Mourinho quer Kaká no terceiro mundo do futebol

O desejo do técnico do Real Madrid, José Mourinho, em não contar com Kaká no elenco é algo claro desde a temporada passada. Mas, em sua edição desta segunda-feira, o jornal espanhol “El País” detalha um processo de fritura do português para que o brasileiro deixe a equipe. A publicação revela que o tratamento do técnico ao jogador já deixou de ser frio e agora é quase que um assédio para que ele saia.
Nos últimos dias, Kaká não foi sequer relacionado para o banco de reservas para os jogos contra Barcelona, pela Supercopa da Espanha, e Getafe, pelo Campeonato Espanhol.
A cada treinamento na pré-temporada da equipe, o treinador aumentava a aspereza no trato e pouco se esforçava para uma boa relação. Logo na apresentação da equipe, o brasileiro fez questão de sorrir e desejar bom dia. Mas Mourinho já estava impaciente. Em um treino, chegou perto do brasileiro e perguntou de maneira seca: “O que pensa sobre seu futuro?”. Kaká disse que queria continuar. E isso irritou ainda mais o treinador.
O jornal diz que o brasileiro está convencido de que o treinador o maltrata para que saia do clube por vontade própria. “Ele é uma pessoa muito má”, disse Kaká a um de seus amigos, segundo a publicação. O El País diz, no entanto, que Kaká evita o confronto com o técnico e opta pelo sorriso a cada vez que Mourinho o maltrata. “Mas o brasileiro é religioso fanático, não se permite discutir ou insultar”, diz trecho da matéria.
É clara a percepção do elenco de que o português força a saída do brasileiro. “Mourinho o tratou como um inútil”, disse um companheiro do brasileiro ao jornal espanhol. Uma conversa entre os dois e mais o pai do jogador, Bosco Leite, teria sido o estopim para a péssima relação. A publicação relata um diálogo em que o pai de Kaká indica que Mourinho dá preferência a jogadores de seu agente, Jorge Mendes, e o clima esquenta. “Não consegue perceber que não quero contar com você?”, indagou Mourinho a Kaká. O brasileiro fez cara de espanto e disse que não.
“Não pensa em fazer nada para retomar sua carreira?”, perguntou o treinador. Então, o pai do jogador teria dito que para que ele saia teria que receber o que o Real deve. Mourinho retrucou. “Seu filho aqui atrapalha meu projeto”, falou.“Seu projeto e o de Jorge Mendes”, rebateu o pai do atleta.
A conversa esquentou até que tivesse acusações mais graves, não reveladas pelo jornal. Mourinho teria oferecido duas saídas para o brasileiro: ou voltar para o Brasil ou jogar nos Estados Unidos. (Do Uol Esportes)

14 comentários em “Mourinho quer Kaká no terceiro mundo do futebol

  1. Esse idiota do Mourinho é uma versão brasileira do Édson gaúcho, onde os treinadores só percebem que não são donos dos clubes quando pegam um pé na bunda e bem dado.

    Daria razão pra ele não querer o Kaká em seu projeto, desde que os demais jogadores desse time sejam todos melhores do que ele, será que o cara é o mais ruim do grupo?

  2. Se o Mourinho o quer no terceiro mundo do futebol, então que o mande para o Paysandu! Acredito, que ele será muito bem vindo por nossas bandas, irá tomar muito açaí do grosso, irá comer muita maniçoba, é tomara muito tacacá….

  3. Pode ser em qualquer atividade, quando o chefe implica com o funcionário, é melhor deixar e sair, procurar sua melhora e deixar o destino cuidar de tudo, se fosse eu saia e deixava na mãe de Deus!

  4. Só por causa do Mourinho, hoje em torço para o Barcelona! O treinador fresco, tendencioso, paneleiro………3 a 1 para o Barça, com três gol do Messi e um do Pepe para o Real…

  5. Enfim o Real Madrid conseguiu vencer o Barcelona no Santiago Bernabeu por 2 a 1, em um jogo que o “antipático” Mourinho conseguiu da um “nó-tático” no treinador do Barça. O Real Madrid conseguiu segurar o impeto do Barcelona na primeira etapa e conseguiu ir para a segunda etapa já com o placar construído e poderia ter sagrado-se campeão com um sonora goleada, mais os seus atacantes titubearam e facilitaram em algumas ocasiões a defesa para o goleiro “frangueiro” Valdez do Barça. Mais valeu para o espetáculo, é o Barcelona já da mostras de que não e mais o mesmo de outras temporadas, com sorte o Barça ainda e o melhor time do mundo apesar de está em processo decrescente.

  6. Ei Gerson, quem ensinou o louco do Maicossuel a bater pênalti lá no Botafogo? Poxa, o mesmo entregou a classificação do time dele (Udinese) ao tentar cobrar a penalidade da mesma forma que o Loco Abreu e o Alex Willian do Papão cobram, com a famosa cavadinha. Acabou se dando mal, o mesmo fez a cavadinha e o goleirão do time português agradeceu o presente e saiu para a galera.
    O ex-botafoguense merecia o famoso SAMBA de seus companheiros de time. Te contar!

    1. Ele não era batedor de pênaltis no Botafogo, amigo André. Basta olhar as fichas dos jogos do Bota no período em que ele esteve no clube.

      1. KKKKKKKKKKKKKKk

        Eu sei que não Gerson! Mais com certeza ele deve ter se espelhado no Loco Abreu, é deu no que deu! kkkkkkkkk

        Jogador mandracke este Maicosuel, que pensa que e um cracasso e não passa de um perna de pau…Bem feito pra ele, agora ele deve ser colocado no tucupi pelo técnico de sua equipe.

      2. Não penso assim. Perdeu um pênalti, mas tecnicamente é um jogador de bom nível, como tantos outros exportados pelos clubes brasileiros.

Deixe uma resposta