9 comentários em “Capa do Bola, edição de terça-feira, 15

  1. Gerson

    O que se pode destacar de ontem foi a garra e a determinação dos atletas.O futebol é surpreende,o atleta que jogou bem ontem pode cair de produção e o que jogou mal pode melhorar.Como sou um remista ressabiado,prefiro conter minha empolgação e esperar até o final do turno,mais vejo uma esperança nesse time.

    1. Acho que prudência é fundamental, principalmente quanto ao Remo, amigo Marcelo. De fato, algumas atuações às vezes são puro fogo de palha. Já vimos isso inúmeras vezes.

  2. O futebol é apaixonante. O cabra estava no banco e de lá saiu para fazer um golaço (um tanto quanto espírita) e se transformar de pronto em novo xodó da galera. O Branco que saiu resmungando teve que se calar ante as evidências.
    O nosso Thiago Costa, se viu o jogo de ontem, deve ter aprendido o que um zagueiro sem recursos deve fazer com a bola se estiver pressionado: mira a arquibancada e chuta prá lá. Ontem era cada enxadada uma minhoca.
    Já o goleiro Evandro, talvez movido por alguma mágoa, pisou feio na bola. Se não tem intimidade com o verbo, é melhor ficar calado do que falar besteira. As vezes verdades ficam melhor entre quatro paredes.

  3. Eu lembro de “gol espírita” e “gol besta” no P Q P e no Jornaleco do Comendador do Ordem da Gran Cruz do Macaco Torrado mas acho que o Evandro foi feliz ao pisar no brio dos jogadores e assim provocar uma revanche de arrepiar, em breve.

  4. Quem é Evandro?
    Um goleiro que por duas vezes fez cera no jogo tem a cara de pau de vim a público falar isso? se é fraco não precisa fazer cera né goleirinho?
    As vezes mentiras são ditas em público e os invejosos de plantão são os primeiros a acreditar.

  5. Esse filme já ví pelo menos umas 6 vszs ! E no final,não conto o resultado por que todos já sabem ! Aí seria marmelada misturada com goiabada ! Por que então,tanta empolgação com uma simples vitória ? Parece que ainda não se acostumaram !

  6. Uma coisa ninguém pode negar, o que sobrou no pessoal no remo (disposição) faltou nos nossos do PSC domingo, por isso o empate e vitoria azulina.

    Também vi um preparo físico muito bom do time remista isso é de se elogiar.

    RRamos

  7. Não empolgação nem fúria no meu comentário, apenas respostas diretas a quem no início de um campeonato já se acha o Nostradamus da hora e fica falando sem critério nenhum, apenas por falar. Não fiquei aki criticando o time listrado apenas porque empatou a sua primeira partida em casa, até porque o jogo inicial é sempre complicado, e não há como dizer que um time vai ser campeão tendo como base uma partida apenas.

Deixe uma resposta