Com susto no final, Paissandu vence Cametá

Foi um jogo de intensa movimentação, ataques de parte a parte e sete gols marcados. Apesar da vitória do Paissandu por 4 a 3, o Cametá fez uma boa apresentação e vendeu muito caro a derrota. Curiosamente, os atacantes Leandro Cearense, do Cametá, e Rafael Oliveira, do Paissandu, marcaram três gols, cada. 

No primeiro tempo, o Paissandu teve maior presença ofensiva nos minutos iniciais. Logo depois da saída de bola, o lateral esquerdo Bryan completou para as redes uma grande jogada de Tiago Potiguar. O gol foi anulado, por impedimento, mas demonstrou a voracidade dos bicolores. O primeiro gol veio aos 12 minutos, em lance individual de Rafael Oliveira, que entrou na área, foi à linha de fundo e bateu colocado no canto oposto ao do goleiro André Luís. A vantagem entusiasmou ainda mais a equipe de Sérgio Cosme, que continuou em cima da defesa do Cametá em lances de Tiago Potiguar, Rafael Oliveira e Mendes.

Aos 25, afastado da área, Mendes lançou bola pelo alto buscando alcançar Rafael Oliveira. O zagueiro Pedro Paulo cabeceou erradamente para o interior da área. Sandro recebeu o “presente” e tocou na saída do goleiro, marcando o segundo gol. A partir daí, o Paissandu limitou-se a controlar o jogo no meio-de-campo, tentando bloquear os perigosos avanços de Robinho e Leandro Cearense, os dois principais jogadores do Cametá.

De tanto insistir, o time visitante descontou o placar numa jogada despretensiosa, aos 36 minutos. Leandro Cearense tentou fazer um cruzamento na área, a bola resvalou no zagueiro Cristiano Laranjeira e enganou o goleiro Nei. Logo em seguida, Mendes recebeu passe na intermediária e quase surpreendeu André Luís com um chute violento, que passou rente à trave. Aos 45 minutos, Rafael Oliveira puxou contra-ataque rápido e tocou para Sandro, que entrava livre na área. O volante chutou, mas a bola foi longe do gol.

O segundo tempo começou com o Cametá buscando o empate, mas logo aos 2 minutos quase Mendes ampliou com um cabeceio por cima do gol. Na jogada seguinte, Paulo de Tárcio quase marcou batendo na saída de Nei. Logo depois, Cassiano aproveitou a distração do goleiro e quase completou para o gol. As jogadas agudas se repetiam e Sandro desviou de cabeça por cima da trave um cruzamento certeiro de Mendes.

O Cametá ia todo à frente, puxado por Robinho e pelos laterais Américo e Mocajuba. Mas um contra-ataque fulminante do Paissandu resultou no terceiro gol. Billy lançou Rafael Oliveira, que dominou a bola, driblou um zagueiro e bateu forte, sem defesa para André Luís. O terceiro gol desnorteou os cametaenses, que um minuto depois permitiram o avanço de Potiguar até a pequena área. Depois de dar um corte em Américo, ele passou para Rafael finalizar. A bola tocou em Pedro Paulo e entrou mansamente no canto direito de André Luís.

Com 4 a 1 no placar, parecia que o Paissandu estava com o jogo inteiramente dominado. Ledo engano. O Cametá não desistiu do ataque e, após várias tentativas, chegou ao segundo gol, aos 43 minutos. Leandro tabelou com Wilson e foi passando pelos zagueiros até ficar diante do goleiro Nei. Pressionado por Ari, tocou rasteiro. Um golaço.

Três minutos depois, após cruzamento de Romeu, o Cametá encostou ainda mais no marcador. Leandro Cearense recebeu livre na entrada da área e disparou para as redes, deixando o jogo em 4 a 3. Pela disposição das equipes e a acomodação do Paissandu nos minutos finais, o resultado foi justo.

A renda foi de R$ 52.278,00, com público pagante de 3.577 torcedores. Com 942 credenciados, o público total chegou a 4.519. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)

19 comentários em “Com susto no final, Paissandu vence Cametá

  1. – Ficou claro agora que o jogo de quinta-feira passada só serviu para iludir o torcedor do Paysandu. Aquele bisonho time da Tuna fez o bicolor parecer uma “máquina”. Até a defesa (sofrível), pareceu boa. Mesmo o preparo físico da equipe deu impressão de ser excelente.
    – Excluindo o jogo contra o pífio time da Tuna, a defesa do Paysandu nunca leva menos que dois gols por jogo, média preocupante para o nível do nosso futebol.
    – Quando marcou seu gol, Sandro já nem tinha mais forças para voltar (a TV mostrou). Ao final do primeiro tempo, tirou a camisa e o imenso barrigão saltou para fora. É o nosso Ronaldo. Como deixam entrar em campo?
    – Tiago Potiguar é outro caolho em terra de cego, assim como Moisés e Saci. Foi uma sumidade diante da Tuna, mas diante de um adversário mais qualificado, pouco fez…
    – Critica-se muito a condição física dos pequenos, mas, convenhamos, a preparação física do Paysandu é horrível (Billy deixou o jogo de hoje com câimbras). Que teria acontecido se o Cametá fosse um pouquinho melhor condicionado?
    – A Tuna é tão horrorosa que não consegue ganhar nem do pior time do campeonato, o S. Raimundo.

    Curtir

  2. Como o Gérson disse no Bola na Torre de ontem, o Cametá é o melhor time do interior, sem dúvida alguma. Diferentemente de você, meu caro Antônio Lins, acho que o problema mor do Paysandu é a dupla de Zaga com o Ari e o C. Laranjeira, que estão como um verdadeiro queijo suíço deixando-nos preocupados. Porém penso que o resto do time está indo muito bem (pelo menos até agora) neste início de temporada. Sandro com barrigão? Desde quando ele chegou no Paysandu no ano passado ele já tinha aquele barrigão, mas mesmo assim sempre ajudou muito com o seu toque de bola refinadíssimo; o Tiago Potiguar não fez nada? Apenas aquele meio gol para o Rafael Oliveira. Enfim, é claro que o Paysandu sempre pode melhorar, e isso é uma obrigação de qualquer time de futebol, porém até agora o time do Paysandu (exceção feita ao Ari e Laranjeira) vem se saindo muito bem nos jogos.

    Curtir

  3. Eita torcidinha que se diz fiel, com apenas isso de publico? fala sério hehehe

    Enquanto isso na vitória do Leão em Castanhal, tinha mais torcedor do Remo do que o do proprio time da casa.

    Curtir

  4. Sinceramente, Gerson e amigos, mas o que pude perceber do jogo do Papão, é que ele ganharia o jogo na hora que bem entendesse. Ao fazer 4×1,os jogadores começaram a pensar no REXPA, que ninguém quer ficar de fora, daí se aproveitou o Cametá, para diminuir o placar. Sandro, saiu, pra se poupar para o clássico, assim como o Potyguar e muitos jogadores que “tiraram o pé”. Acredito que o Paysandu está sobrando nesse campeonato. Gostei do garoto Billy, de novo e, o Rafael Oliveira, que vem subindo de jogo pra jogo. Domingo teremos um excelente Clássico.

    Curtir

  5. Apenas aquele meio gol para o Rafael Oliveira ??

    Acho que você deveria dizer: Apenas aquela falta que ele, Tiago, fez para sair o gol de Rafael Oliveira ? Esse gol saiu de uma jogada ensaiada do arbitro com o potiguar, entada bem o jogo, para às conclusões.

    Curtir

  6. Claudio,

    Tudo bem que, o teu genótipo clubista é embaçado, mas, daí induzir aos bicolores declarados que o Paysandu ganharia o jogo a qualquer momento, é o ápice do exagero.
    Domingo, ao chegar em casa, ligo a TV, sintonizo no canal 7 e ta passando o 2º tempo do FLA, então procurei o 13 e lá passava Corinthians X Palmeiras, passei para o canal 2, neste passava o 2º tempo de Paysandu X Cametá.
    Por dois motivos assisti, Paysandu X Cametá: 1º porque sou paraense e numa condição de escolha, sempre priorizo o que é da minha devastada terrinha e, em 2º, para constatar o que estava levando a crônica esportiva e parte da “torcida” a considerar o Paysandu o grande favorito.
    Ao termino do jogo uma conclusão espantosa: sou azulino até a alma, mas não quero comemorar uma vitoria sobre uma caricatura de time como esse que atuou diante do Cametá. Portanto, parem com essa loucura. O Paysandu foi um time ridículo, sem alma!

    Curtir

  7. Assisti todo o jogo, amigo Falconi e, o que deu pra perceber, foi isso. Falei, antes de começar o campeonato que, tanto o Paysandu, como o Remo, estavam montando bons times, mas, destacava mais as contratações do Paysandu, pela qualidade técnica e experiência, dos jogadores contratados. Por isso, esses dois clubes estão sobrando nesse campeonato. Agora, veja a diferença nas contratações dessesdois time:
    – O Remo, está a procura de um centro avante e, dizem seus dirigentes, que está difícil, pois não tem bons jogadores disponíveis e, trás o Ró, para ser essa solução. O Paysandu, na hora que sentiu essa necessidade(isso foi bem depois do remo), partiu para contratar um atacante e, trouxe o Mendes. Vou te contar.
    – Não fosse por ser um clássico(onde jogador treme, perde a cabeça,…), diria, sem medo de errar, que o Paysandu seria favoritíssimo, no domingo.

    Curtir

  8. Jogando para o gasto ou não, mais 3 pontos e lider. É justo pelo que tem feito até qui, muito pouco para suas tradições. Deve aborrecer muito azulino o favorotismo que a ele é confiado, embora reconheça que é melhor que o time funesto, mas sem disparidade. Quanto ao público, não há motivos para tanta preocupações dos sem série, no final da competição terminamos sempre na dianteira, confirmando sua condição de maior e de dar a virada.

    Curtir

  9. Os torcedores do Leãozinho estão em órbita por conta da vitória inesperada sobre o Castanhal. Justiça seja feita e compreensão é preciso.

    Curtir

  10. Sem zaga e sem cobertura fica dificil sustentar um placar. Com os volantes presos em seu campo pelo ataque do Cametá o Paysandu ficou sem saida de bola eo Sandro (apesar do goal) escondeu-se. Gosto muito do Potyguar na frente (sendo lançado) usando da velocidade e da habilidade que possue. Faltou-lhe lançador (Alex Oliveira).
    Discordei do técnico Sergio Cosme quando disse que o seu time desinteressou-se pelo jogo e veio a reação adversária.
    O Papao marcou seus goals em momentos de superioridades do Cametá. O Paysandu não tem jogado bem mas tem vencido com placar folgado. Os fins justificam os meios ? No futebol sim.

    Curtir

  11. Foi sem dúvida a pior partida do Paysandu em 2011, e se quiser melhor sorte domingo vai ter que melhorar bastante.

    O miolo de zaga é horroroso. Esse Ari acha-se o xerifão quando na verdade não passa de um “bate pau”. O tal do Laranjeira é muito fraco. Que saudades do Paulão e do Camilo.
    O Paysandu terá sérios problemas se os erros de posicionamento não forem corrigidos.

    A propósito, o primeiro gol do Cametá não pode ser atribuido ao centro-avante que visivelmente tentou colocar a bola para quem estava entrando e o nosso exímio cabeceador Laranjeira a enfiou fora do alcance do goleiro.

    Curtir

  12. Saulo;
    Esse classicozinho a cujo te referes, com menosprêzo, é simplesmente o mais jogado do mundo; não é o melhor do mundo, tenho certeza disso, mas, é o NOSSO, DAQUI, DO GRÃO PARÁ!!!!!!
    DA AMAZÔNIA!!!!!
    Não precisamos gozar com o dos outros, cabeça subserviente!!!
    te orienta!!!
    BABACA!!!

    Curtir

  13. Eu sei que é um clássico, mas pela bola que os dois jogam ultimamente é CLASSICOZINHO. Papãozinho: 3ª divisão, leãozinho: 4ª divisão!

    Curtir

  14. Aos que acreditam no ranking caduco da CBF, ai vai uma mostra da realidade da ultima década. MORRAM DE INVEJA!

    Fonte: Portal ORM, 07/02/2011

    Paysandu está na lista dos melhores da década na América Latina.

    Entre os 184 times relacionados no ranking dos melhores da América Latina na década de 2000 a 2010, o Paysandu é o único representante do Norte do Brasil. O material foi divulgado nesta segunda-feira (7) pela IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol), órgão reconhecido pela FIFA (Federação Internacional de Futebol).

    O Papão ficou com 322 pontos, sendo o 24º melhor colocado entre os 31 brasileiros, que teve como principal representante o São Paulo, segundo colocado geral, com 1.939 pontos somados. O melhor time da América Latina foi o Boca Júniors, com 2.095 pontos.

    Entre seus critérios, o ranking da IFFHS computa 14 pontos para cada vitória em jogo de Libertadores e quatro pontos para os triunfos no Campeonato Brasileiro da Série A.

    Curtir

  15. Rapaz, eu nem perco mais meu tempo discutindo quem é o maior clube do Norte.
    A superioridade do PAYSANDU é tão grande que não tem o menor cabimento qualquer ilação sobre isso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s