Coluna: Escaramuças e factóides

Nos últimos dias, a frase célebre (e cínica) tem sido repetida com incrível freqüência e acerto. Nada pode ser tão ruim que não possa piorar. A diretoria do Paissandu, que se esmera em complicar o simples e atrapalhar a própria caminhada na Série C, desatinou de vez depois da derrota em Rio Branco.
O que restava de lucidez parece ter evaporado nas últimas 48 horas, num sintoma de que o alegado planejamento para conseguir o acesso à Série B não passava de bravata. Diante da primeira grande dificuldade, o clube entrou em curto-circuito. Dirigentes esqueceram até de pagar as passagens aéreas para o retorno da equipe a Belém.
Enquanto a delegação permanecia na capital acreana, já havia diretor convidando o veterano Zé Augusto a assumir a função de técnico ao lado de Lecheva. O convite, não oficial, foi depois retirado. Roberto Fernandes desembarcou ontem à noite em Belém falando ainda como treinador, mas foi avisado que o clube já tinha contratado um substituto. 
A contratação pode ser para um jogo só. Pouco importa. Aparentemente, apesar de todos os sinais em sentido contrário, dinheiro não é problema. Ou seria apenas a busca desesperada por factóides para desviar o foco da crise?
O fato é que Edson Gaúcho assume às cegas. Seu perfil não é o mais recomendado para o atual momento. Ganhou fama, inclusive na Curuzu, mais pelo temperamento rude, que não poupa ninguém – repórteres, jogadores, subordinados e até dirigentes –, do que pelo currículo.
Depois de demitido por Luiz Omar Pinheiro, ficou sem treinar clubes nos últimos três anos. A exceção foi o Criciúma, por curtíssimo período. Cabe dizer que o treinador deixou Belém culpando a imprensa pelos maus resultados e disparando críticas pesadas contra o próprio presidente do Paissandu. Pelo visto, os desaforos já foram devidamente esquecidos.
Por questão de justiça, não se deve jogar sobre os ombros de Gaúcho a responsabilidade pela salvação da pátria. Ele encontra um elenco dividido, desestimulado por atrasos salariais e emocionalmente alquebrado.
Como a maioria dos atletas (16) foi indicada por Fernandes, o novo xerife precisará debelar insatisfações e trabalhar duro para levantar a auto-estima do grupo. Tudo isso num prazo de cinco dias. Gaúcho é disciplinador, põe banca e sabe enquadrar a tropa, mas não faz milagres.
 
 
Rafael Oliveira passou maus pedaços sob o comando de Gaúcho no Paissandu. Discutiu feio com o técnico e acabou indo jogar em Pernambuco. Pelo bem geral da nação, espera-se que o treinador tenha mudado seus conceitos sobre o melhor atacante do time.
 
 
Roberto Fernandes teve aproveitamento regular em jogos, mas sua breve passagem foi insatisfatória para as necessidades imediatas do clube. Foi derrotado apenas três vezes, mas sofreu revezes importantes. Perdeu o Estadual para o Independente e deixa o time em situação delicadíssima na Série C. Trouxe uma legião de reforços, porém se perdeu no apego a algumas preferências pessoais (Charles Vagner, Jean, Luciano Henrique e Josiel). Não deixa saudades, mas não foi o único a errar – teve a companhia luxuosa de uma diretoria quase sempre omissa e ausente. 
 
(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quarta-feira, 14) 

37 comentários em “Coluna: Escaramuças e factóides

  1. Caro Gerson, ouso discordar de você:

    1.Não houve “maus resultados” na passagem de Gaúcho pelo Paysandu. Houve sim uma única derrota, fora de casa, resultado perfeitamente normal. A campanha do Paysandu naquele ano era muito boa. EG caiu por pressão injusta da imprensa que havia perdido suas regalias e que tanto tumultua o ambiente no clube.

    2. Entendo que o perfil disciplinador e motivador do EG é sim apropriado para o momento, quando os jogadores precisam de alguém que lhes inspire a dar o último gás em prol do time.

    3. EG foi um dos que mais se preocupou em lapidar o Rafael Oliveira, dando orientação, exigindo que ele voltasse aos estudos etc. Mas a eterna promessa preferiu não abraçar a oportunidade.

    4. É por isso que a volta de EG foi comemorada pela maioria da torcida.

    Abs.

    Curtir

  2. e verdade amigo victor agora e deixar o EG trabalhar para mim ele foi melhor tecnico que o papao teve nos ultimos cinco anos e penso que ele deve fazer parte do planejamento pro ano que vem. mais uma coisa eu sei com esse maluco no comando nao vamos chegar a lugar algum.a imprensa nao quer o bem do futebol paraense entao e melhor ela começar a campanha #FORA LOP#.#FORA LOP# SO ASSIM ELE CAI

    Curtir

  3. Sinceramente, Gerson e amigos, se o Paysandu tivesse dirigentes que entendessem de futebol, já fariam um contrato a longo prazo com o Edson Gaúcho. Garanto que ele e o Sinomar vendo a segundinha do Parazão 2012, o Gaúcho traria muitos mais jogadores interessantes para o Papão e, formaria um time barato, mas com qualidade e conjunto, preparando o mesmo para 2012.É aquilo que sempre falo: Uma coisa é o Sinomar, Charles, Jhones(com aquela agenda), Lucena, Fran… assistirem a segundinha e, outra é um Edson Gaúcho, Giva, Ademir Fonseca,… Assistirem a mesma competição.
    – Remo e Paysandu, são grandes e precisam de grandes técnicos em seus comandos, com tempo e condições de trabalho, farão esses clubes ganharem tudo. É a minha opinião.

    Curtir

  4. Égua sorteio de passagem, essa eu nunca tinha visto, quatro passagens pra mais de vinte pessoas, kkkkkkkkkkkkk e só botar no colo que vem todo mundo, kkkkkkkkkk, testinha com 33 anos acabou com o fregues, égua esse 33 me persegue.

    Curtir

  5. Desfecho previsto (a não classificação) por um pretenso planejamento que, em ultima instancia, foi minado com maior velocidade por uma questão básica : O pagamento dos salários (atrasados) dos jogadores. Lembram o caso daquele jogadopr patoteiro, com passagem por Coríntians e campeão mundial com a amarelinha que deu cambalhota na rampa do Palácio do Planalto-DF. Quando no Flamengo, ao ser questionado por repórter sobre os maus resultados e atuações dos jogadores, mesmo com salarios atrasados, literalmente, disse : “Eles (Diretores Fla) fingem que me pagam, eu finjo que jogo”. Semelhante o caso do Pay. Em 14.09.11, Marabá-PA.

    Curtir

  6. É que o escritor desse blog só ouve falar e publica sem ter certeza do que escreve. A triste realidade da medíocre e pobre imprensa esportiva de Belém. Por isso que o esporte paraense está nessa merda profunda.

    Curtir

  7. Zé Mané, ninguém te obriga a entrar no blog, quer ler só notícia boa do teu timinho então entra no site dele.
    Tudo o que está escrito no post é a pura realidade, acontece que fanáticos como vc não querem enxergar.

    Curtir

  8. Espero que esta seja publicada até por ser esclarecedora, mas acompanhando o pensamento do Fernanes Filho vou também me ausentar deste espaço por algum tempo. Primeiro porque cansei de tanta incompetencia e desmando no clube que eu ví jogar partidas memoráveis nos anos de 2001 a 2003 e não é cabível faze-lo de tranpolim para vaidades pessoais. Gosto do Paissandú como gosto das coisas que respiram vida e isso não occorre mais no Maior clube paraense. Esse ano foi o pior desempenho do LOP e após repetidas vezes o desfecho é o mesmo com a situação agravando cada vez mais. Vai chegar a hora, sem demora, que o clube bicolor estará na mesma situação do rival, falido. Outra razão é a desconsideração com minha pessoa por conta do titular do blog, coisa que eu não consideraria tão agravante se houvesse o mesmo tratamento para com aqulees que atualmente se comportam muito mais ofensivos e com direito de participação em tempo real. Como ninguém me deve e eu não devo a ninguém, saio de cabeça erguida, porque realmente o tempo desgasta quando certas situações não são bem conduzidas. O futebol paraense perdeu a força e se o Paissandú não seguir para a outra fase da C, imagino um 2012 desestimulado para todos, inclusive imprensa.

    Agradeço a Deus a oportunidade de interagir com os bons amigos virtuais e aos tresloucados desejo de melhoras.

    FUI…

    Curtir

  9. O futebol paraense hoje é isso, bagunça. Depois alguns consideram descaso com Belém em não sediar a Copa. Paciência, vamos enxergar o nariz para saber até onde temos direitos de certas exigências. Rouba governador, rouba prefeito, roubam vereadores, roubam presidentes de clubes e até nossa paciência é extorquida. Alguns vão perguntar, mas em outros estados também acontece isso, concordo, mas fazem alguma coisa, aqui nada, basta ver a situação dos clube e comparar Belém com a de 20 anos atrás.

    Curtir

  10. O povo aumenta, mas não inventa. A impresa faz parte do povo. Parece que EG já vem com a proposta de projeto 2012, é o que mais se houve falar no esporte paraense. Seria uma atitude pensada com relação a este treinador que já provou passar chuvas em clubes? É por aí, uma decisão repentina de um dirigente que já fez tantas besteiras sem ouvir conselhos ou ignorá-los.

    Curtir

  11. Apesar da situação, aind acredito que o PSC se classifica. Vejamos. O Águia é o único time que não ganhou jogo fora de seus domínios. Vai precisar ganhar, para se classificar. Por mais que algunas acreditem que o empate basta. Não acredito. O PSC deve fazer os quatro gols no Araguaina.

    Curtir

  12. Caro Berlli, com todo respeito, mas sua saída neste momento difícil para o Bicola parece uma rendição. Os bravos resistem até o fim, já ensinava o velho cowboy John Wayne.

    Curtir

  13. Fico impressionado com sua capacidade crítica, corajoso comentarista anônimo. A cartolagem incompetente deste Estado concorda inteiramente com suas palavras.

    Curtir

  14. Quando você fala de forma tão entusiasmada de Ademir Fonseca e do Maçaranduba, fico ainda mais certo de sua generosidade, meu amigo Cláudio. Acredite, essas duas malas são bem piores (e mais caras) que todos os treinadores regionais juntos.

    Curtir

  15. Caro GN, justiça se faça o RF só perdeu 2 partidas e ambas fora de casa, e não 3 como o nobre escriba postou. Agora é que sabemos porque o time não produzia, por falta de combustível, nem um fusca anda sem ele, e o LOP haja a esbravejar que estava tudo ok! E os puxa-sacos dele dizendo amém, ou eles não sabiam que os sálarios estavam atrasados? Te contar!

    Curtir

  16. kkkkkkkkkkk…Se o time dele passar pra outra fase, ele volta correndo…Vai dizer que sempre acreditou no time no presidente…Mas ó…Quando sair…Não esquece de fechar a porta dos fundos tá?…Até segunda sofredor…kkkkkkkk

    Curtir

  17. Gérson, o questionamento feito por você de que seria apenas a busca desesperada por factóides para desviar o foco da crise? Eu tenho absoluta certeza de que foi isso que aconteceu. Não há necessidade de provas testemunhais ou outro tipo de comprovação. Os fatos falam por si só. Deixar de organizar uma viagem de ida e volta para R. Branco é um absurdo, incompetência pura e clara. As explicações foram as mais singelas que existem, inclusive um jogando na costa do outro. Esse sim, seria o fato da
    semana. Pra desviar o foco, foram orientados a fazer o que fizeram, tirando de cima deles a pecha de incompetentes, despreparados e irresponsáveis, transferindo para o combalido RF e outros o fracasso,( segundo eles), contra o Rio Branco. Agora eu pergunto: Pra ganhar do Araguarina precisaria de novo treinador e dispensar jogadores? A resposta é NÃO. Perder para o Rio Branco seria um resultado normal ou você Gérson e amigos do Blog, acham que não?? Não ganhamos deles em R.Branco desde 1991, mas nem levo em consideração este ano, pois só de 2007 pra cá que temos nos encontrado nessa série C. O problema é que poucos,talvez o único na imprensa a levantar essa bola do factóde foi você. Modéstia a parte, ontem aqui no blog fiz esta afirmação também.
    PS: quanto ao que disse o Carlos Junior, ele tem razão quanto a briga Edsom Gaúcho X imprensa. Toda vez que as regalias são retiradas a turma corporativamente se rebela.Isso é o resultado dessa relação vergonhosa entre setoristas X clubes. as emissoras deveriam fazer rodízio e não manter os mesmos.

    Curtir

  18. Caro amigos, vou entrar na discussão!!! Penso que o Roberto Fernandes chegou com “moral” aqui, por ser um técnico renomado, no nordeste, principalmente, em Pernanmbuco. E acima de tudo, um técnico caro; se considerarmos o custo x beneficio do mesmo, era desvantajoso sua presença na equipe. Pelo tempo que ficou aqui, já era pro paysandu ter um padrã de jogo, coisa que não viamos. Pelo contrário…e olha que não faltou “treinos secretos”…
    E mais: ele teve toda liberdade do mundo para formar o elenco atual…com “moral”, dispensou e contratou..e ai, penso, que houve o primeiro erro…o LOP, LOURO, FRED, deveriam investigar o momento do jogador a ser contratato. Se o fizessem, provavelmente não teriam cometido a mancada de terem contratado Luciano Henrique e Josiel. E olha que nós estamos acostumados a errar (Fábio Baiano, Luis Mário, Fábio Oliveira). Mas também, penso que a dificuldade de escalar a equipe, também passa pelas limitações de eças no elenco, fruto da má montagem do mesmo…se formos pensar…o robinho ainda não jogou o que jogava no cametá; o potiguar desde que veio da china ainda não jogou o que sabemos que ele sabe; o sandro não aguenta mais os 2 tempos; o juliano est[á sem ritmo de jogo; o luciano henrique tá “matando” e por ai vamos…
    O que temos que fazer é torcer por uma vitória domingo, uma derrota do aguia, nossa classificação, e em caso de contratação (e precisaremos de muitas, pelo menos, umas 5), que estas sejam com critério…
    Diego Gonçalves.

    Curtir

  19. Quanta falta de criatividade meu amigo.Todo dia vc fala a mesma coisa.Parece com seu time, na repetitividade de campanha ruim.Todo ano a mesma coisa,só faz cair,Esse ano, não caiu,porque não teve capacidade para competir. Aí fica gozando com a dos outros,.

    Curtir

  20. Na minha opinião, deveriam fazer um time com jogadores daqui da região, importava somente três estrangeiros, até o técnico deveria ser daqui, as despesas seriam menores, e acabariam com esse disse-me disse!
    PS: Gerson o nome correto é “PAYSANDU”

    Curtir

  21. Caro Amigo Gerson Nogueira, concordo com você, e acho que dessa vez o EG ta com uma “batata assando” nas mãos, mais devemos admitir que todo esse desempenho desastroso do Paysandu deve-se a Diretoria toda e o antigo treinador (Roberto Fernades), nessa covardia sem fim, de sempre escalar o time de retranca. Foi a pior sensação que tive como torcedor do Paysandu, ao vê o comentarista da TV do Acre, e a torcida do Rio Branco, diminuirem tanto o Paysandu, a que ponto chegou o futebol paraense, onde pra ganhar do Rio Branco parece ser algo inatingivel, um time com medo, e o pior é saber que o unico naquele time do estrelão que jogou tudo que sabe foi o Testinha, no mais nada de brilhantismo, um time comum, só que com muita vontade de vencer.
    Vou continuar a torcer pelo PSC, mais se existe justiça no futebol, quem merece se classificar é o Aguia, pois não tem medo de vencer, quando perder acaba sendo uma consequencia e não um objetivo.

    Curtir

  22. Amigo, esse papo eu ouço a trezentos anos e ate hoje, nunca vi acontecer na prática. E melhor deixar quieto, pois aqui na nossa região, temos a cultura de trazer jogadores de outros estados, é não de dar chance aos da região.

    Você pensa, que o Remo vai ficar com esses jogadores da base no próximo ano? Jamais amigo, quando o regional começar, eles já terão outros jogadores de fora do estado, treinando no campo deles.

    Curtir

  23. Qual é Carlos, você não aguenta uma pressão. Será que só agora percebestes que teu time é pequeno e que a fase de títulos comprados já passou. Não fuja camarada o blog é de informação mas também é de diversão o problema e que alguns que aqui postam levam para o caminho errado da ofensa pessoal e isso é até covardia pois ninguém aqui se conhece pessoalmente para julgar os outros.
    Não se afaste não, vamos continuar as encarnações do RExPA afinal futebol é sinônimo de alegria do povo.

    Curtir

  24. Cada um pensa do jeito que quizer! Mais, jamais largarei essa luta, porque, se eu não lutar pelo que gosto e amo, quem vai faze-lo???

    Se o companheiro decidio largar a bandeira na sarjeta, o que posso dizer e, que tenha fé, força, tenha saúde para conseguir ver novamente o clube amado no lugar que merece estar, que e na primeirona, algum dia, quem sabe logo, possamos ver novamente o nosso estádio Mangueirão mais uma vez, abrigando jogos de primeira divisão do nosso querido e inigualavel Paysandu Sport Club, o maior vencedor de titulos da região norte.

    Curtir

  25. Malas podem ate ser Gerson! Porém, são extremamente mais competentes doque os nossos regionais que não ganham nada, não manjam nada, é não passam de maricas nos momentos mais criticos.

    Acho ambos citados, como “malas” tiveram coragem de bater de frente com a intocavel imprensa paraense, que no meu entendimento a anos, vem mandando e desmandando nos abestados dirigentes. Mais não sei com quais finalidades, pois se os clubes estiverem na pindaiba, não terão motivos e nem noticias para públicar aos leitores e telespectadores, me desculpe agir novamente dessa forma.
    Mais o pior cego, e aquele que não tem interesse nenhum de enxergar! Eu tenho vontade, porisso estou pondo para fora todo meu descontentamento com a atual realidade, não que a culpa seja 100% da imprensa, mais ela também tem muita culpa no cartório, assisti a um programa esportivo local, que alguns jornalistas, estavam falando desse assunto, justamente à respeito do Thiago Potihuar, onde se auto-intitularam como incentivadores de idolos, acharam que o Thiago era o novo Messe ou novo Neymar, mais hoje estão reconhecendo o erro.

    Curtir

  26. Sofredor o indômito bicolor Berlli? Acho que estás endereçando uma postagem à pessoa errada. Em tempo: é melhor sofrer vendo o time do coração jogar, mesmo que tropegamente, do que sofrer por não saber se seu time do coração ainda existe… ou se é uma vaga lembrança!

    Curtir

  27. O assunto é mais velho do que a fome e foi criado pelos picaretas que assumem os clubes em busca de lucro, votos ou exposição pública. O problema é que a imprensa, André, não é perfeita. Afinal, é feita por homens. O problema, camarada, é que jornalista ou radialista não contrata 20, 25 pernas-de-pau por torneio! Quando a imprensa faz críticas, cumpre seu papel e isso deveria ser compreendido e estimulado. O problema é que, durante anos, a cartolagem se acostumou com bajulação de maus profissionais e a empolgação canina do torcedor mais fanático. Quando alguém ousa falar de forma mais incisiva, eles se revoltam, arrancam os cabelos e não assumem as responsabilidades. Além de medíocres, são frouxos, meu caro. Quer um exemplo? Esse mesmo presidente do Paissandu, num momento de crise no campeonato estadual, resolveu aumentar o preço dos ingressos para se livrar da presença da torcida na Curuzu. Não foi só isso. Passaria horas citando as lambanças que esses caras cometem, alegando amor pelo clube e atribuindo culpa a todo mundo sempre que as coisas saem do trilho. Se o Paissandu não se classificar, LOP e os lacaios de sempre irão sair em busca de bodes expiatórios – árbitro, técnico, jogadores e imprensa, claro. Afinal, como muitos pascácios acreditam, cartola nunca erra. Te dizer…

    Curtir

  28. Me desculpa, mais nao colocarei acentos, porque o meu teclado desconfigurou e nao sei reprogramar o mesmo!

    Quero lhe dizer, que entendo perfeitamente suas colocaçoes a respeito desse bando de incompetentes, essa turma do LOP. Mais o que nao posso aceitar, e que se eles sao errados, aparecem outros para protagonizar mais erros ainda, tem muita gente boa na imprensa, ao contrario doque se ve e se tem nos clubes. Mais tambem tem uma banda podre dentro da imprensa, que ao inves de ajudar de alguma forma os nosso clubes da capital, preferem jogar mais gasolina no incendio meu amigo! Sao essas coisas que eu nao concordo, existem coisas podres, que e melhor ficar debaixo do tapete, doque serem mostradas ou televisionadas, tornando as mesmas manchetes de jornais e noticiarios. Minha opniao, espero que me conpreenda…Ate amanha, to com muito sono! Boa noite a todos e fiquem com Deus….

    Curtir

  29. Já me referi a isso em outro post, meu caro Manoel. Concordo quanto aos excessos em alguns comentários, mas, desde que não contenham palavrões ou ofensas à honra de alguém, evito a censura. Acredito na triagem natural por parte dos próprios frequentadores deste espaço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s