21 comentários em “Papão vence e fica às portas do G4

  1. Leandro cearense tá jogando no sacrifício? Ele parece que não ia jogar e depois jogou, fico preocupado, por que estamos sem um centro avante, e campeonato como esse exigem peças de reposição

    Curtir

  2. Dado após está calando a boca da imprensa esportiva paraense e de muitos torcedores até aqui, com a 5ª vitória consecutiva.

    Curtir

  3. Diego, o Papão vem ganhando, mas não vem jogando bem. Uma das principais virtudes é o miolo de zaga que é muito bom (até o momento), mas o time carece de articulação do meio para frente, tanto que, friamente analisando, é difícil cobrar de Cearense e Aylon os gols, já que poucas bolas chegam com clareza… O Paissandu, ontem, apenas dominou o Paraná no momento que eles cansaram.

    Ps.: mesmo não jogando bem, não se pode negar que este é um momento animador que poderá ser ratificado nesses dois difíceis jogos contra ABC e Náutico.

    Curtir

  4. Por que os jogos no Mangueirão onde o “conforto” é melhor que o inexistente na Curuzú, não são cobrados ingressos a R$30,00? A conta é muito simples, 20 mil x 30 = R$ 600.000,00. Agora ficam nesta insistência de ingressos a R$40,00 ou R$50,00, com nenhum atrativo além do jogo, fica complicado para o torcedor comum que preferi assistir o jogo em um bar da cidade se expondo menos a violência e a assaltos comumente reportados ao redor dos estádios em dia de jogos a ir ao Edgar Proença!
    A diretoria deveria repensar pois o único prejudicado é o próprio Paysandú que deixa de arrecadar.
    Ontem o Maia falou sobre a proibição de bebidas alcoólicas nos estádios que está errado, eu também concordo, é só não venderem a bebida em garrafas de vidro ou latinha para evitar que estes objetos sejam utilizados como armas pelos marginais que se infiltram entre os torcedores.
    Na partida aqui em Natal, as bebidas foram vendidas em copos grandes de papel. Por que, então, não copiar a ideia?
    De qualquer maneira, fiquei muito chateado com a falta de apoio da torcida bicolor pois mesmo não jogando um grande futebol o Papão tem conseguido os resultados dentro de campo e se perdeu apenas duas partidas estas foram por pura contribuição da arbitragem no jogo contra o Botafogo e o penalty inventado a favor do Bragantino e se não fosse isto, o Paysandú estaria em 3 º lugar com 14 pontos e invicto!

    Curtir

  5. Sei não amigo Celira, mas ficar batendo na tecla que o Papão está vencendo jogando mal entendo que é exigir muito. Que time nessa série B vem apresentando um belo futebol? Dá sono ver jogos do Ceará, Náutico e até do meu Fogão. Acho que nem na A, tem esse time dos sonho.

    Curtir

  6. Nisso concordo Fernandes. Ninguém joga bem na série B até o momento.

    Mas escrevi isso referindo-me a fala do colega Diego que disse que Dado está calando a boca dos críticos.

    Para mim, Dado está fazendo um bom trabalho, nada de estupendo e longe de ser decepcionante. Conseguiu montar uma defesa forte que, até o momento, é sua maior virtude. Falta ao time de Dado ser mais aplicado ao puxar o contra ataque para vencer alguns jogos com mais facilidade, como poderia ter sido o de ontem.

    Curtir

  7. Agora Fernandes, uma coisa é certa, o time encaixou e, pela confiança que vem ganhando com as vitórias, será um escrete difícil de ser batido tanto dentro como fora de casa.

    Curtir

  8. A sorte ainda está soprando paras as bandas da Curuzu. Está fazendo o correto. Fazendo alguns pontos que não serão para a classificaçao quando o time cair ladeira a baixo, mas sera uteis para nao ser rebaixado.

    Curtir

  9. ATENÇÃO AMIGOS QUE ESTE COMENTÁRIO QUE VOU FAZER É TÃO CERTO QUE NÃO QUERO QUE TENHA NEM ERROS GRAMATICAIS E ME PERDOEM O TEXTO EXTENSO, MAS TERIA DE SER ASSIM PARA FALAR O QUE PENSO.
    Amigos, eu confesso que já estava começando a acreditar na diretoria bicolor do Dr. Maia onde já estava sonhando com um resto de ano propício ao Papão. Mas já estou mudando de idéia, depois de ouvir as declarações do Mais criticando duramente a nossa torcida dizendo que ele está fazendo a parte dele, mas a nação bicolor , exigente segundo ele, não está fazendo a parte dela e não está prestigiando o clube.
    Ora, me poupe Dr. Maia, Mas falar qualquer coisa que não seja elogio a Nação Bicolor, a maior do Norte, para mim é ofensa. Essa torcida não merece críticas Dr. Maia, SÓ MERECE ELOGIO porque é ela que sempre carregou este clube nas costas, mesmo nos piores momentos. Nunca abandonamos o Paysandu e jamais deixaremos de prestigiar como você falou aborrecido.
    Dr, Maia, sei que você está entre os 4 milhões que frequentam este blog do Gerson, e caso não o faça, sei que tem gente próxima a ti que frequenta e pode lhe passar o recado: E o meu recado para o senhor Dr. Maia é o seguinte: “ Confiança em qualquer ramo não se impõe, se conquista doutor” Mas parece que você está querendo impor confiança dizendo que tá fazendo tudo e a torcida e que não está ezendo nada e tem de ajudar de qualquer modo, caso contrário você não colocará mais ingressos em grande quantia para a Nação.
    Que é isso Dr Maia??? Estou lhe estranhando. Como você pode dizer falta de apoio da Nação, divulgando ao mesmo tempo o sucesso do Programa Sócio Bicolor, divulgando grandes receitas mensais??? Esse dinheiro não conta?? Não é da Nação Bicolor??? Isso chega a ser paradoxal Dr Maia.
    Outra é que você parece que tem memória curta e esqueceu o papelão no Estadual e na Copa Verde, onde o time fraco que você montou foi eliminado duas vezes de várias competições locais, regionais e estaduais por um time que sequer tinha divisão no Brasil, onde a torcida ficou muito cismada com o que poderia vir nesta serie B, principalmente trazendo atletas como Rogerinho. Aí com duas derrotas seguidas no início, como você esperaria renda de milhão Maia??
    Uma outra ainda é que contando a receita do sócio torcedor e o público que tem ido aos jogos, soma a estupenda média de 10 mil pagantes por jogo do Papão nesta série B, mesmo com ingresso exorbitante de 50 reais, horários malucos dos jogos, desorganização nos portões de acesso dos torcedores, violência e muitos outros problemas.
    Aí Dr. Maia, se você pegar a média nacional de público e renda nesses últimos 5 anos de segunda divisão, verá que não chega a 7 mil por jogo e média da renda não chega nem perto do que o Papão arrecada na bilheteria nessa competição. A média do Papão é maior que a nacional Dr Maia. Que história é essa de reclamar Dr Maia??? Pare por favor de reclamar dessa maravilhosa torcida e trabalhe direito, com inteligência cada vez mais que sem muito alarde o senhor terá aquela renda do milhão tão sonhada brevemente. Dr Maia, o mar não está para peixe. Aliais nada está para peixe porque os rios estão poluídos e este produto está muito caro. Estamos numa recessão braba, onde tirar 50 do orçamento para ir ao estádio, pesa demais na balança. Mesmo quando os jogos passam direto pela TV em dezenas de bares espalhados pela cidade. Os horários são travosos, como jogo sábado a noite, terça feira e a onda de violência e a desorganização imperam, como a que ocorreu nos jogos contra o ABC, onde eu e cerca de 8 mil torcedores com dinheiro na mão, não conseguimos mais comprar ingresso porque não tinha mais e o jogo foi colocado de forma equivocada para a Curuzu, onde quem se deu bem foi a máfia dos ingressos.
    E no jogo com o Santa Cruz foi pior, onde houve verdadeira guerra entre marginais disfarçados de torcedores que fizeram muitos torcedores com ingresso comprado, ir embora para casa sem poder entrar, com medo de suas crianças serem agredidas por marginais. Antes já tinha ocorrido o problema em um jogo contra o América de Natal, Contra o Fortaleza, onde houve até bomba dentro do campo até o clube perdeu mando.
    Então não é só clamar a presença da torcida Maia. Não é só reclamar de ausência da Nação, não é só criticar. Você Tem também de dar segurança, conforto e facilidade de acesso para esta maravilha de torcida que muitos clubes no mundo gostariam de ter, e não vão ter nunca. É privilégio do bicolor e você como dirigente deste clube grandioso é um dos poucos privilegiados, Ame-a e cuide desta bem torcida DR Maia. E PARE DE RECLAMAR DE BARRIGA CHEIA COMO DISSE O RUI GUIMARAES

    Curtir

  10. Corroborando com os post´s, ainda acho que o técnico lê mal o jogo edemora muito a fazer as trocas, e quando faz têm umas escolhas equivocadas. No jogo de ontem colocou o Edinho, mas na minha opinião era para sair o Madureira, e a troca pelo Cearense o óbvio era o Mizael que vinha entrando em todos os jogos e vinha bem, ai ele inventa com B Veiga, demos sorte, pois O BV perdeu gols que até avovó fazia. Estamos com sorte, até concordo que ele arma um time compacto, mas nas trocas sempre erra vide campeonato regional e as escolhas contra o rival.

    Curtir

  11. Amigo Nelio, concordo quase que plenamente com suas palavras.
    1) os horários disppnibilizados pela CBF/Globo beiram a loucura (isso tira muita gente),
    2) insegurança gigantesca (mesmo assim gosto de ir, ontem foi uma exceção),
    3) falta de conforto (melhor que a Curuzu) nos estádios que afastam potenciais torcedores e a constituição de novos torcedores de estádio – é incrível como você sempre vê as mesmas figuras nos estádios,
    4) ingressos caros em um momento de crise, desse modo, deve-se vender ingressos de acordo com a demanda do jogo.

    Ps.: a média do PSC é muito boa, mas entendo o Maia, o clube precisa de mais, todavia, como conseguir isso com as situações que relatei? Pergunta de difícil solução.

    Curtir

  12. Que ingressos mais baratos atraem um público maior isso ninguém tem dúvidas. Portanto, é avaliar o peso e cada jogo, horário da partida e a situação do time no campeonato para cobrar um preço justo!
    Por outro lado quando barateamos demais um produto podemos atrair aquele “torcedor” que não tem nada a perder e que no estádio torna-se um potencial cidadão que vai “melar” o espetáculo. Lembro que no jogo contra o Fortaleza, que jogaram aquela bomba, o ingresso, se eu não me engano, foi promocional, e acabou-se por atrair torcedores de times adversários que só comparecem aos estádios com o intuito de promover a desordem.
    Realmente o time precisa de caixa, mas como a situação econômica não é favorável para gastos com supérfluos algo tem que ser repensado pela diretoria com a finalidade de juntar o útil ao agradável.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s