Como driblar o risco da crise

Por Gerson Nogueira

bol_sex_170513_11.psPassadas as primeiras horas do “Naviraiaço” na Curuzu, com os naturais destemperos que uma derrota vexatória provoca, sinais de bom senso foram emitidos da diretoria do Paissandu e fazem crer que o projeto formulado para a Série B continuará a ser executado normalmente, sem mudanças de rota. Ao reagir com tranquilidade, sem arroubos demagógicos como no passado, a direção do clube contornou o risco de turbulências internas, próprias de clubes de massa.

Qualquer possibilidade de crise foi serenada a partir do silêncio dos dirigentes. Essa não-reação acalmou espíritos e desestimulou corneteiros. Venho fazendo seguidas referências a gestos e providências da atual diretoria do Paissandu. Entendo como educativas algumas posições e critérios adotados no clube, com boas chances de se espraiar pelo futebol profissional meia-boca que se pratica aqui.

A tentação de arranjar culpados é um dos piores vícios do futebol no Brasil. No Pará, não é diferente. Anteontem, depois da derrota para o Naviraiense, o primeiro nome a ser apedrejado por parte da torcida no estádio e depois nas redes sociais foi o do técnico Lecheva.

Alvo natural, o técnico manteve o tom contido, só escorregando um pouco ao reclamar das condições do gramado – desculpa de 11 entre 10 técnicos que perdem sob chuva. Ainda assim, fez uma avaliação correta da desastrosa jornada bicolor. Apontou, corretamente, as falhas de finalização como ponto determinante da derrota.

Faltou, porém, admitir – como o meia Eduardo Ramos – que o time foi afobado e imaturo ao se lançar ao ataque como se não houvesse amanhã. Havia. Bastava o empate para garantir a classificação. Portanto, pressa era algo que só cabia no time adversário, que precisava vencer por dois gols de diferença. Pois o Paissandu meteu os pés pelas mãos, saiu de sua zona de conforto e permitiu que o Naviraiense alcançasse seu objetivo.

Lecheva, como comandante da nau, tinha o dever de acalmar a equipe, evitando precipitações desnecessárias num confronto que desde o início mostrou-se perigoso. A má atuação de Vânderson, muito citada pelos torcedores, também é algo que pode se colocar parcialmente na conta do treinador.

Billy, pela juventude e fôlego, deveria ser um dos volantes em campo, mas acabou entrando no lugar de Djalma. Em defesa do técnico, porém, há o fato de que uma partida decisiva pede jogadores experientes e Vânderson é um dos mais rodados do elenco. Foi também um dos destaques do acesso à Série B, marcando até gol no jogo contra o Macaé. Como barrar um herói?

Com exceção desses pontos citados, Lecheva não pode ser responsabilizado pelo insucesso. Seus atacantes, Rafael Oliveira principalmente, abusaram de perder gols. Significa que o meio-de-campo, mesmo em noite pouco inspirada do maestro Ramos, produziu jogadas em quantidade suficiente para produzir gols.

A má atuação dos laterais Rodrigo Alvim e Pikachu e a insegurança do goleiro Zé Carlos, exposta dramaticamente nos gols do Naviraiense, principalmente o primeiro, também não podem ser usadas contra o técnico. Na Curuzu, as opções para as laterais são precárias e o antigo goleiro titular, Paulo Rafael, saiu por falhas nos clássicos das semifinais do returno.

Pela atitude madura da diretoria, o Paissandu está conseguindo sair mais ou menos inteiro do desastre na Copa do Brasil. Contabilizam-se prejuízos, mas a vida continua e não há tempo para lamúrias. Domingo, o time precisa confirmar o título estadual para entrar fortalecido na Série B.

———————————————————–

Direto do Facebook:

“A verdade de tudo isso meu caro Gerson Nogueira, é que o Paysandu está carente de um bom lateral esquerdo, pois o Rodrigo Alvim não tem a mínima condição técnica e física de disputar uma Copa do Brasil ou Série B. O Esdras não consegue acertar um passe de 3 metros. E ontem, nosso querido Lecheva inventou, tirando o Djalma para colocar o Billy. Bem, agora é juntar os cacos, reunir o elenco, o Vandick dar aquela escrotiada e se preparar para outra batalha no domingo. E jogar como se precisasse de uma vitória!”

De Bruno Figueiredo, torcedor abespinhado com o vexame do Papão.

———————————————————-

Remistas dispostos a lutar

Setores de oposição do Remo, reunidos ontem, alinhavaram uma série de procedimentos em torno do objetivo de lutar pela “retomada do clube”. Promovido pela Associação dos Sócios do Remo à frente, diversos azulinos participaram do encontro.

O objetivo é acumular forças para defender as eleições diretas no clube. Não existem pré-candidatos, mas pessoas interessadas em ajudar a tirar a agremiação do marasmo administrativo atual. Não é muito, mas já significa um caminho.

———————————————————-

Ilegal, imoral ou engorda

Profissional que deixa cargo estratégico na Federação Paraense de Futebol deveria passar por quarentena antes de assumir funções em clube de futebol. Atitude não é ilegal, mas está longe de ser moralmente aceitável. Por essas e outras é que o futebol passou a ser visto, quase sempre, com desconfiança pelo populacho.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta sexta-feira, 17 de maio)

30 comentários em “Como driblar o risco da crise

  1. O Paysandu não toma atitudes enérgicas simplesmente porque não consegue contratar jogadores! Está visivelmente sem recursos e sua precária condição financeira só lhe permite trazer “revelações” do Cene-MS, do Madureira, do Penapolense… Um jogador destes poderia dar certo aqui se o Paysandu já estivesse estruturado, com uma equipe competitiva, mas como não tem nada disso (e estamos a uma semana da estréia na série B), será pouco provável que qualquer um dos reforços emplaque por aqui.
    É inadmissível que o clube não pense em contratar treinador e que se considere isto normal. Estas festejadas “discrição” e “sobriedade”, na verdade são um disfarce para a lentidão ou incapacidade em trazer reforços, um defeito grave que foi transformado em “sinais de modernidade”. O título paraense que vem por aí só vai servir para mascarar mais ainda os problemas. Na segunda-feira só se vai falar no “nó tático” que o Lecheva deu no Charles Guerreiro, na atuação de gala do Eduardo Ramos etc etc. Todo mundo que atuou mal na quarta será considerado melhor em campo no domingo. Mas será um título esvaziado pelo derrota para o Naviraiense, que expôs todas as limitações do time. Servirá apenas para empurrar os problemas para baixo do tapete.

    Curtir

  2. Amigo Gerson continua vendo qualidades nessa lerdeza da diretoria e a não tomada de atitudes, para cada insucesso da equipe…Te dizer…

    1- Paysandu perdeu o 1º clássico para o Remo….Nada foi feito;
    2- Paysandu perdeu o 4º clássico para o Remo….Nada foi feito;
    3- Paysandu perdeu o 5º clássico para o Remo….Nada foi feito;
    4- Paysandu foi eliminado da Copa do Brasil ….. Nada foi feito…

    Bom, vale lembrar, que só restam ao Paysandu, para dar continuidade aos fiascos( claro, com calma, sem pressa..) a Final do Parazão e a série B…

    Sinceramente, na minha opinião, os dirigentes estão perdidos. Há pouco tempo atrás, em uma coluna do Gerson, ele colocou a palavra do Vandick, onde este dizia que o Papão contrataria, no máximo 6 jogadores, no que pensava ser um absurdo, e foi elogiado, também, por contratar pouco, mas de qualidade(Contratações cirúrgicas…Te dizer…) Hoje, o Papão contratou 1 jogador diferenciado, a nível de série B, que é o Jean e, as contratações já chegam a 9 jogadores, o que prova que tenho razão quando falo…
    É assim, amigos, eles montam o elenco errado e depois, demitem o Lecheva e querem que o Giva dê jeito…Não vai dar…Elementar..

    Jean, Fábio Sanches, Zé Antônio, Derley, Careca, Janilson, 1 meia, 1 ala direito e 1 volante(talvez o Toby, do Sport)…Vão completar a lista, claro com muita calma….Sem pressa…Te contar..

    Vandick terá que aprender muito com o Tourinho, para chegar aos pés dele, como Presidente….Infelizmente…

    É a minha opinião…

    Curtir

  3. Aliás, essas são mais algumas bobagens ditas, por dirigentes incompetentes, por pensarem eles que o torcedor vai imaginar que os mesmos entendem de futebol….E não é pouco,não..:

    – Estamos procurando 1 ala que jogue nas duas;

    – Vamos fazer contratações cirúrgicas;

    – Estamos atrás de 1 volante, aquele moderno, que sai pro jogo….

    Aliás, quando vejo a maioria dessas contratações do Paysandu, e o dirigente vem dizer que o Papão está fazendo contratações cirúrgicas, só posso pensar que todos passaram pelo PSM, pela qualidade dos mesmos…

    Te dizer…

    Curtir

  4. Absurdo. Na 4a feira um ambulante desses cadastrado estava vendendo cerveja (5 R$) nas cadeiras pelo lado do chaco. O cara colocou a cerveja dentro de uma garrafa pet de refigerante. Safado!!! Esse país não tem mais jeito mesmo.

    Curtir

  5. Paysandu precisa urgentemente demitir ou encostar o Alvim,Zé CArlos e o Esdras e o Bispo. Contratar um lat.direito, um meia e mais um atacante isso pro time ficar razoável. O fato é que o Lecheva por ser um técnico funcionário do clube e da casa não é ouvido, as contratações são feitas pelo Roger ( que dizem não ouve ninguém e pelo Oscar ). Já falei pro Lecheva se impor mas ele não consegue, só resta ao nosso técnico que encoste esses péssimos jogadores citados acima. Tem também que colocar o Pikachu no banco até pra poupar nos torcedores de seu futebol mediocre (nesta temporada) e poupar ele mesmo, pois é notório que este jogador vive uma enorme queda de qualidade em seu futebol.

    Quanto ao Cláudio, gostaria de falar quepor favor não compare nada ao Tourinho, pois ele foi o melhor presidente em termos de título e o pior em dividas, muitas de nossas mazelas advém de sua gestão, inclusive o rebaixamento e a goleada vexatória pro paulista. Este cidadão não deixou saudade.

    Curtir

  6. Cláudio Santos, concordo em parte com você, mas sou daqueles que só acredito vendo, portanto, acho melhor esperar essas contratações estrearem, é um tiro no escuro, pode dar certo ou não, melhor esperar pra ver no que vai dar. Quanto ao Arthur Tourinho, você está certissimo, Vandick tem que aprender muito com o Tourinho. Aliás, Tourinho seria um excelente diretor de futebol. Tourinho tem que voltar. Seria um ótimo assessor pro Vandick, iria ensinar o caminho das pedras.

    Curtir

  7. GERSON NOGUEIRA, AMIGO

    com toda a sinceridade, NÃO EXISTE RISCO DE CRISE e nunca vai existir jamais NESSES CASOS. O que existe após uma desclassificação desta( QUE MUITOS INSISTEM DIZER INESPERADA, MAS PARA MIM foi normal) é a preucupação e apreensão pelas cifras perdidas as quais poderiam chegar a mais de um milhão e meio de reais. Dinheiro graúdo que poderia ajudar demasiadamente no investimento para a dificilima serie B. mas se é que tem bicolor de ressaca vou logo dizendo deixem disso por vários motivos:
    1- Em Copa do Brasil esses tipos de resultado são mais que normais seja qualquer time e não é a toa que times insignificantes como esse chegam as fases finais. Ja temos exmplos de clubes consagrados no Brasil e no mundo que foram eliminados em casa por times piores que esse naviraeense. Ano retrasado se não angano, o Vasco foi eliminado na terceira fase pelo baraunas de mossoro em pleno são januário, onde tambem jogava por empate, e nem pos isso deixou de ser um dos maiores clubes do mundo.

    2- Copa do Brasil hoje para nós é apenas para participar e fazer o máximo para ganhar um bom dinheiro. so isso. nem podemos pensar no mais importante na vida de um clube ou competidor que são conquistas de titulos. Sem titulos é que ninguem vive.

    3- domingo no mangueirão é que se pode fazer a verdadeira historia, pois o Papão caminha para seu 45º titulo, será o segundo maior campeão estadual do Brasil, porque o bahia ja dançou o merengue da vaca louca, e esse sim ficará marcado ´para sempre na historia do clube se vier.
    4- A derrota para esse naviraí assim como se fosse vitoria daqui a 6 meses ninguem lembrará mais. até porque eliminar naviraiense não teria nenhum icone de gloria. mas o titulo estadual sim. daqui a 100 anos mesmo se o Paysandu ganhar com derrota, o que vai ser lembrado é o titulo e nada mais. então nação alvi azul deixem de pegar corda e vamos lotar o mangueirão

    PAPÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    MORAL DA HISTORIA : O PAYSANDU SPORT CLUBE É CONSIDERADO UM DOS MAIORES PAPA TITULOS DO MUNDO E CAMINHA PARA A CONQUISTA DE MAIS UM NO DOMINGO CONFIRMANDO ESSA TESE. AÍ DIGO QUE SE O PAYSANDU PERDER ESSE TITULO, SERÁ UMA CRISE MUITO GRANDE, PORQUE ESTARIA AFETANDO, A MIOR ETIQUETA DO CLUBE QUE É A DE SER O PAPA TITULOS DO NORTE. TORCIDA BICOLOR VAMOS PRESTIGIAR PORQUE TITULO É O QUE VALE

    Curtir

  8. Bom dia Gerson Nogueira e Amigos do Blog;

    O Luiz Coelho deve ter bola de cristal para afirmar o que escreveu e mesmo assim considero os vaticinios dele, como desvarios. Ninguém nasce grande, sábio e eficiente, aprende-se com o passar do tempo e com o crescimento físico, não é de bom tom, portanto, tentar achincalhar o trabalho da atual diretoria do Grande Bicolor Amazônico, que demonstra lucidez nas atitudes, consideradas lentas ou ineficazes pelos afobados e ou, por outros denominados, esses mesmos, criticam depois as administrações provincianas, amadoras e desatrosas que ultimamente se tem encastelado nos nossos Grandes Clubes, aquelas que só fazem aumentar a conta da referida agremiação na casa do índio.
    Voltando às contratações, seria de bom tom, os críticos indicarem, ou pelo menos sugerirem quais nomes atenderiam na visão deles, a real nescessidade do time, não refletem que o Brasil é um celeiro de craques, porém, ilustres desconhecidos, ou o Luiz Coelho entende que o Rogério Ceni, chegou ao S. Paulo vindo de onde? de onde e como chegou até aqui o Thiago Potiguar? de qual forma surgiram para o futebol do Grande Bicolor Amazônico o Bené, Rubilota, Moreira, Da Costa, Jorge Costa, Edésio, Cacaio e muitos outros que por aqui despontaram e honraram o estandarte Celeste Amazônico? portanto, gente, muita calma nessa hora, tem muito secador infiltrado, tentando de forma açodada desestabilizar o ambiente na Curuzú, afinal o time deles já está no limbo, mesmo.
    Quanto ao Trabalho do Lecheva, não vejo nenhum outro Treinador conhecido, ou mesmo desconhecido, que tenha obtido, sem comprometer a saúde financeira do Clube, reabilitar a qualidade da equipe e restaurar o moral da torcida, em tão pouco espaço de tempo quanto ele o fêz, falar todos podem, mas avaliar e dar o crédito, nem todos tem essa capacidade, talvez tenham qualidade para isso, no entanto, a vida não é só isso.

    Curtir

  9. Essa discussão em torno da volta do Tourinho é bizarra e o blog deveria ser poupado dela por higidez e mnemônica, ou seja, quem clama por isso deveria procurar um tratamento para recuperar a memória.
    Mas, o que eu quero comentar é a parte da bela análise do Gerson a respeito da experiência do Vânderson. Penso que essa vivência que assimila lições que ajudarão no enfrentamento de dificuldades precisam estar acompanhadas do espírito coletivo, principalmente em se tratando do futebol. Não é o que vem acontecendo, pois, ultimamente, Vanderson resolveu ser mais meia do que o ‘cão de guarda’ que o fez companheiro perfeito do Sandro e o projetou no futebol nacional.
    Depois, Lecheva não pode esconder-se atrás de uma suposta característica ofensiva do time e usar os defeitos graves na marcação que têm ocasionado certas derrotas como desculpa. Saber defender-se também é uma arte no futebol e o ex-meia Lecheva precisa urgentemente entender isso, ou, se já entende, cobrar publicamente dos seus comandados essa atitude. Quem viu Boca e Corinthians certamente percebeu o notável posicionamento de três jogadores dentro do campo adversário toda vez que este ensaiava sair tocando. Com isso, forçava o chutão facilitando o trabalho defensivo.
    É preciso entender que ser ofensivo não é ter jogadores que adoram estar com a bola nos pés lá na frente e, sem ela, desligam-se do jogo. Exige também algo mais que dificulte a manobra adversária, desde o seu campo de jogo. Nesse sentido, tirar o Djalma, que junto com o João Neto são os mais obedientes taticamente, chega a ser uma heresia e coloca o Papão na proto-história do futebol sem compactação, sem tática capaz de encurtar os espaços dos adversários e sem uma maior coordenação entre seus setores que possa proporcionar a sempre importante presença do elemento surpresa, fundamental pra surpreender o opositor.
    Por isso que o Paissandu tem vivido nessa gangorra e o Vanderson deixou de ser aquele ‘cão de guarda’ lá atrás, sempre importante na hora do contrataque. a meu juízo, Isso não é ofensividade, mas ingenuidade.

    Curtir

  10. E amigo Claudio, esse deve ser o tal planejamento antecipado, que o papinha ta fazendo para a serie C. Rsrsrsrs parece que o Tao badalado Vandick ja nao e unanimidade entre os torcedores do papinha, uma coisa e nao fazer nada na camera de vereadores, alias alguem sabe de algum projeto importante aprovado pelo vereador, outra coisa e pagar um clube de massa cheio de problemas e administrar. Esse e o calcanhar de aquiles de nossos clubes, diga-se as mumias que estao no meu querido Leao, haja incompetencia.

    Curtir

  11. Amigo Cláudio,

    Apenas uma pequena correção, que nem nada muda a essência do seu comentário.
    O Papão venceu o 3º e o 4º RexPa do ano (2×1 e 3×1)
    Tivemos um empate em 1×1 (2º)
    E o Remo venceu os outros 3, todos por 2×1 (1º, 5º e 6º)

    Curtir

  12. GERSON NOGUEIRA AMIGÃO,

    NÃO FALEMOS EM RISCO DE CRISE, no momento em que o PAYSANDU SPORT CLUBE caminha firme para saciar a sua fome de titulos.

    FOI JESUS CRISTO QUE DISSE:

    BEM AVENTURADOS OS QUE TEM FOME E SÊDE DE TÍTULOS PORQUE SERÃO SACIADOS.

    É POR ISSO QUE O CEU É AZUL CELESTE E BRANCO

    Curtir

  13. Quanto ao trabalho inovador (para os padrões paraenses) que vem sendo feito pela nova gestão do Paysandu, ainda merece toda a confiança da torcida alviceleste.

    Creio que Vandick, Serra, Yamato, Clodomir, Aguilera e o consultor Julio César estão no caminho certo. Não esperem que mais de 90 anos de amadorismo sejam modificados em 6 meses. O trabalho será feito de médio a longo prazo. No mais, meu único senão é quanto a algumas escalações do Lecheva em certos jogos, mas no todo, ele tem mais méritos que insucessos.

    Curtir

  14. Amigo Israel, o grande problema, é que tem muita gente que só vai perceber que isso não é um bom planejamento para o futebol, quando começar a série B… Eu não…

    – Tourinho, primeiramente contratava um bom técnico e com ele, montava o elenco;
    – Vandick, primeiramente, contrata um gerente, para com ele montar um elenco e entregar nas mãos de um técnico local…

    A diferença entre eles? A conferir…

    Curtir

  15. NACÃO BICOLOR PRESTEM MUITA ATENÇÃO,

    TEM GENTE POR AÍ QUE ENCHE O SACO CONTANDO VANTAGEM DE VITORIAS EM TABU 33 JOGOS AMISTOSOS CAÇA NÍQUEIS , VALENDO SO TRES PONTOS E APENAS DECISÕES DE ALGUNS TITULOS CONTRA O BICOLA.

    dessa forma eu inauguro aqui para o Paysandu um tabu de 100 anos importantissimo sobre todos os adversários nosso no futebol paraense que é o TABU 45 TITULOS. esse sim é o maior tabu da história e gratificante para nós. Vou inaugurar a contagem para contarmos domingo no Mangueirão:

    1, 2, 3, 4, 5,6,7,8 9,10,11,12,13,14,15,16,17,18,19,20,21,22,23,24,25,26,27,28,29,30,31,32,33,34,35,36,37,38,39,40,41,42,43,44 E 45.45.45.45.4545.

    TITULOOOOOOSSSSSSSSSSSSSS

    PAPAOOAOAOAOAOAOAOAOAOAOAOAOAOAO

    Curtir

  16. Complementando o comentário do post 5 (bicolor) na quarta na hora da chuva apareceu um cidadão vendendo saco de 1 kg por R$1,00, kkkkk, te dizer…é o fim do mundo…superfaturamento aprendeu com quem???tapioca nelles!!!

    Curtir

  17. Caro Gerson,
    Agradeço a sensatez em que dirige a sua opinião sobre a ASSOREMO, diferente de alguns companheiros da imprensa que promoveram campanha eleitoreira nas vésperas da ultima eleição do CONDEL apoiando claramente a atua situação em que se encontra o Remo. Nosso intuito não é de caça as bruxas e sim de pregar a ética no clube, coisa que o atual CONDEL não fez ao reeleger o atual presidente do CODIR. Sabemos que dentre os cardeais e coronéis azulinos existem pessoas que agora despertou para a realidade e mesmo nós sabendo que no passado foram coniventes com fatos que resultaram no que o Remo é hoje, perdoamos por notar que hoje enxergam o Clube com outros olhos, pelo menos percebemos isso. Não somos uma quadrilha como alguns da imprensa nos caracteriza e nem vagabundos, como dito pelo presidente do CONDEL, somos profissionais, formados e muitos com pós-graduação, alguns pai de família e acima de tudo apaixonados pelo Clube do Remo. Portanto, vamos lutar, independente das pedras que iremos receber.
    Abraço a todos

    Curtir

  18. O Flamengo mostrou aos BESTA torcedores paraense o quanto ama seus torcedores É POR ISSO QUE TORÇO NO BRASIL E NO MUNDO POR UM CLUBE PAYSSANDÚ E VOU ENSINAR AOS MEUS FILHOS QUE NÃO SOMOS CARIOCA,PAULISTA,GAUCHO E ETC.. SOMOS DO NORTE E TEMOS QUE TORCER POR UM CLUBE DO NORTE (PAYSSANDÚ). esse times de fora se acham que estão com a bola toda e torcedores do Pará a ainda torcem por clube de fora. Pelo menos os torcedores bicolores deveriam torcer apenas pelo PAPAÃO ja os torcedores do outro lado da avenida terão 19 clubes para torcer este ano e será que é amor ao seu clube?

    Curtir

  19. Amigos bicolores e demais desportistas.

    Pessoas ligadas a diretoria já deixaram escapar que a missão do Paysandu este ano é não cair pra 3° divisão.

    Então haja sofrimento e calculadora.

    A permanencia do lecheva é o sinal mais claro disso. Pensem, trazendo um tecnico de fora, o cara muda tudo, até o a cozinhheira.

    O pensamento dos atuais dirigentes bicolores é reestruturar o clube, para só apartir do proximo ano, voltar com tudo e lutar pro grandes conquistas.

    Se estão certos ou não só o tempo vai dizer.

    Só espero que o papão não caia, só isso. Sendo assim vale a pena o sacrificio.

    Embora eu não concorde, dá pra reformar uma casa sem ser preciso pagar aluguel ou ir morar temporiamente na casa do sogro.

    Curtir

  20. Amigo Renato, procuro abrir espaço e divulgar toda e qualquer iniciativa bem-intencionada. Vejo que a Assoremo tem se conduzido com seriedade, visando garantir transparência e clareza ao processo eleitoral no Remo. Só por conta disso já tem meus aplausos.

    Curtir

  21. Ei, amigo Cláudio, será que a caravana bicolor ainda irá ao Mangueirão, depois do Naviraiaço, mesmo agora sendo a 10 reais
    a arquibancada ?! Bora lá, galera, pois até o Rocildo irá, com sua máquina de secar. rs

    Curtir

  22. Infelizmente o torcedor Paraense se acostumou a mudanças drasticas a cada vexame e coletivas de presidentes que gostavam de aparecer…passamos 7 anos na serie C com historias de mesmo enredo..e dividas absurdas..quem estava satisfeito?agora quando ha discriçao e inteligencia…aparecem os impiedosos aspirantes a viuvas e suas ideias ultrapassadas…lembrem que o campeonato deve parar la pela 6 rodada..ai sim teremos o nivel exato do time que ai esta..bem como 3 semanas para mudanças e possiveis contrataçoes…a proposito alguem ai ja verificou os planteis atuais de equipes com america de natal..icasa..ceara…dentre outras..me digam quantos craques voces encontram?quantos desconhecidos?nao esta facil p ninguem buscar jogador..

    Curtir

  23. Em relação ao post 24 eu já fiz um comentário sobre os nossos adversários do Nordeste. O eixo sul-sudeste para mim é desconhecido mas a julgar por alguns jogos da copa do Brasil salvam-se poucos!

    Curtir

  24. Edilson vou te dar nota dez pela afirmação. Essa desclassificação não foi nada de inesperada, foi normal. Afinal de contas tantas e tantas copas disputadas, e o papinha passou apenas uma vez para a terceira fase. então o normal é mesmo o papinha ser eliminado na segunda fase kkkkk. Parabéns Edilson pela serenidade e pela perfeita colocação. kkkk

    Curtir

  25. Vão brigar pela classificação, Palmeiras,América Mineiro, Figueirense,Avai, São Caetano,Joinville,Sport Recife,Ceará e Atlético goianiense. O resto briga para não cair. Um praticamente certo para o rebaixamento, é o fraquissimo papinha. Um time que perde duas seguidas para um time sem divisão, e ainda leva um chocolate de um time que já pegou de 10 x 0, não tem condições de estar na segunda divisão do brasileiro. A salvação é o Miguel Pinho reencarnar e dar uma força para o seu papinha kkkkk.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s