7 comentários em “Capa do Bola, edição de sábado, 6

  1. Sinceramente, mas não acredito que algum desses seja pior do que o LOP. Se for para o bem do Paysandu, que eles se candidatem e ganhem essas eleições e, que no meio deles tenha pelo menos um, preocupado com a parte administrativa do clube, para que o mesmo cresça, também, administrativamente, haja visto que, no Remo, tivemos que esperar 106 anos, para que isso acontecesse, mas no final, não deixaram o clube se soerguer, graças a inteligência dos ” Cardeais”. Boa sorte a eles.

  2. SE o leilão da área que chamam de ‘carrossel’ viesse a quitar as dívidas do Remo até não seria ruim. O problema maior é as administrações que virão. Dentro de alguns anos, tudo estaria igual ou pior. Transparência nas contas, com divulgação periódica nos jornais, honestidade, profissionalismo, são algumas coisas que o Clube do Remo precisa para voltar a ser grande no cenário Norte e Nordeste.

  3. Oposição é necessária em qualquer segmento e parecer ser esta encabeçada por Ubirajara Lima, propícia. LOP já posta de ditador e isso não é bom para o clube.

  4. Não sou contra a disputa no papão, mas sinceramente, eu gostaria que fossem pessoas novas (não necessariamente de idade), com ideias atuais, que tragam profissionalismo e modernidade ao papão.

    Essa volta ao passado me deixa um pouco preocupado pois o papão enfrenta problemas até hj em virtude das enormes dívidas deixadas pelas gestões passadas.

    Essa velharada definitivamente não me agrada. fico pensando se nas duas últimas décadas esses senhores fizeram alguma reciclagem profissional que os qualificassem para administrar um orçamento de um clube profissional como o do payssandu.

  5. Excelente notícia. O que mais vale nesse caso não é somente o fato de uma nova chapa fortalecendo assim a democracia e as discussões dentro do clube, mas sim a qualidade da equipe que se formou para a “oposição”. Agora, é sempre bom lembrar que em período de eleição os clubes ficam tumultuados com tanta gente querendo aparecer e depois de certo tempo todos acabam sumindo, tomara que não seja o caso dessa equipe. E viva o Papão.

  6. Ausencia de oposição não é nada bom. Num pleito democrático a presença de opositores fortalece o processo. O bom é bater chapa e o clube sai ganhando.

Deixe uma resposta