2 comentários em “Samba na madrugada – Portela 1981, Dança que tá na roda

    1. Um dos meus favoritos, camarada Cássio. A começar pela interpretação, sem aqueles exageros que os puxadores costumam incorporar à canção.

Deixe uma resposta