Ricardo Teixeira volta a mandar no pedaço

Por Juca Kfouri

Aproveitando sua estadia no país para tratamento de saúde, Ricardo Teixeira voltou a exercer papel de comando no Comitê Organizador Local da Copa do Mundo. O homem forte do organismo, Ricardo Trade, o Baka, de bacalhau, tem se reunido com ele assiduamente e pedido orientação, além de eventual futura colocação profissional porque sabe estar queimado junto à direção da Fifa.

teixeira_ricardoTrade afastou o cunhado de Teixeira, Leonardo Wigand Rodrigues, das principais decisões na área de compras do COL, para preocupação da Ernest Young, a auditoria contratada pela Fifa, mas mantém, a pedido do ex-presidente da CBF, o chefe da segurança, Hilário Medeiros, apesar de também esvaziado e praticamente sem função.

Joana Havelange anda desaparecida do COL e há até quem pergunte se ela continua trabalhando lá. Sabe-se que também, como o pai, planeja ir viver fora do Brasil, não na Flórida, como ele, mas na Califórnia.

Antonio Carlos Coelho, homem de confiança de Teixeira, e presidente do Conselho Fiscal da CBF, mesmo sem cargo no COL, tem sido visto mais em suas salas e corredores do que Joana, formalmente dona do segundo cargo na organização.

E José Maria Marin?

Ora, José Maria Marin…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s