Vote no mico da semana

Escolha seu King Kong preferido e defenda-o com unhas e dentes…

1) Torcida azulina, ainda chateada com a perda do primeiro turno, abandonou o time no jogo contra o Santa Cruz. As bilheterias do Mangueirão registraram pouco mais de 900 pagantes, um dos piores públicos da história do Remo. Vexame do Fenômeno Azul.

2) Goleiros Zé Carlos e Paulo Rafael, mais o zagueiro Wallace, quase saem no tapa no treino final do Paissandu para o jogo deste sábado contra o PFC. Motivo foi uma entrada dura de Zé Carlos em Wallace. A coisa esquentou porque Paulo Rafael tomou as dores do zagueiro. 

3) Boa Esporte, clube-empresa do interior mineiro que disputou a Série B 2012, anuncia publicamente o interesse em contratar o goleiro Bruno, que acaba de ser condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato da ex-amante.

15 comentários em “Vote no mico da semana

  1. É a 1, é um MANCADA, de fato, pois a torcida do CR, sempre fiel, cansou de derrotas e afastou-se do estádio. Acho que a 3 é PICARETAGEM. É algum esquema para beneficiar o Bruno. Mas é mancada também.

  2. A número 2, não pela briga, comum no futebol. Mas pela alegria que despertou entre alguns atletas, visivelmente felizes com a troca de sopapos dos próprios companheiros. Grupo rachado, como em outros anos.

  3. Remo é hors concours.Número 1 fácil.
    A três não é mico, faz parte do mecanismo de recuperação e resoccialização da pessoa que paga uma pena.Errar é humano,chances devem ser dadas para que a pessoa demonstre que aprendeu a lição.O jogador errou e feio,mas se cumprir sua pena com bom comportamento e for acompanhado sua recuperação ao sair para o semi-aberto ele deve ter sim uma oportunidade.

  4. Sinceramente, o sumiço da calcinha cor de rosa, do goleiro Zé Carlos, que deixou o mesmo irado, querendo de todas as formas recuperar sua peça de estimação, fzendo com que o mesmo de dedo em riste, culpasse o garoto da base Wallace, o que foi prontamente rebatido pelo goleiro do apinha Paulo Rafael, que partiu em defesa do Wallace,dando um murro no Zé Carlos, e esbravejando para todos ouvissem, que conhecia o Wallace, e tinha certeza, que ele não pegaria a tal peça cor de rosa, pois o mesmo no caso o Wallace, gostava mesmo de peças lilás. Corre a boca pequena nas redes sociais, que a peça foi retirada do armário do atleta, pelo Iarlei, porém como ele é o xodó da torcida do papinha, ficou o Zé Carlos de saia justa para cobrar do mesmo, com receio de represalia por parte da referida torcida. Achando então o mesmo, um bode espiatório na figura do Wallace, para descarregar toda sua fúria, em virtude do sumiço da estimada peça. Agora quem souber o paredeiro da mesma, por gentileza, postar aqui no blog do Gerson Nogueira,pois o goleiro anda muito sentido com o sumiço de sua estimada calcinha , pois segundo ele a mesma fora um presente de um amigo, quando ficou sabendo que o mesmo, viria defender o arco do bicholor paraense.

  5. O cara merece uma segunda chance, porque mora no Brasil. Gostaria que ele morasse em um país, onde as leis fossem um pouco mais rigorosas, e ele ficasse uns trinta anos trancados, sem ver a luz do sol no minimo. Lugar de assassino frio e calculista é longe da sociedade. Agora esse assassino, vai passar 3 anos, preso , vai ser liberado e estará livre, para curtir a vida ao lado de quem quiser, fazendo o que quiser, principalmente ganhando milhões, jogando futebol, pois ainda tem gente FDP, como esses diretores desse timeco de Minas, que pensam em dar uma segunda chance para esse camarada. O problema da segunda chance, é que a pimenta arde somente nos olhos dos outros. Perguntem a mãe dessa moça,se ela vai se sentir feliz, vendo o assassino de sua filha, livre pelos estádios de futebol do Brasil. E ai, ele vai aparecer com cara de anjo na televisão, se dizendo convertido e um Homem de Deus, e até mesmo pregando o evangelho, como faz o assassino de Daniela Perez Guilherme de Pádua. Nada contra a questão da pregação do evangelho, acho apenas que essa pregação, deveria ser no caso deles, dentro da cadeia por no minimo trinta anos, convertendo e trazendo para o lado de Deus, outros infratores que habitam o inóspito ambiente penitenciario e que certamente, precisam muito mais da orientação e da sabedoria dos homens seguidores da palavra de Deus, pois aqui fora, já temos homens e mulheres de verdadeira fé, com o coração e o preparo suficiente, para nos guiar no espinhoso caminho da vida, nos orientado e nos fazendo acreditar na palavra de Deus pai todo poderoso. Talvez até, seja um grande erro meu, porém ainda não consigo perdoar um assassino. Pois não entendo, como um homem possa ter coragem suficiente para ceifar , interromper a vida de quem quer que seja de uma forma tão brutal, tão animalesca.

Deixe uma resposta