11 comentários em “Pelo Pará unido

  1. Meu caro Édson, atendi a pedidos de paraenses que vivem fora do Estado e até do Brasil, ansiosos pela campanha de resistência à ameaça de esquartejamento do torrão natal.

    Curtir

  2. Belíssima interpretação de Leila Pinheiro. Sem estardalhaços, estridências e gritos. Um primor de leitura de um sentimento identitário baseada na elegância e dando um toque de civilidade à barbárie brega das peças publicitárias do NÃO. O resto é mensagem vazia e sem conteudo. Esse é o principal problema da campanha André. A mensagem não tem consistência. Não debate ideias, mas apela ao ataque gratuito. Hoje, os dados apresentados em relação à distribuição do fundo federal foi o ponto alto e diminui o impacto dos argumentos semi-falaciosos (bem concatenados, porém) do SIM. O problema é quando segue a linha agressiva e despolitizada do Orly que mantém o padrão ufanista e piegas do jatenismo e do duciomarismo. A onda agora é desqualificar os políticos, como se na campanha do NÃO não houvessem políticos como protagonistas. Segundo essa lógica, por trás dos interesses do SIM está a “elite” representada pelos “políticos”. Não diz quem é essa elite e quem são esses políticos que tanto atacam. Portanto, galera do oeste e do sul do Pará, vocês são todos da elite e são políticos interesseiros. Nós do NÃO somos exemplos de integridade e honestidade. Francamente! Apesar dessa campanha tosca, vamos lá: 55.

    Curtir

  3. Valeu Gerson! Ja enviei o endereco para os conterraneos que vivem aqui na Georgia, muito boa essa do parazinho com 17% e 5 milhoes de pessoas sem as riquezas, acredito ate que aqueles que pensam em votar no sim agora vao mudar de ideia, 55 neles! jo postei na minha pagina do facebook pra todo mundo ver.

    Curtir

  4. Valeu, Gérson. Agora a gente pode ver o que tá acontecendo mais de perto. Agora, eu tou preocupado, não gostei desse programa. Acho que o o marqueteiro Orly tá mirando somente no Estado do Pará remanescente achando que o importante é o resultado, apesar de tudo. Mas eu não concordo que a discussão seja por aí, já que se a riqueza hoje é do Pará, ela é de todo mundo e dos 3 estados também, se tão falando que a riqueza do estado do Pará será “roubada” pelos demais estados por permanecerem no nosso deles, significa que hoje está sendo feito o contrário. Acho que não é por aí. A questão central é que é melhor desenvolver e mais barato com o Estado junto, o dinheiro que entraria para sustentar a máquina pública dos três Estados, se fosse utilizado para investimentos na educação, saúde e geração de emprego, seria muito melhor pra todos e não vejo previsão de crescimento de PIB só pela criação dos novos Estados. Aliás, só vejo de um jeito: desmatar tudo pra botar soja e fazer pasto, que é a minha maior preocupação.
    Abraços.
    PS: Acho que seria interessante pra discussão o programa do SIM tb.

    Curtir

  5. Eu to muito confortavel,Sou paraense, meu titulo de eleitor é agora esta no amapá mas se fosse votar com o a emoção votaria NAO; mas se for pela razao votaria SIM. So tem um problema: ESSA DIVISAO TA DESIGUAL. REALMENTE HA COISAS ESCONDIDAS ATRAS DISSO. MUITO ESTRANHO. O SISTEMA POLITICO DESSE PAÍS E SAFADA, F… O POVO PRINCIPALMENTE. NAO ME CONSIDERO ELEITOR NEM PRA VOTAR PRA CARGOS ELETIVOS. NAO QUERO MAIS ELEGER UMA CASTA. POR ISSO DESTRUO AGORA O MEU TITULO. FAÇA O MESMO.

    Curtir

  6. Não satisfeitos com o desmatamento que provocaram e com os bois que engordaram e outras vantagens politicas que conseguiram
    os aventureiros querem meter a mão em outras riquezas. paraenses. NAO, não conseguirão. O NAO é um dever histórico. O “sim” é o engodo dos modernos “caramurus”. O interessante é que quando desmembraram o estado de Goias muitos aventureiros preferiram permancer em solo paraense.

    Curtir

  7. Gostei dessa tua Gregório, mas lembra da párabola do filho pródigo?
    E outra coisa tu podes me responder quem são autores do projeto separatista e quem fez estes mapas, onde o Pará ficaria Parazinho?

    Moza… pois é, um sujeito que nem paraense é quem quer nos separar na marra, é a mesma coisa do vizinho chegar na sua casa ( ou na minha, sem ofensas ) e determinar que nos separemos.

    Curtir

  8. PARÁ igual ao Remo , SEM DIVISÃO.
    Sou bom de matemática e sei que 3 está para 5 (MEIA DÉCADA) assim como 2 está para 1 e na minha matemática NÃO entendo como esse AXIOMA negativo servirá de multiplicador e assim haverá MAIS(?).Pode até aumentar o FPE, mas haverá tbm os impostos e outros NEGATIVOS.Enfim cá entre nós porque esse sujeito não DIVIDE outros estados ?Que interesse há em dividir o PARÁ? Certo que há outros estados na mira dos esquartejadores , mas o interesse DELES É NO PARÁ.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s