Venceu quem ousou mais

PFCXREMO decisao 2o turno parazao-Mario Quadros (48)

Por Gerson Nogueira

bol_seg_060513_23.psO Paragominas foi mais audacioso, atacou sempre e acabou recompensado. O futebol nem sempre premia a ousadia e o destemor, mas desta vez tudo deu certo para Charles Guerreiro e sua equipe. Nem mesmo a perda no final do primeiro tempo de um jogador fundamental como Ilaílson fragilizou o time ou alterou os planos iniciais do técnico, que manteve a formação ofensiva e buscando o gol.

Charles ainda teve a felicidade de fazer as mexidas certas, botando em campo dois atacantes com a firme disposição de vencer – único resultado que garantia o título. Weller abriu o placar e Beá deu passe para os três gols do PFC. Mais importante que as mudanças, foi a participação efetiva dos jogadores que entraram com a partida em andamento.

Motivação, comprometimento e determinação em torno de um objetivo foram as palavras mais usadas pelos dirigentes e atletas do PFC. Tirando as já tradicionais mensagens dirigidas ao adversário, supostamente “arrogante” e “soberbo”, até nas entrevistas o clube de Paragominas foi extremamente feliz.

Um de seus dirigentes comentou, em meio aos festejos, que só lamentava o fato de o Remo ter se apresentado como um time pequeno na Arena Verde, evitando se abrir e partir para o ataque. A observação resume bem o que foi o time de Flávio Araújo no jogo decisivo de ontem.

Com o regulamento debaixo do braço, apostando tudo no empate, o técnico armou um 3-6-1 de caráter marcadamente defensivo, ao contrário do que ocorreu nas semifinais contra o Paissandu. Diante de um oponente agressivo e impetuoso, principalmente no segundo tempo, o Remo fez o que todos os manuais desaconselham: recuou em excesso.

Recuou tanto que, em determinados momentos, os volantes Tony e Biro se confundiam com os zagueiros. Durou até os 19 minutos da etapa final a resistência defensiva azulina. Num cruzamento curto, no primeiro pau, Weller desviou de cabeça e abriu o placar.

Foi só então que Araújo resolveu mexer, substituindo Ramon por Galhardo. Ramon, a rigor, nem entrou em campo. Caminhava, lentamente, tentando jogadas de efeito sem qualquer objetividade. Com Galhardo, o Remo tentou organizar o caótico meio-campo, mas não houve tempo, pois em novo contra-ataque Beá botou Aleilson na cara do gol, para marcar o segundo.

Com 2 a 0 no marcador, o PFC se postou mais atrás, esperando chances para aproveitar o contra-ataque. O Remo, na base da valentia e da raça, descontou aos 45 minutos, com Branco. Mas, quando ia tentar o golpe de misericórdia em cobrança de falta, o goleiro Fabiano resolveu se arriscar no ataque e deixou a trave desguarnecida. A bola saiu rapidamente, em contragolpe puxado por Beá e Aleilson, indo morrer no fundo das redes. Um castigo duríssimo para o melhor goleiro da competição.

Nem o PFC esperava uma vitória tão folgada, mas justíssima, na medida em que o Remo nada fez para tentar impor seu jogo. Abrir mão de atacar é sempre um convite à derrota. E Flávio Araújo não pode nem alegar que foi surpreendido. Perdeu o primeiro turno exatamente assim, contra um adversário diferente – o Paissandu. Resolveu apostar na tática suicida e caiu de novo. Azar do Remo, que continua sem divisão e longe do título estadual. Méritos do ousado PFC. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola) 

PFCXREMO decisao 2o turno parazao-Mario Quadros (34)

Velhas histórias, novas frustrações

Em meio às especulações sobre o desmanche do elenco, o presidente do Remo, Sérgio Cabeça, mostrava-se atordoado ao final do jogo em Paragominas. Parecia não acreditar no que havia acontecido em campo. Não tinha o direito de se mostrar tão surpreso.

Flávio Araújo, cuja contratação foi elogiada por todos, em face do bom currículo, mostrou-se um técnico inadequado para os projetos do Remo na temporada. Encarou o Campeonato Paraense como um torneio rápido e fácil. Improvisou o 3-5-2 e foi levando, satisfeito com vitórias ilusórias.

Depois que perdeu o turno, o lado emocional do time foi a pique. Com muito esforço, veio a recuperação no returno, evidenciada nas vitórias sobre o Paissandu nas semifinais. Quando parecia que o time havia achado a melhor formação, eis que Araújo mantém o desenho, mas muda a maneira de atuar.

Os seis homens escalados para jogar no meio-de-campo ficaram distantes do único atacante, Val Barreto, que passou o jogo levando pancada e tentando cair pelas extremas. Só quando Branco entrou, nos minutos finais, Barreto teve companhia na área do PFC. Já era muito tarde.

Cabeça, que admitiu não saber ainda o que vai fazer, deveria começar por uma mudança de atitude. Romper com os grilhões do passado, instituindo eleições diretas e um projeto de profissionalização da gestão, seriam passos decisivos para indicar que o clube vai mesmo tomar novos rumos.

Do jeito que está, centrado no futebol – e se frustrando sempre, há cinco temporadas –, fica difícil entrever luz no fim do túnel. Estagnada, a instituição definha aos poucos. Os dirigentes não mudam, os estatutos permanecem retrógrados, sócios e torcedores estão distanciados do clube. O bom senso indica o caminho, só falta os responsáveis aceitarem o fato como irreversível.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 6)

73 comentários em “Venceu quem ousou mais

  1. Mais uma vez uma equipe do interior caminha a passos largos para ser campeã. Se o Paysandu repetir o futebol das duas partidas contra o Remo, fatalmente o Paragominas conquistará o título – o que seria merecido, convenhamos. Outro fator favorece o time do interior: no período em que o Paysandu fará quatro partidas (parazão e Copa do Brasil), o PFC fará apenas duas. Estará, portanto, bem mais descansado, fator que parece determinante em nosso futebol, onde as equipes são mal preparadas fisicamente.

    Quanto ao Remo, depois que ficou sem divisão, entrou em um círculo vicioso do qual será difícil sair. Poucos atletas querem jogar jogar num clube sem divisão garantida, ainda mais um time do Norte. O clube está condenado a ter sempre elencos limitados, atletas com pouca rodagem em times de massa e que pretendem usar o regional como vitrine para disputar outras divisões mais valorizadas. E agora acumula um recorde negativo que poucos notaram: cinco anos sem um título estadual, cábula que tem tudo para aumentar ainda mais.

    Curtir

  2. Ao Remo resta evitar os erros do passado, como jogar tudo pro alto e, em cima da hora, começar do zero outra vez. Por isso, deve manter os jogadores que tem vínculo contratual mais longo com o clube, emprestando-os ao Águia e ao PFC, preferencialmente, desde que esses assumam o compromisso de bancar pelo menos 50% dos salários desses jogadores.
    Deve voltar as atenções às divisões de base, fortalecendo-as com excursões pelo interior, além do campeonato regional. Como essa tropa em formação está entregue em boas mãos, ao Valter Lima, é certo que saberá honrar a camisa do clube, ganhar experiência, qualificar-se às futuras disputas(locais ou nacionais) e ser fonte de abastecimento ao futebol profissional.

    Curtir

  3. Um time regional(PFC) contra outro de importados(Remo), PFC 3 x 1 Remo.O exemplo – novamente – foi dado. O cego que não quer enxergar é o pior. Em 06.05.13, Marabá-PA.

    Curtir

  4. Venceu o melhor. Venceu o time que não se negou a jogar futebol nos dois jogos. Parabéns Paragominas pelo brilhante futebol apresentado aqui em Belém e lá. Pois merecíamos ser humilhados no primeiro jogo se não fosse a atuação do goleiro Fabiano. Resta ao clube do Remo, ou seja, à sua diretoria a ombridade de renunciar, alterar o estatuto via conselho deliberativo, convocar eleições diretas e fazer novo planejamento para o departamento de futebol. Se vai dar certo só o tempo vai dizer. Já chega de incompetentes. Dizem que a coragem muitas vezes faz pular uma geração. Espero que o conselho deliberativo do Clube do Remo e a atual diretoria tenham coragem.

    Curtir

  5. Isso é fato, ousou, venceu. Era isso que estava escrito para essas finais. Nas entrelinhas, e também nas linhas, nas retas e nas tortas, estava lá, o prêmio é para os bravos. Não havia dúvida do que fazer, então, por que não fazer?

    Curtir

  6. Caro jrsilva, o problema azulino é justamente esse, não há transição para uma nova geração cuidar do Clube do Remo, ainda estão lá os “centenários” beneméritos encastelados…

    Curtir

  7. O pior é saber que as múmias não vão querer abrir mão da direção do clube. Eleições diretas e incentivo a novos sócios são urgentes.

    Curtir

  8. O remo já tentou de tudo nos ultimos anos,formou time regional com treinador local,trouxe atletas do interior paulista,montou um time só com atletas do nordeste e nada deu certo. Em compesação todo mundo que sai do remo se da bem fora de Belém.Todo mundo tem uma solução ou uma ideia para o remo,desconfio que qualquer coisa ainda não será suficiente.

    A solução é pedir licença da FPF e CBF, ficar um tempo afastado das competições e começar do zero. Como a FPF sobreviveria sem o remo?. Começo a desconfiar que vem aí um desses tabus historicos pela frente,como aquele do corinthians que passou 21 anos para ganhar um titulo. É triste.

    Curtir

  9. Os velhos problemas foramevidenciados neste campeonato de 2013 pelos azulinos. Contratações a esmo, treinador fraco e o resultado não poderia ser outro, se não a melancolia de que “um dia” o clube do Remo já foi um grande clube de futebol do Pará. Hoje pra mim, o Remo não passa de um time, igualzinho a muitos que disputam o nosso combalido futebol paraense.
    História todos nos temos, assim como os nossos clubes e times de futebol do Pará, mais o que não se pode e ficar sempre batendo na mesma tecla todos os anos. O Remo todo os anos, pelo menos nos últimos (CINCO) anos vem fazendo vexame a sua torcida. Já o Paysandu, quando agente pensa que agora VAI, na verdade nunca FOI.

    O Futebol paraense está a cada ano, cada vez mais decadente, e o abismo encontra-se encrostado dentro do BAENÃO. Lembro de quando o Remo ficou por (CINCO) anos sem perder para o Paysandu, foram (CINCO) anos inglorios do meu amado clube, que sem dúvida eu achava que jamais iriam acabar e que eu voltaria a sorrir.
    Algo que felizmente teve um fim, onde tudo nessa vida tem – um começo, meio e fim. O problema e saber quando será o FIM desse martírio azulino, penso que não deve está perto de acabar tão cedo.

    Curtir

  10. O Remo é um time que vive de ilusão. Os seus torcedores principalmente. Ele precisa urgentemente montar uma base com seus próprios garotos de qualidade, sair a caça talentos, também com jovens promessas pelo Brasil a fora e ter a frente uma comissão técnica que saiba treinar esses meninos. Aí sim, perto de começar o campeonato de novo, trazer alguns medalhões, nomes de respeito para completar o time. Se ficar com essa mentalidade atrasada de formar time com jogadores de fora – sem espaço em outros times, vai continuar a pedalar na lama.

    Que o Paragominas cresça como clube, que tenha uma mentalidade moderna, porque o nosso futebol precisa de novas agremiações. Chega de vivermos do passado da dupla REPA. Acredito que assim os gigantes possam despertar para os novos tempos.

    Curtir

  11. Ei Marcelo Gomes, você disse que o Remo já tentou de tudo para voltar a ter divisão. Trouxe jogadores de São Paulo, Nordeste e aqui mesmo do Pará, mais que nenhum deles deu jeito e o time permanece na mesma – sem divisão.
    Meu caro não se preocupe, no fim do ano a UEFA sentindo-se sensibilizada com a situação azulina, vai obrigar a todos os clubes da EUROPA a ceder os seus melhores jogadores para REFORÇAR o clube do Remo, para que o mesmo possa voltar a disputar a 4° divisão.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  12. O que faz um dirigente que se diz apaixonado pelo Clube, e em duas gestões apresentar resultados em campo insignificantes se agarrar ao cargo dessa forma. Há algo estranho no ar!. Cabeça, renuncie, deixe que outras pessoas com mentalidade para mudanças façam a reengenharia que o clube necessita, deixem que eliminem os vícios que há muito tempo o corroem. Desta vez temos que dar um basta nos desmandos e incompetência visto na administração do meu amado Clube do Remo. Eleições diretas já.

    Curtir

  13. HOMENAGEM AO VELHO ROCILDO E A TODA A IRMANDADE AZULINA

    MUSICA DE REIBERTO CARLOS

    Rocildo não chore pelo remorto
    Ele não merece esse pranto sofrido
    Ele não parou pra pensar um momento
    Pouco se importou com o seu sentimento
    rocildo, refaça a sua vida
    porque o remorto é muito timinho
    Ninguém traz de volta o passado chorando
    Num canto sozinho
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai
    Não negue a realidade
    Se alimentando de lembranças do tempo da vovó
    E sofrendo de saudade
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai
    Se aquele sonho de divisão se desfez
    A vida continua, o que passou
    Esqueça de uma vez
    rocildo, quando a gente ama
    Finge que não houve e não acredita
    Não gosta de ouvir nem por bem certas coisas
    Do time amado , só coisas bonitas
    Por isso perdoa o que eu falo
    Se você não gosta de ouvir o que eu digo
    Mas como evitar te dizer as verdades
    Se sou seu amigo : o remorto é muito pereba!!!!
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai
    Não negue a realidade
    Se alimentando de lembranças
    E sofrendo de saudade
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai
    Se aquele sonho de serie d desfez
    A vida continua
    O que passou esqueça de uma vez

    Curtir

  14. Atletas MALFEITORES somos nós,
    QUE NÃO cumpriremos o nosso dever,
    Se um dia quando unidos para a luta,
    O HONROROSO pavilhão NÃO VAMOS defender.

    Enquanto a azul bandeira HOROROSA tremuleja,
    O vento a DEIZA NA SOLIDÃO , ,
    OLHANDO HONROROSA que flameja,
    Nós todos VAMOS FRACASSAR.

    E nós atletas NÃO temos vigor,
    A nossa turma NÃO TEM MAIS valor (bis).

    Nós todos SOFREDORES Na mocidade,
    Vamos MOSTRANDO ESSE SOFRIMENTO jovial,
    E nós, os azulinos da cidade,
    TODOS ANOS SO PASSAMOS MAL

    Em cada um de nós mora a esperança,
    Essa LANBANÇA , VAI TER FINAL ,
    E porque somos do clube do remo
    SABEMOS QUE SOFRER PRA NÓS JA É NORMAL (bis).

    Curtir

  15. Mas um no grupo dos “sem terras” será que os atuais gerentes, irão querer modernizar a gestão , deixarão de lado suas espertezas e vaidades…
    Vai ver que Cabeça e sua diretoria já deve estar programando os famosos jogos pelo interior.. Ai amigos , tudo vai seguir no velho repeteco.

    Curtir

  16. E ninguém cala Esse Chororô
    Chora o Rocildo ,Chora Victor Palheta
    Cora Claudio Santos,Chora Cássio Andrade…

    E é por isso
    Que eu canto assim
    vcs vão morrer sem divisão

    E ninguém cala Esse Chororô
    Chora o Rocildo ,Chora Victor Palheta
    Cora Claudio Santos,Chora Cássio Andrade…

    E é por isso
    Que eu canto assim
    vcs vão morrer sem divisão

    Curtir

  17. Na verdade, para a situação atual, o futebol remista acabou, os dirigentes insistem em manter esse departamento ativo para enganar os sofríveis torcedores, pois sabem como tirar dinheiros destes. Digo “para a situação atual”, pois no passado os times tinham vagas asseguradas para disputarem as competições nacionais, agora tem que apresentar futebol para conquistar vaga.
    A grande culpada dessa situação é a Diretoria, pois no final do 1º turno deveria ter demitido o FA, o qual nunca apresentou um padrão de jogo mesmo estando à frente desde de Dez/12, o Remo fez mais de 20 jogos se convenceu em três jogos foi muito. O mesmo chegou a pedir demissão durante o 2º turno, resolveram mantê-lo. Veio a interrupção do campeonato, outra chance e nova insistência em FA.
    Sem descrever a triste equipe montada pelo FA, o qual indicou a maioria dos jogadores. O Remo começou e terminou o campeonato na base da ligação direta (chutão para frente), ou seja, sem esquema tático.
    Para tentar reaparecer no futebol paraense, seria necessário montar uma equipe com a base do sub-20, que infelizmente não possui o devido apoio dos donos do clube. Além disso, deverá perder, de graça, o Jonathan cujo contrato termina no final de Jun/13.
    Dos mais de 30 jogadores do clube, somente estes se destacaram: Fabiano, Alex Ruan e Jonathan, ou seja, 10% do elenco.
    O Remo está em uma decadência sem fim, o futebol paraense somente não acaba, porque a todo ano surgem novos times, mesmo que de maneira passageira e o Paysandú vem representando o futebol paraense a nível nacional.
    Ainda bem que o Remo foi eliminado, já pensou disputando uma série D representando o Pará com esse futebol sofrível.

    Curtir

  18. O Clube do Remo foi punido pela sua teimosia!
    Todos sabiam que Flávio Araújo não era homem para estar a frente de um time de massa como é o clube azulino, quem paga a conta e fica no sofrimento, cinco anos na fila do parazão, penta-não-campeão!, é o torcedor!
    Quando aqui neste blogue foi profetizada em prosa e verso o fracasso azulino muitos torcedores iludidos repudiaram ferozmente. Não! O que é isso? O time vem ganhando todos os jogos e vai decidir o primeiro turno com a vantagem! Mero engano, levaram pau do Paysandú. No segundo turno novamente as partidas bisonhas se repetiam, veio a pausa, duas vitórias sobre o rival, inexplicáveis, mas não convincentes, do mesmo jeito retrancado, usando dos contra-golpes para se dar bem… Um dia não dá certo e aí? E esse dia foi ontem, é incrível como o time do Remo só perde quando NÃO PODE PERDER!
    Por outro lado tivemos um PFC sabedor dos seus deveres e que assim o fez atacando constantemente, não abrindo guarda para o adversário. Com tanta insistência conseguiu o gol. Para o time do Remo que foi para Paragominas sem um plano B abdicando de dois atacantes cortados momentos antes não tinha como refazer o jogo. Tomou o segundo e quando diminuiu nos término da partida recebeu o golpe de misericórdia!
    Fim da linha para os remistas. A vida segue, a fila anda, e o tempo não pára!

    Curtir

  19. O time do Remo não foi ao todo tão ruim. Ao meu ver, todos os atacantes são bons, os zagueiros são razoáveis, o goleiro é excelente, os laterais esquerdos não comprometeram. O que destoou do resto do time foram os laterais-direitos – Valber e Guerra foram uma decepção, os volantes e os meias – Jhonnathan foi o único que se salvou. Acredito que se o técnico tivesse trabalhado o tradicional 4-4-2 desde o início, os problemas seriam previamente detectados e provavelmente seriam resolvidos a tempo. Infelizmente o comandade azulino preferiu mascarar as deficiência com o esquema 3-5-2 que se revelou uma bomba-relógio e quando tentou variar para outros esquemas, se perdeu todo e o resultado foi este que acabamos de ver. Penso que um meio-campo formado com Mael, Ratinho, Caçula, Jhonnatan e o Galhardo e mais uns cinco bons reservas resolveria esse problema de criação.

    Curtir

  20. Não é gozação, são apenas fatos.

    Hoje o Paysandu tem Centro de Treinamento (em fase inicial).

    Está na Série B do Brasileirão.

    Vem acreditando na base e prova disso é o surgimento de talentos promissores como Pikachu, Paulo Rafael, Paulo Wanzeller, Djalma, Billy, Brian, Pablo e outros

    Vem acreditando em talentos da terra como Capanema e Rafael Oliveira.

    Vem buscando talentos até da base do rival como Heliton e Raul.

    Vem buscando jovens talentos do outros estados como Potiguar.

    Ou seja, dentro de uma proposta séria, vem acrescentando ao plantel jogadores com mais experiências, mas principalmente de bom caráter como Eduardo Ramos.

    Azulinos, depois de tomar bastante dor flex, reflitam e cobrem isso do time de vocês.

    Modernidade e planejamento.

    Curtir

  21. O trecho abaixo, extraído da coluna publicada pelo Gerson, mostra aquilo que já se tinha dito por aqui, que todos sabiam, menos o inseguro e medroso FA:

    Abrir mão de atacar é sempre um convite à derrota. E Flávio Araújo não pode nem alegar que foi surpreendido. Perdeu o primeiro turno exatamente assim, contra um adversário diferente – o Paissandu. Resolveu apostar na tática suicida e caiu de novo. Azar do Remo, que continua sem divisão e longe do título estadual.

    Curtir

  22. Acrescentando ao comentário acima:

    Os torcedores bicolores são se iludem. Sabem que o atual time não é bom o suficiente para a série B. Contratações virão, mas com responsabilidade.

    Curtir

  23. O Flávio Araújo foi tão covarde que não teve coragem de dar entrevista após o jogo para tentar explicar o inexplicável, pois saberia que seria metralhado pela imprensa. Um cara medroso como este não pode se quer ser técnico de futebol, quanto mais assumir um time de massa como o Remo.

    Curtir

  24. Paysandu combinou com rEMO pra decidirem o campeonato e esqueceram de combinar com o Paragominas.
    rEMO sai de férias,mais uma vez no primeiro semestre.
    Técnico do Colúmbia não acerta uma.
    Parabéns ao rEMO pelo Penta-Campeonato SEM DIVISÃO.
    Cadê o Rocildo ?
    Feliz Natal para o Sofrenômeno Azul.

    Curtir

  25. Quanto ao post 22, Denis, quem começou isso tudo foi o LOP, não o Vandick. Quando Vandick assumiu o Paysandu, ele já estava na série B e todos esses atletas já eram realidade, nenhum foi um cara que tenha sido revelado na curta gestão do Vandick até aqui. Mariano, lembra como foi quando o Agnaldo “seu boneco” foi técnico? Quando o Artur foi técnico? Acho que os dirigentes tem que pensar num treinador como o Waltinho, como o Cacaio, além dos prórprios Agnaldo de Jesus e Walter Lima – Sinomar Naves, de novo, não -, e em jogadores da região, a começar pelos da base. Reforços, apenas perto de começar o Parazão 2014… Que fase!

    Curtir

  26. Há males que vem para o bem. Já imaginaram a canseira que teria o Grande Bicolor Amazônico hoje ao viajar para o MS?
    Sem ter disputado estas duas partidas dificílimas da final do returno pode seguir descansado para Naviaraí e lá com a possibilidade da eliminação do jogo de volta se dedicar só para as finais do parazão!

    Curtir

  27. E isso ai Adriano,vamos iniciar a campanha volta AMARO KLAUTAU E RAIMUNDO RIBEIRO…KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Curtir

  28. Caro Gerson, vc conhece as minhas colocações e que muitas vezes lhe critico pelo fato de cutuar alguns conselheiros que só aparecem quando é bom aparecer, mas enfim. Hoje estou para lhe parabenizar por suas palavras no programa de hoje. Não só por concordar comigo, em coisas que sempre falei mas por sentir que a necessiade do Remo há algum tempo é o acampamento do sócios do clube no seu dia dia. A ASSOREMO não quer caçar bruxas e sim transparencias do atos secretos que ocorrem dentro do Remo. Nós somos sócios e queremos saber. Lamento as palavras do Sr. Geo Araujo mas respeito o seu ponto de vista. A mudança já era para ter acontecido mas os coroneis não deixaram. Parabenizo mais uma vez as suas palavras. Voce tomou conhecimento da forma como nós fomos tratados pelo presidente do CONDEL? Somos pessoas informadas e formadaras de opnião e nãop somos vagabundos como foi citado pelo presidente do CONDEL. Enfim, tudo que falei que iria acontecer, aconteceu e agora falo que a mudança está bem próxima.
    Abraço a todos

    Curtir

  29. Será que podemos dizer que o Paysandú abdicou do segundo turno? Se foi isso usou de inteligência pois não se desgastou para o jogo da Copa do Brasil e caso elimine o jogo da volta focará somente a grande final em duas grandes e duríssimas batalhas contra o Jacaré do Norte!

    Curtir

  30. É exatamente isso que eu também defendo Lopes Júnior. Penso que o Cacaio seria um bom nome para assumir o Remo e formatar um time com atletas regionais. O cara foi um bom jogador, portanto conhece bem o futebol e apesar de ainda ser inexperiente como técnico, já demonstrou que tem potencial. Acho que nestas férias forçadas o Remo poderia fazer amistosos contra outros times profissionais que estão sem calendário, como o São Francisco e o São Raimundo, penso até que um torneio contra esses times seria melhor que jogar amistosos em campos de várzea. Agora, que a diretoria não se iluda em formar um time totalmente regional para o Parazão. É preciso ter uma base formada por jogadores locais sim, mas é também imprescidível trazer reforços de fora, e dos bons.

    Curtir

  31. Por que nossos times são tão mal preparados fisicamente? Já notaram que ninguém por aqui consegue vencer dois turnos seguidos? É sempre a mesma ladainha. O clube que conquista o primeiro turno sofre uma queda vertiginosa no segundo, fato que só ocorre em nosso campeonato. Não creio que os campos pesados sirvam como desculpa, visto que no RS, com gramados semelhantes, tivemos o Inter vencendo ambos os turnos e sagrando-se campeão. No Rio, tivemos o Botafogo, igualmente vencendo os dois turnos.

    Curtir

  32. Escutei hoje a tarde em uma emissora de rádio local que a delegação do remo somente hoje retornou a Belém porque ontem a noite um ônibus cheio de torcedores azulinos revoltados com a eliminação estavam preparando uma emboscada para a delegação remista.te dizer…

    Curtir

  33. Uma pena que os torcedores só se revoltam contra os jogadores e a comissão técnica e nunca contra os dirigentes, os verdadeiros culpados. Provavelmente, Cabeça e Pirão passarão o restante do ano tranquilos, planejando o novo fiasco versão 2014.

    Curtir

  34. Paysandu já se mandou pra buscar a vaga pra 3° fase da Copa Brasil. Deverá formar o mesmo time que foi campeão do 1° turno.

    Paysandu, orgulho de todos os paraenses.

    Jogo passará ao vivo no canal 7 pra todo o mundo.

    Curtir

  35. Isso aí, Edson, agora o foco é CB e série B, e claro a final do paraense. Os walking deads, ou zumbis, voltaram pra suas tumbas e de agora em diante só falo do Paysandu.

    Curtir

  36. O cidadão miguelangelo, um dos mais ardorosos fregueses listrado do blog, pediu que eu mostrasse minha cara se tivesse coragem. Meu freguês listrado, todo email que coloco aqui, é um email válido, mando minhas mensagens do meu computador. Portanto creio que estou mais do que identificado. Além de que minhas mensagens em nem um momento ofendem a idoneidade de qualquer participante do blog. Tudo que eu posto aqui é verdadeiro . Agora tenho a impressão, que meu incontido amor pelo mais querido ,afeta o equilibrio emocional de alguns bicolores. De certo que outros não se importam e também dentro da rivalidade esportiva, me respondem a altura. A questão de imagem ou não, está mais relacionada a minha pouco prática em manusear um computador, do que a intenção de me esconder de quem quer que seja. Agora se você quer me conhecer, assista o Remo tv programa 03, que eu a pedidos do foquinha, faço uma pergunta para paredão Fabiano goleiro do mais querido. E detalhe eu já dise aqui e repito perdendo ou ganhando eu me apresento e posto minha mensagem. Sou azulino nato, sou apaixonado por esse Clube e onde ele estiver eu estou. E o mais importqante, nunca na vida um bicolor, conseguiu me tirar do sério por causa de futebol.

    Curtir

  37. Mais cedo na TV Cultura, o Abner Luís – detonou o Ramon, meia azulino. Segundo um amigo dele que reside no mesmo prédio que o jogador azulino, o jogador costuma realizar 3x por semana, noitadas de farra, regadas a muitas mulheres, bebidas e zoadeiras. Te contar! O pior e que o Remo não pode nem demiti-lo, tudo graças ao contrato brilhante que foi feito com o jogador onde existe uma multa milionária para ambas as partes que quebrarem o contrato.
    E muito sofrimento nesse leão!

    Curtir

  38. Disque o Paysandu está disposto a investir alto pelos jogadores Aleilson (PFC) e Jonathan (REMORTO), além do noieiro do JOBSON (Ex-Botafogo). E os zagueiros, laterais, goleiro????

    Curtir

  39. Venceu o melhor treinador (Charles Guerreiro). Venceram os melhores jogadores (os da Paragominas). Parabéns a eles!

    Perdeu o Fenômeno!

    Não fosse ter aumentado em mais uma vitória a conta do freguês, o fiasco teria sido completo.

    Agora, vida que segue. E tomara que sem o fraco Flávio Araujo, os inapetentes jogadores que ele trouxe ou avalizou, e os nem tanto. E também sem os incompetentes, pra dizer o mínimo, Cabeça, Pirão, Baralho, Bororó, Paulo Mota etc.

    Curtir

  40. Caro Arisvaldo, acho que esse regulamento está muito bem definido! Afinal de contas, tu queres que o título se resuma todos os anos a Paysandu e Remo? Então e melhor os dois grandes disputarem entre si um campeonato a parte, então pra que os outros clubes? Amigo, só se conquista título quem tem competência, e isso o seu clube do Remo não tem à CINCO anos camarada.

    Curtir

  41. Resumo da opera, o campeonato será decido pelas duas melhores equipes da competição! O Paysandu foi a melhor equipe do primeiro turno, e o PFC a melhor do segundo turno.

    O novo clássico PA-PA. Aos sofredores de plantão, fica a forma de se planejar uma temporada, ou pelo menos o inicio dela. Fiquem confabulando por mais 8 meses em suas casas.

    Curtir

  42. Os sofre-secadores terão atividades daqui até quase o fim do ano, sim: irão secar o PAPÃO e ainda acompanhar pelo blog ! rsrs

    Curtir

  43. Será que o Paisudam compra o goleiro do time adversário novamente? Como fez naquele ano em que comprou o Dida do independente, onde a diretoria do Galo impediu o mesmo de atuar naquela final e que logo apos a final foi para Paisudam onde ficou por 2 meses depois foi mandado embora, ele mesmo aquele goleiro da Tuna que entregou a bola nos pés do jogador do Paragominas decretando o segundo do PFC, fazendo esse jogar a segunda partida em Paragominas? será abre teu olho jacaré

    Curtir

  44. O título da coluna foi perfeito.. O Remo mandou no 1º tempo, teve um gol anulado em uma bela jogada de seu meio/ataque, mas não conseguiu ser objetivo… O Remo perdeu esse jogo, pra técnico, pela demora nas mexidas e, nos erros cometidos nos jogadores que saíram …

    PFC, por ser mais ousado, venceu com merecimento.

    NOTA: A ASSOREMO, juntamente com a vereadora Marinor Brito, estão numa campanha muito boa e que deveria ser apoiada por todos os torcedores do Remo, pedindo a renúncia imediata do CONDEL e do Presidente Sérgio Cabeça e com eleições DIRETAS JÁ, em 90 dias… Isso seria um marco na história do Clube e a certeza que o Remo teria um 2014, bem melhor…

    Arthur Oliveira, como falei aqui no blog, havia muito tempo, será o Candidato do torcedor à Presidência, assim como foi Vandick Lima no Paysandu e que todos nós defendemos a sua eleição..

    É bom os torcedores não acreditarem em radialistas que são conselheiros ou tem algum vínculo com o Remo, quando esses dizem que são a favor de eleições diretas no clube… Maior falsidade que essa, não há…

    Só os torcedores do Remo, só eles, é que querem eleições diretas no clube, o resto é conversa fiada, pra não bater de frente com o torcedor..

    Vai, Leão…

    É a minha opinião.

    Curtir

  45. ATENÇÃO EIS AQUI MINHA SINCERA HOMENAGEM AO VELHO REMISTA ROCILDO OLIVEIRA APÓS MAIS UMA FRUSTRAÇÃO CAUSADO PELO REMORTO A ELE A TODA IRMANDADE AZULINA

    ( MUSICA DE PAULO DINIZ : E AGOra ROCILDO?

    E agora, rocildo?
    A festa acabou,
    a luz apagou,
    o povo sumiu,
    a noite esfriou,

    e agora, rocildo?
    e agora, você?
    você que é sem nome,
    que zomba dos outros,
    você que faz versos,
    que ama, protesta?

    e agora, rocildo?

    Está sem mulher,
    está sem carinho,
    está sem discurso,
    esta sem divisão
    já não pode beber,
    já não pode fumar,
    cuspir já não pode,
    a noite esfriou,
    o titulo não veio,
    o bonde não veio,
    o riso não veio,
    não veio a divisão
    e tudo acabou
    e tudo fugiu
    e tudo mofou,
    e agora, rocildo?

    Sua doce palavra,
    seu instante de febre,
    sua gula e jejum,
    sua biblioteca arcaica
    sua lavra de fe,
    seu espeho mágico,
    sua incoerência,
    seu ódio – e agora?

    Com a chave na mão
    quer abrir a porta,
    não existe porta, nao existe luz no fim do túnel;
    quer morrer no mar,
    mas o mar secou;
    quer ir para A SERIE D,
    SERIE D não há mais.
    rocildo, e agora?

    Se você gritasse,
    se você gemesse
    se você tocasse
    a valsa vienense,
    se você dormisse,
    se você cansasse,
    se você morresse…
    Mas você não morre,
    você é teimoso! rocildo

    Sozinho no escuro
    qual bicho-do-mato,
    sem teogonia,
    sem parede nua,
    sem divisão
    para se enconstar,
    sem cavalo preto,
    que fuja a galope
    você marcha, rocildo !
    rocildo, para onde?

    Curtir

  46. Concordo com o Cláudio: a principal mudança no CR seria a realização de eleições diretas, o que SÓ É POSSÍVEL SE A TORCIDA DO CR PRESSIONAR. E isso acho que teria o apoio geral da imprensa, dando a cobertura, obviamente, e através de críticas, que já vêm sendo feitas. Se não tirarem os mandões, que querem que o clube não se profissionalize, pois não poderão mais
    roubar dinheiro via contratações, vendas e patrocínios, tudo continuara como está. E o CR caminha para DEZ ANOS SEM TÍTULO.

    Curtir

  47. Coitado do aposentado da 28, tá parece pinto na merda, fico imaginando ele no tempo do tabu 33, dizem q passava o dia todo chorando com as peias da mucura sem vergonha kkkkk ei da 28, diga 33 kkkkkkk

    Curtir

  48. Não creio que as eleições direta no Remo venham mudar a situação do clube. Qual a experiência do Arthur presidindo um clube? Quem serão os seus conselheiros? Além de time liso, com inúmeras dívidas. A diretoria deveria pensar em transformar o Baenão em seu verdadeiro CT, utilizando a área do antigo Carrosel para alojamentos, academia, centro de fisioterapia, etc…
    Quanto a eleição do Vandick está cedo para avaliarmos se a sua administração é perfeita. Ou será que apresentar o balanço financeiro (transparência) satisfaz a torcida? Um grande passo dado pela sua administração foi a renegociação das maiores dívidas. Além de disputar o Parazão com a base do ano passado, com isso conseguiu uma boa economia para utilização na série B, só está demorando para contratar. Mas torço para o sucesso e crescimento do clube, pois teremos mais recursos oriundos das cotas de TV e patrocinadores até o final do ano, os quais acredito serão bem adminstrados.
    Na verdade o Paysandú possui um grande grupo de diretores, com grande aporte financeiro, pessoas sérias e capaz, os quais pensam no bem do clube, não estão preocupados com a sua imagem junto a torcida. Ao contrário do Remo, que se perde em suas vaidades, além da ciumeira e intriga interna.
    Leão vai uma dica para montares teu elenco para 2015, não vai ter nada em 2014, manter: Jonhatan, Alex Ruan e Yan, resgatar Jaime e Reis, jogadores da base, posteriormente ir atrás de jogadores da base (de outros clubes) e regionais, além de contratar um técnico da região, afim de criar uma equipe competitiva e comprometida com o clube, já está bem claro que não adianta trazer comitivas de fora, chega de gastar dinheiro em vão. Estás bem próximo do fim.

    Curtir

  49. Prezado Biro, de cara, as eleições diretas acabam com a ciumeira dos dirigentes que você apontou, o que significa a desunião dos dirigentes do Clube,o que só atrapalha, e, segundo, pode trazer pessoas capazes de gerir o futebol e o clube como um todo, o que também significa dias melhores… Não foi a toa que o rival lutou pelas diretas e só a eleição do Vandick já mostra que a torcida tem vez no clube, o que já aponta para uma mudança de postura da direção do clube, porque agora a torcida tem peso na vida do clube, de fato. Só isso já é para se comemorar. É interessante você achar que eleições diretas no Remo vão dar errado e dizer que ainda é cedo para avaliar o Vandick, sua opinião é estranha, pra não dizer carregada de paixão clubística… O que funciona lá, funciona cá, eleições diretas e transparência em clubes de futebol não são novidade e onde essa forma de gestão é presente os bons resultados são mais frequentes e duradouros. Boa sorte ao Paysandu e, se não der certo agora, paciência, que a democracia é assim mesmo, pode não ser garantia de acertar, mas é garantia de tentar acertar a cada eleição.

    Curtir

  50. Ok, Lopes. Só que o Paysandú mudou o estatuto afim de permitir as eleições diretas dentro do clube de maneira rápida, e os dirigentes já vinham se organizando para este momento. O Paysandú conseguiu mesmo com uma minoria querendo derrubar.
    No caso do Remo, ouve-se que o estatuto já está elaborado e revisado pelo Benedito Sá, porém não se consegue nem avaliar a nova proposta. Percebe-se que somente a ASSOREMO está brigando por esta condição, e está correta em brigar, porém a torcida azulina deve se juntar a ASSOREMO para aumentar a pressão, pois não há interesse dos cardeais.
    Há minha dúvida é quanto a indicação do Arthur, será presidente ou será técnico? Esse é o risco.

    Curtir

  51. Acredito que será uma partida bem estudada da parte das duas equipes, pelas declarações do Charles o PFC irá tentar fazer o resultado em casa para decidir com mais tranquilidade em Belém. Da parte do Papão deve entrar em campo respeitando o adversário mas diferente do que aconteceu com o Remo buscará a vitória que é característico do time do Lecheva.
    Jogão!!!!

    Curtir

  52. É isso o que eu digo, deu a lógica. Paysandu e Paragominas são times entrosados. Paysandu com a base do ano passado, e o PFC desde a segundinha. São os times que têm mais tempo de preparação e entendo que isso fez a diferença em favor do PFC contra o Remo. Além disso, a direção do Vandick parece mais afinada com a torcida. No Remo foi o contrário, era a torcida que tentava se afinar com o time. A diretoria azulina parece ter assumido o papel de mero burocrata entre os dois, entre time e torcida, este é o perfil dos conselhos remistas, formam uma equipe às pressas pra vê se cola. O Vandick manteve a base porque a torcida quer um time competitivo na segundona, não há como ser às pressas, é preciso manter a base.

    Curtir

  53. Depois do que rolou naquele jogo com a Tuna, amigo Geo, duvido que os dirigentes do PFC vacilem nos bastidores.

    Curtir

  54. Com certeza, prezado Gerson, também acho muito dificil, coitada da aguia velha guerreira nao merecia isso.

    Curtir

  55. Gerson, no geral ele foi bem pra caramba…juntamente com os assistentes…é a arbitragem paraense em mais uma final de campeonato…tomara os dois jogos finais, a equipe de arbitros saia igual aos colegas domingo em Paragominas….ninguem notou nada nem viram o apito final…diria o ML, que beleza…….

    Curtir

  56. Depois das dispensas causadas pela morte precoce do finado remo,a Diretoria do clube achou por bém deixar somente o Capela,para realização da missa de 7º dia,convidando como celebrador o Sr Bispo,cedido amigavelmente pelo vizinho Papão ! A família agradece aos que comparecerem a esse ato de piedade cristã e pede desculpa aos milhares de torcedores que ja vinham sofrendo há 6 anos, sem parar !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s