23 comentários em “Capa do DIÁRIO, edição de quarta-feira, 20

    1. Ei amarelão! Não seja hipocrita de falar que não foi gasto dinheiro com a nossa segurança pública, o problema e, mesmo com todo aparato adquirido pelo sistema de segurança pública de nosso estado, o indice de bandidagem tente a crescer não so aqui, como no Brasil é, no mundo a fora. Agora você vem com essa critica.
      Outra coisa, muita gente não quer, um governador, que ao invés de está trabalhando pelo povo, fica pescando em areas de preservação ambiental, pelo simples fato de ser o governador do estado, sai fora Jate-ve, você e sua turma de sangue sugas.

      É PT DENOVO, POR MAIS 4 ANOS! TEM DE NOS ENGOLIR…

      VAMOS GANHAR PT!!!

    1. Amigo o problema não e a policia e, sim nossas leis que não servem para nada! Deveriam rever essa nossa constituição brasileira, so serve para amparar bandidos! Te dizer…

      1. Calma Abdré!!! O Cesar falou política podre. Ele não disse polícia podre!!!
        Talvez a política pública de segurança no Pará também seja podre !!!! Isso não tem nada haver com Constiuição proteger bandido. Vc me parece ser petista (logo de esquerda, imagino) não faz sentido o que disse. Nossa CF é uma das mais modernas do mundo ocidental!!!! Na área de direitos individuais então é exemplar!!!

  1. Na opilitica brasileira as decisões são de cima para baixo e acabam gerando situações desagradáveis, embaraçosas. Exemplo, Ciro Gomes bateu forte em Michel Temer e o no PMDB obrigando Dilma a dizer que não esconde o seu vice (Temer) nas aparições de campanha. O PT parece que tem outra opiniao sobre o Dr. Temer

  2. SOBRE as multas, eu mesmo fui vítima de um guarda inescrupuloso, porque o ignorei. Em lugar de uma infração leve, o dito aplicou-me uma multa pesada, lançando informações inverídicas. Se tivesse parado para ‘conversar’ com ele, não seria multado.

  3. Porque vcs nao falam nada sobre o atraso de 3 meses no salário do jogadores do Águia de marabá. será q estão esperando o águia ser eliminado pra botar isso como desculpa.

  4. Simão Lorota, recebe o apoio de juvenil, que com certeza não fará diferença nenhuma para o barbicha de bode.

    E Ana Júlia 13 e, PT saudações!!!

  5. Jatene de nariz empinado, evitando o odor do aperto de mão do Judas! E para completar, uma figura sensível, alegremente batendo palma. Mais parece a mucura de salto alto.

    1. O lorota torce pela “maracajá velha” em extinção, lembrem de 2005 e os ingressos doados via Luiz “Novelino” Araujo.

  6. Esse bar bicha é espertalhão. Gosta de pregar pegadinha, como ele fez com a Maria do Carmo, perguntado o preço da passagem de ônibus, como se o pleito fosse para a frefeitura. Ela não sabia e pimba. No dia seguinte os ignorantes diziam. “Elanão sabe isso, como pode ser governadora”. Assim ele está fazendo com a Anajúlia. Ela não sabe explorar sobre as antenas da Cultura que dava A Liberal e ainda por cima pagava 200 mil mensais, assim como pagava anualmente ao grupo Leberal 5o milhões anuais a titulo de propaganda, mas na realidade era para não falar mal de seu governo, assim como nas entrevistas, as perguntas eram de comum acordo. O cabra é esperto e surper ativo. O caso dele são números. Tô fora. Temos que avaliar as propostas.

    1. Caro Luiz, o esquema pegadinha-pra-fazer-bonito-em-debate é próprio dos tucanos, que capricham nos números (de preferência, uma enxurrada, para confundir todo mundo), tão ao gosto da patuléia. E a governadora realmente vacila em não mencionar as inúmeras falcatruas do período, entre os quais se inclui o absurdo caso do contrato com a Cultura.

  7. E para completar o PT traz marqueteiro de fora, que não conhece em nada da nossa realidade. Assim aconteceu com Mário Cardoso. E também essa fala mansa que não é característica do PT, e na qual até o Edmilson está seguindo. Eu até já escrevi para o blog dela, mas ninguém segue. Não sei por quê?

    1. Luiz Andônio, não te parece a jornada do Dunga na Copa – ao não ouvir os torcedores (no caso os militantes)? Se dependesse de mim, deviamos bater duro nesse farsante embromador.
      Só no Pará pra esse tipo de gente (pede voto pro povo e atende os interesses das elites carcomidas) ainda ter voto!!!!!.

  8. É isso aí Vicente. Esses marqueteiros pensam que sabem tudo, e deixam de lado aqueles que conhecem e querem ajudar. Acusações, o povo não quer. Ele quer propostas viáveis, sem exageros. Ela ficou na mão do PMDB, que agora a abandona. Todos sabem que esse partido é de aluguel. O pior é que ela tem tudo na mão e o marqueteiro não sabe usar, talvez por não conhecer o eleitorado local. E também porque brigou com a Liberal. Lembro que há 4 anos o cabo eleitoral recebia um cheque exclusivo para compra de voto no interior.

Deixe uma resposta