Vocação para homenagear ditadores

20130127-010832

Por Roberto Vieira (do Blog do Juca)

Rodada dupla. Inaugura-se o novo Castelão. Símbolo dos novos tempos do Brasil varonil. Novos? Lá esteve a presidenta Dilma. Não. O Castelão não é homenagem ao ditador cearense Castelo Branco.

Castelo Branco que insistia em não ser ditador. Castelo Branco que legou uma ditadura ao país. O Castelão foi homenagem ao governador Plácido Castelo. Que não era ditador mas foi governante da ditadura em seu estado.

Quando os cearenses decidiram construir um mega estádio. Aproveitaram-se dos castelos políticos nos anos 70. E batizaram Castelão.

Curiosidade local. O outro grande estádio de Fortaleza se chama Presidente Vargas. Vargas que navegou nas rédeas do Estado Novo. Difícil entender.

Território libertário. Liderança da luta contra a escravidão. Belíssima pátria de Iracema e José de Alencar.

Por que será que o Ceará batiza seus Coliseus com nomes inóspitos? Não se sabe. Mas lá se foi mais uma grande oportunidade. De mudar a história nas velas do Mucuripe…

3 comentários em “Vocação para homenagear ditadores

Deixe uma resposta