A frase do dia

“Não pensei em pedir demissão antes ou depois deste jogo. E não tenho medo em perder meu emprego. Por que eu teria? Isto é futebol, e futebol não tem memória”.

De José Mourinho, técnico do Real Madri, depois da derrota de 3 a 2 para o Málaga, que praticamente alija os merengues do título espanhol.

12 comentários em “A frase do dia

  1. Ah, futebol não tem memória?!
    Então, o portuga mala pode já pegar o boné e se mandar… Porque até agora só o que ele fez foi levar um couro atrás do outro do arqui-rival Barcelona, inclusive um vexatório 5×0, e não chegou sequer a uma final de Champions, título que realmente importa para a diretoria merengue, enquanto o clube catalão nada de braçada no futebol mundial. E olha o tamanho dos gastos em contratações… Clube mais perdulário, não deve existir…
    Não tem memória? Então, meu caro, já passou da hora de ser mandado embora, porque resultado efetivo mesmo, até agora, é zero!!!

    1. Fica a impressão que Mourinho está preparando o clima para sair, amigo Israel. O Real não conseguirá o bicampeonato e ele vem sendo assediado para retornar ao Chelsea, jornais ingleses vivem noticiando isso.

  2. Gerson, some-se a isto os afagos entre Mourinho e Sir Alex Ferguson, pois o escocês o vê como um substituto ideal para comandar o Manchester United e as próprias e constantes declarações do lusitano, que ainda na Internazionale (e no Real Madrid) sempre frisava o desejo de voltar ao “fantástico futebol inglês”, segundo ele.

  3. Verdade Gerson, eu vi em um programa de esportes de canal fechado, justamente sobre este assunto. Falam, dizem, cantam na Inglaterra, que o Mourinho está de passagem marcada para retornar a terra da rainha….

  4. “la misteriosa madre que parió a Mourinho”, reportaje de la vallisoletana virginia lópez rodríguez en crónica de el mundo (pedro j. ramírez)

  5. José Ramón de la Morena ha elogiado a Diego López…..¿Luis Herrero Tejedor y José Luis Garci? ¿Todo lo contrario?

Deixe uma resposta