Ecos do grande clássico

Por Aderson Vasconcelos (aderson79@hotmail.com)

Li sua coluna, como sempre faço, e ao ler a indignação do André Papão, percebo que esse problema piorou, pois da última vez que deixei o carro no estacionamento externo do Mangueirão e os “flanelas” estavam cobrando cinco reais (eles dão até ticket). Nessa ocasião demos três reais e o flanela nos olhou feio! Não sou contra os “flanelas” trabalhando em determinados lugares face ao trânsito caótico. Mas ali, no Mangueirão, com  PM pra todo lado!
Em uma das últimas partidas do Remo em que deixei o carro, simplesmente roubaram o “pneu socorro”. A sorte do “flanela” foi que só descobrimos no dia seguinte. No jogo seguinte, reconheci o mesmo e chamei ele relatando o problema e dizendo que o carro ficaria “sob a sua responsabilidade” novamente e se acontecesse alguma coisa com o carro…
Pergunta: Será que isso acontece com as bençãos da Polícia, ou melhor de alguns (os maus) policiais? Será que nenhum deles viu o “step” do meu carro sendo roubado?
O nosso carro agora fica fora do estacionamento externo do Mangueirão e está próximo de não irmos mais aos jogos. Estão nos vencendo!
Agora, Gerson, com todo respeito, mas com certeza todo mundo sabe dos problemas nos estádios em Belém, inclusive vocês da imprensa. Na entrada com as catracas quebradas, a apenas dois anos de quatro milhões “investidos” pelo governo do estado para receber a seleção brasileira,  o funcionário da catraca simplesmente estava ficando com os ingressos sem cortá-los e devolvê-los ao torcedor. Lógico que com o meu ele não ficou. Dá para imaginar o que ele faria em seguida. Isso é só um exemplo. Não vou nem falar da ação de alguns policiais além da lama por todo lado. Mas, porque a imprensa só fala do RExPA de uma maneira poética? Por que não se faz uma série de reportagens denunciando esses problemas para que o Ministério Público tome uma atitude enérgica, já que não podemos esperar nada de bom do governo? Será que é para não incentivar o público a ficar em casa (como já estou pensando em fazer) e de certa forma muita gente como “flanelas” e ambulantes entre outros, assim como vocês da imprensa dependem de 40 mil no Mangueirão por uma questão de trabalho?

20 comentários em “Ecos do grande clássico

  1. E há quantos anos está sem título,Cavalcante ?kkk

    Como disse em outro post,o torcedor paraense de BEM e HONESTO é tratado desrespeitosamente ao máximo,achincalhado e roubado ,em muitas vezes,e já merecia ser melhor tratado,pois já deu mostras de que merece,aliás,mesmo se não fosse tão fanático como é,deveria ser tratado de forma mais respeitosa por todos,desde às autoridades, aos organizadores do evento em si,pelo fato de serem cidadãos como quaisquer pessoas.

    Curtir

  2. O Pior é que foram descontados mais de R$247.000.00 da renda do jogo,é mesmo assim a torcida sofreu para conseguir entrar no mangueirão peguei um engarrafamento dos brabos desde a av,Júlio Cesar até o anel viário do mangueirão.a quem podemos recorrer?certa vez escutei que o sucesso tem vários pais e que o fracasso é orfão.talvez este provérbio se encaixe nesta situação.

    Curtir

  3. Remo COMEMORA13 ANOS de sua participação na série A(nem em sonho irão jogar novamente);COMEMORA 6 ANOS de sua participação na série B(provalvemente nunca mais participara);COMEMORA 5 ANOS de sua participação na série C(talvez na próxima década volte a jogar);

    Curtir

  4. Alguém sabe quando foi que a mucura levou de 9×0 pro Paulista?? tem que haver comemoração, afinal foi a maior vergonha dos times Paraenses, concordam? Ou foi a lanterna da terceira a maior vergonha?

    Curtir

  5. Qual o maior legado que um clube deixa para seus torcedores as vitórias ou titulos?vale a pena ganhar um rexpa e não ter divisão?se o torcedor bicolor pudesse escolher entre vencer o rexpa de sabado ou vencer o jogo contra o macaé e ter voltado para a série b o que ele escolheria?escutei um reporter dizer ontem na rádio que nao adianta ganhar do barcelona ou do real madri pois o importante seria ganhar o rexpa,francamente respeito a opinião de quem compartilha desta idéia mas entendo que o que importa são os titulos.

    Curtir

  6. O assunto abordado no texto diz respeito à todos nós, torcedores, que pagamos a conta do espetáculo!

    Ao invés de discutirmos isso, os retardados preferem se ofender, com essa briga imbecil, pra ver quem é menos sofrido!

    Não percebem que os dois times são no máximo médio-pequenos???

    O maior feito de um é participar de uma libertadores, onde a vaga veio em um torneio sediado em Belém, já que o mesmo jamais foi nem sequer razoável, jogando Série A e Copa do Brasil!

    O outro se vangloria de tabu.

    Vamos acordar … A única coisa de 1ª na dupla RExPA está nas arquibancadas! … E mesmo assim somos maltratados!!!!

    Curtir

  7. Bom vamos lá:
    FICHA TÉCNICA
    Paulista 9 x 0 Paysandu
    37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
    Data: 18 de novembro de 2006
    Local: estádio Jaime Cintra (Jundiaí-SP)
    Árbitro: Rogério Pereira da Costa (MG)
    Paulista: Victor (Robson); Marco Aurélio, Dema, Véber e Fábio; Vidal (Eduardo), Glaydson, Rodolfo, Marcelo Oliveira e Felipe; Vitor Santana (Leandro Alves) e Jaílson. T: Vagner Mancini
    Paysandu: Márcio; Marabá, João Paulo e Júnior; Oziel, Elson (Rodrigo Félix), San, Têti (Zé Augusto), Rogerinho e João Victor; Aldrovani. T: Sinomar Naves
    Gols: Dema (6/1°), Jailson (30/1°), Fábio Vidal (37/1°), Marcos Vinícius (45/1°), Jaílson (46/1°), Vitor Santana (2/2°) e Jailson (3, 16 e 32/2°)
    Cartões amarelos: Eduardo, Júnior, João Paulo, San, João Victor e Esquerdinha
    Cartão vermelho: Júnior

    Não acredito, até o Zé terçado participou dessa vergonha!

    Curtir

  8. Anderson muito bom este seu desabafo em forma de comentário, só discordo um pouco quando vc coloca na imprensa um fardo que ela já vem carregando. Precisamos não sei como fazer que os verdadeiros responsáveis tome providencias.

    E hoje pra mim o principal responsável chama-se Antonio Carlos Nunes, omisso em tudo.

    A saida deste cidadão da FPF e em seu lugar uma pessoa mais atuante e mais preocupada com o nosso futebol seria perfeita para que o secretário da Seel seja cobrado e olhe pro nosso futebol de forma como ele merece ser olhado.

    Vejam bem o caso da mudança do PaXRe, o que fez o ACN? Segundo um amigo policial aqui mesmo no Blog nem documentação a tempo é mandada pra PM, é muito descaso.

    Essas roubalheiras e falta de respeito aos torcedores em dias de jogos no mangueirão demonstra o quanto estamos abandonados, e o cara só sabe viajar( na maionese e na grana dos jogos).

    Curtir

  9. Exatamente Cavalcante,nunca ofendi ninguém aqui no blog e não aceito que este cidadão sr.Victor venha me derespeitar pois como vc bem citou estavamos tirando uma brincadeira coisa que é muito corriqueira por aqui.e ele veio usando estes termos chulos que em alguns casos merece até processo.

    Curtir

  10. Pessoal, nossa METRALHADORA tem que ser dirigida ao secretário de esportes e lazer (SEEL) e aos seus subalternos que são pagos para administrarem o estádio Mangueirão. Pergunta (eu realmente não sei a resposta !): não recebe o governo (SEEL ?) uma percentagem das rendas dos jogos lá realizados ?! Se sim, qual o seu destino ?! O dirigente do estádio GANHA (é remunerado !)
    para administrar o estádio e o quê se vê ?! Que há problemas para qualquer lado que se olhe, dentro e fora do estádio !!

    Curtir

  11. Isso mesmo Heleno e também tem que diminuir a cota da fpf de 10% para 5% que tá ganhando muito dos nossos clubes e ninguém sabe pra onde vai esse dinheiro!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s