Eco: redes sociais dão voz a “legião de imbecis”

Crítico do papel das novas tecnologias no processo de disseminação de informação, o escritor e filólogo italiano Umberto Eco afirmou que as redes sociais dão o direito à palavra a uma “legião de imbecis” que antes falavam apenas “em um bar e depois de uma taça de vinho, sem prejudicar a coletividade”.

A declaração foi dada nesta quarta-feira (10), durante o evento em que ele recebeu o título de doutor honoris causa em comunicação e cultura na Universidade de Turim, norte da Itália. “Normalmente, eles [os imbecis] eram imediatamente calados, mas agora eles têm o mesmo direito à palavra de um Prêmio Nobel”, disse o intelectual.

Segundo Eco, a TV já havia colocado o “idiota da aldeia” em um patamar no qual ele se sentia superior. “O drama da internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade”, acrescentou.

O escritor ainda aconselhou os jornais a filtrarem com uma “equipe de especialistas” as informações da web porque ninguém é capaz de saber se um site é “confiável ou não”. (Do UOL) 

9 comentários em “Eco: redes sociais dão voz a “legião de imbecis”

  1. Eu acho que as redes sociais é ou são a voz de todos.

    A pessoa fala o que quer, lê ou que não quer.
    Se mostra, se esconde.
    Fala pelos cotovelos, e as vezes sem saber o risco que correm.

    Mas prefiro apreciar as coisas boas das redes sociais.
    As que não são, ignoro.
    O nosso dia a dia não virtual, é assim.

    Curtir

  2. A internet tem, de fato, vários defeitos. Todavia, ostenta uma vantagem que equilibra esta relação virtude/vício: seu advento permitiu que as verdades que até então pertenciam a alguns pretensos intelectuais ou a quem foi outorgado Prêmio Nobel pudessem ser questionadas e eventualmente desnudadas na sua inconsistência. E tudo isso muito rapidamente.

    Curtir

  3. Ele tem razão. Antes, você expressava suas opiniões sobre política na mesa de um bar e ninguém ligava para elas. Hoje, quem gosta de futebol, é obrigado a ler e ouvir as suas deficientes defesas de um governo e partido corrupto.

    Curtir

  4. Entre os imbecis de “notório saber” com milhares de seguidores, amigo Harold, temos Reinaldo Azevedo, Rodrigo Constantino e que tais.

    Curtir

  5. Mestre Eco não envereda por avaliações sentenciais, mas pontua a respeito de resultados que produzem efeitos na sociedade. Assim como as redes provocaram um terremoto nas estruturas da mídia tradicional, ao mesmo tempo ajudaram o renascimento de coisas macabras que se pensava definitivamente sepultadas.
    Aguardemos, pois, que o “Cemitério de Praga” traga um rebento como “O cemitério dos idiotas da aldeia”, que englobe a jumentalidade pós-moderna oriunda do mau uso da tecnologia.

    Curtir

  6. Thiago, imbecis são aqueles que não toleram opiniões contrárias. Felizmente, não é o meu caso. Adoro o confronto de ideias, desde que esgrimidas com inteligência, humor e substância. Se não concorda com meu posicionamento político, busque sites e espaços mais afeitos às suas convicções. O mundo é livre.

    Curtir

  7. Palavra não é mera coisa, é poder, espaço, tempo. De fato, a internet promoveu verdadeira revolução ao oferecer mais um meio de acesso a informação. Mas não, frustrando a expectativa geral, tem se limitado ao mais do mesmo e o espaço à crítica se tornou banalidade, um campo de ostentação da própria ignorância, como a mesa de bar. Um exemplo, na internet vemos coxinhas felizes de se dizerem independentes de partidos políticos ou apartidários que, supostamente, têm isenção de opinião. Como se o problema fosse ideologia, e não desinformação. Como se o problema não fosse deles, mas dos outros. Outros que são a maioria, a grande massa que vem ruminar a ignorância simples e repetida.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s