As chances de Papão e Águia

Por Gerson Nogueira

Chegou a hora da contabilidade. Todo mundo de calculadora em punho para avaliar as chances que Paissandu e Águia têm de passar à próxima fase da Série C. Ambos empataram na rodada, mas os bicolores conseguiram se garantir no G4 e os marabaenses caíram para a sétima colocação.

Curiosamente, os dois representantes paraenses jamais conseguiram se desgarrar na fase classificatória do campeonato. Sempre estiveram mais ou menos próximos, alternando posicionamento, embora o maior investimento do Paissandu justificasse uma expectativa maior quanto ao seu desempenho.

A essa altura, porém, diante de tanta indefinição, ninguém pode se considerar tranquilo. O Águia tem a chance de garantir a classificação nas duas partidas que restam. Para isso, precisará derrotar Treze (fora) e Santa Cruz, no Zinho Oliveira.

O caminho do Paissandu é, em tese, bem menos atribulado. Até com uma vitória sobre o Salgueiro, no próximo domingo, a vaga pode ser assegurada, bastando para isso que dois de seus adversários diretos (Icasa, Santa Cruz e Águia) tropecem.

A trajetória oscilante de quase todos os times do grupo – Luverdense e Fortaleza são as exceções óbvias – não permite que se faça projeção segura. Todos os planos podem se inverter de repente diante de uma derrota marota ou empate fora de hora.

Com base no retrospecto recente e no momento vivido pelas equipes, Santa Cruz, Salgueiro e Águia parecem menos credenciados para encarar as duas rodadas decisivas. Icasa e Paissandu, pela sequência de resultados,  evidenciam ligeira evolução. Mas, como o campeonato tem mostrado uma forte tendência à gangorra, é prudente não arriscar prognósticos.

Fatores como gana, fôlego, força e velocidade podem desequilibrar na reta final. O Paissandu valente, que ressurgiu nos instantes finais do jogo com o Cuiabá, demonstra sob o comando de Lecheva estar mais identificado com os anseios da torcida. As desconfianças quanto ao potencial do time ainda existem, mas a disposição dos jogadores é evidente.

—————————————————————

No tempo do ronca

Estranho hábito de andar para trás esse que nossos dirigentes cultivam. A notícia de que o Paissandu pagou bicho pelo empate em Cuiabá é daquelas tão absurdas que parecem saídas do túnel do tempo. O pagamento de gratificação a atletas profissionais só se justifica se estiver atrelado a um programa de metas.

É correto gratificar pela classificação à próxima fase ou pelo acesso à Série B, mas dar gorjeta por empate que não garante nada é perpetuar o atraso. Depois reclamam quando a cuíca ronca…

—————————————————————

Para mostrar serviço

O amistoso acontece bem cedo (9h), mas a boa atuação do Japão contra a França de Didier Deschamps serviu para motivar até torcedores mais descrentes com a seleção de Mano Menezes. A correria que o time japonês imprime ao jogo pode ser um bom teste para o ritmo que o Brasil vem mostrando. E não vale comparar com os amistosos recentes, verdadeiras garapas contra China e Iraque.

Kaká, a grande novidade do grupo atual, tem oportunidade de mostrar que a evolução apresentada no Real Madri é de fato pra valer. A ridícula pelada contra os iraquianos não serve como referência.

Mano, satisfeito com a agenda generosa de amistosos, não deve se iludir com a aparente trégua. Assim que a Seleção voltar a jogar no Brasil a torcida vai cobrar mudanças. À medida que diminuir o prazo para a Copa começar, a grita vai aumentar. Tenho sérias dúvidas se ele resistirá ao primeiro semestre de 2013.

————————————————————–

Alívio na Segundinha

O esquisito sorteio para definição das semifinais da Segundinha do Parazão 2013 acabou saindo conforme a expectativa de alguns interessados ilustres. PFC (Paragominas) e Santa Cruz de Cuiarana, times que investiram alto em contratações, eram os favoritos desde o começo do torneio, mas acabaram se enroscando com adversários mais modestos.

Quis o destino que a bolinha da sorte impedisse um confronto direto entre ambos nas semis. Ananindeua vai encarar o Cuiarana e o Izabelense desafia o PFC. Ainda bem que o esdrúxulo regulamento não permite a compra de mando de campo, como ocorreu na primeira fase. Desse modo, o equilíbrio de forças fica preservado.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta terça-feira, 16)

24 comentários em “As chances de Papão e Águia

  1. Do jeito que o vento está assoprando a favor, basta torcer para ganhar domingo. Nação bicolor tem todos os motivos do mundo para quebrar o record de público da série C. Vamos lá galera!

  2. Não ficando só na promessa, pagar bicho não é tão absurdo assim, afinal esse empate foi importante, mas o salário tem que ser pago antes da última rodada para evitar descontentamento. Sabe como é né?

  3. Nem vou assistir essa pelada da seleção, afinal tempo é dinheiro e não posso me dar ao luxo de vonjutamente vadiar.

  4. Acredito, Gerson e amigos, que o Paysandu poderá jogar até por um empate contra o Icasa, se este não vencer o Fortaleza e, apenas Santa Cruz ou Águia, ou os dois, não vencerem seus jogos. Continuo dizendo que o pior para o Paysandu, é o Águia vencer o Treze, pois vai decidir em casa.

    – Já sou contra, pagamento de “bicho”, por vitória, ainda mais quando se paga “bicho”, com os salários atrasados, aí é demais..

    – Vamos ver como se comporta a Seleção do Mano, com uma seleção, ao que parece, bem melhor..

    – Bolinha da sorte… Essa foi boa, amigo Gerson…rsrs

  5. Sobre a calculadora, fiz um comentario depois do empate em Recife contra o Santa. Na ocasiao, escrevi que com esse resultado e com a derrota em casa para o Fortaleza, o bicola nao se classificaria, porque esses pontos fariam falta. Anotem.

  6. Fortaleza fará seus 2 últimos jogos, contra equipes Cearenses. Pega o Icasa-CE, no domingo e, no outro domingo, enfrenta o Guarany de Sobral. Se quiser, dará o acesso ao Icasa, por antecipação e poderá salvar o Guarany-CE, do rebaixamento…. Eu hein..

    Guarany 2 x 0 Treze, ontem, acabou com as esperanças do Treze de classificação. Poderá perder seu técnico, muito contestado por seus torcedores, (Marcelo Vilar está no clube há 4 anos), ainda hoje, o que pode ser ruim para o Águia de Marabá e muito bom para o Paysandu.

  7. Engraçado e até atípico, ver um remista malhar o próprio clube. Eu hem! Quando penso que já vi tudo, mais surpresas aparecem.

  8. Vamos lá pessoal, todos empolguem seus amigos e conhecidos, convidem para tomar aquela cervejinha e em seguida rumar para a batalha.

    Vamos juntos com força e confiança, apoiar do início ao fim e acreditar, pois o Águia e o Santa vão empatar então com nossa vitória já vamos para a última rodada classificados.

    R Ramos

  9. O jjss555 é muito pessimista, se for torcedor do time lá do Baenão justifica pois há muito que de lá só vem desgraça, se for torcedor do Paysandú tem que acreditar mais. Eu mesmo após muitos fracassos do time havia jogado a toalha, mas depois observando os jogos da série C num todo, não só o grupo A, percebi que havia uma luz.
    Eu acredito sim na classificação do Paysandú e já nesta rodada.
    Não acredito que o Fortaleza vá abrir mão da liderança podendo pegar um adversário menos qualificado no mata-mata para classificar o Icasa, lá a rivalidade pega, e também não pode fazer mais nada em favor do rebaixado Guarani.
    Vale lembrar que o jogo do Luverdense contra o Santa no Arruda, vai ser com casa cheia. O Luverdense vai ser um adversário muito difícil para o Santa que até agora não convenceu ninguém!
    O Águia com o histórico de não vencer fora de casa e o desespero do Treze para não cair faz por si só um duelo bem indigesto para o time de Galvão.
    Por isso acredito que o PAPÃO DA CURUZÚ, classifica já neste domingo.
    É ganhar e ganhar!
    BOOOORA PAPÃOOOOO! RUMO A CLASSIFICAÇÃO!
    obs: O único adversário do Paysandú é ele mesmo, por isso tem que jogar focado em conseguir um único resultado que é a vitória!
    Como seria bom a diretoria pagar a rapaziada!

  10. Postei antes do jogo contra o Treze que o PAPÃO precisaria de 7 a 8 pts para se classificar.Muitos inclusive o amigo Columbia insistiam que seriam mais pontos, mas é que há de se contabilizar que os adversários perdem pts.Postei ontem, ante-ontem e repito hoje se vencer,e vai vencer, o Salgueiro se classificará.No máximo talvez precise do empate contra o Icasa o que é plenamente possível.

  11. Esse recurso do “bicho” é muito usado no futebol paraense. Os clubes recorrem a ele não porque estejam nadando em dinheiro, mas por não terem condições de pagar os salários. Sem arrecadações e com patrocínio bloqueados, resta empurrar com a barriga, pagando migalhas aos atletas e esperar que eles não se rebelem, nem façam corpo mole. Infelizmente, esta política nunca deu certo.

  12. Tirando uma de adivinho! Poderemos ter 2 jogos de compradres na última rodada, Icasa x PSC e Salgueiro x Cuiabá, empurrando Águia ou 13 pro buraco, mais pro13, pois o Águia deve ganhar ou empatar.

Deixe uma resposta