas qualquer governo será composto com esses e não outros. Já é uma reclamação de Lula e de Ciro a qualidade da representação do congresso. Vamos ter mais cuidado com quem elegemos para não permitir nem ao PT e nem a qualquer outro líder ter de compor com estes larápios que assaltaram o poder e a riqueza do país.

    Curtir

  • 7. Antonio Valentim  |  21 de março de 2017 às 7:01

    Reforma política, mas reforma mesmo, pode ajudar a mudar esse quadro tão desfavorável aos anseios populares.

    Curtir

  • 8. Antonio Oliveira  |  21 de março de 2017 às 8:12

    Amigo Lopes, independentemente do motivo, a verdade, é que tais figuras fizeram parte ativa do governo, governaram o país, mandaram no país tão ou mais que os eleitos pelo pt. E fizeram isso porque mesmo sabendo muito bem quem eram tais sujeitos, os governantes eleitos lhes entregaram o poder.

    E mais, não lhes entregaram simplesmente o poder. Além da entrega, o governo os defendeu publicamente quando eles foram flagrados fazendo as malfeitorias que sempre fizeram. Bons exemplos, são os casos do Renam, do Sarney e do Jefferson. Mas, ainda tem o do Maluf e outros.

    Quer dizer, então, falar que houve composição é eufemismo. Com verdade, o que houve foi cumplicidade clássica. O governo compactuou mesmo com estas figuras, defendendo-as quando necessário e lhes entregando mais poder quando necessário.

    Demais disso é dizer que deles seria possível falar em legitimidade para exercer o cargo de deputados e senadores, jamais para fazer parte do governo para receber, como verdadeiras capitanias hereditárias, parcelas cada vez maiores de ministérios e demais repartições do governo tão importantes para a coletividade. Sendo que a legitimidade diminuia mais quando tais pessoas foram flagradas em malfeitorias indesculpáveis.

    Valendo dizer que tais entregas não se limitavam ao governo federal. Até mesmo o governo municipal de Belém fou afetado. Afinal de contas, o nefasto dudu foi fruto destas cumplicidades.

    Enfim, as evidências torrenciais apontam no sentido de que a necessidade da coalizão mais do que uma imposição desagradável para o governo petista, foi, na realidade, um veiculo de cumplucidade, de compactuação, de parceria entre iguais, contra os legítimos objetivos de um governo, máxime de um governo que se propunha ser diferente, que deplorava os picaretas do congresso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,365,141 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.895 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

blogdogersonnogueira em Londrina x PSC – comentá…
blogdogersonnogueira em Londrina x PSC – comentá…
blogdogersonnogueira em Londrina x PSC – comentá…
blogdogersonnogueira em Londrina atropela o Papão
blogdogersonnogueira em Londrina atropela o Papão

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: