47 comentários em “Capa do Bola, edição de quarta-feira, 20

  1. Não concordo com o LOP, mais uma vez vejo que, ele irá mandar embora todos os jogadores, sob essa alegação de quem não sabe perder! Minha opnião…

    Vamos tentar denovo papão! Ano que vem tem mais do mesmo.

  2. Andre concordo com o LOP sim , pois a semana toda os jogadores só falavam em premiação , se vc foi na curuzu viu a apatia dos jogadores, sem raça, sem fibra , sem garra , sem vontade nenhuma de vencer , time anemico sem sangue algum.

    Obs: Com certeza o Bruno Rangel tá nesse meio pois vivia reclamando do seu salario , um jogador mediocre desse devia era agradecer eternamente a chance que teve em jogar no Campeão dos Campeões.

    1. Como é de amplo domínio público, jogador é mercenário mesmo – como todo e qualquer ser humano. A direção do Paysandu só está sendo pleonástica – e seus críticos assumiram fortes feições de hipocrisia. Sabendo disso o contrato de prestação de serviço, assinado com esses atletas (e seus agentes) deve conter uma cláusula destinada à conquista a Série B. Essa é a única forma de os caras não colocarem os dirigentes na parede no dia anterior à partida final. Não sendo assim, todo ano será esse “mesmo filme”.
      O outro jeito é suicida: a torcida (e a mídia) assumir a campanha do “não vamos conseguir subir”!!!! Por essa forma os tais caras não poderão colocar as direções na parede. Mas, nesse caso ……..

  3. Quando começar á atracar os barcos com os ditos “reforços” para á proxima temporada vamos ver se a imprensa deixa de endeusar estas BOMBAS que vem por aí. PÔ tem que mudar esta mentalidade de “reforços”.

  4. Declarações que ouví na RM deixaram-me intrigado. Charles e Lucio divergem quanto ao pedido de jogar ou não; Charles diz que alguma coisa aconteceu dentro de campo ; o que aconteceu na reunião (hotel) entre Luiz Omar e os jogadores. ? . Parece que as coisas não corriam bem na Curuzú. Os bem informados setoristas poderiam esclarecer à torcida bicolor.

    1. Tavernard Neves;
      Agora a Inês è morta;
      Concordo com o LOP no que diz respeito a renovação do plantel, daquele time titular de domingo, só livro a cara do Fávaro, Paulão e do Potyguar; refiro-me aos que entraram jogando, os que entraram depois pode mandar o Lúcio andar.
      Aliás, na minha barca já estão:
      Bosco, Da Silva, L. Camilo, Aldivan, Tácio, Sandro, Fabrício, Jean Sá, Léo Carioca, Lúcio, Didí, Rogério Correia, e alguns outros que não me lembro o nome, de tão pouco que jogaram.

      1. Olá Silas em um topico anterior quando contrataram o Bosco eu falei que quando ele e o Bruno Rangel atuaram pelo futebol do RN, não mostraram tanto futebol quanto a imprensa e a torcida achava que eles tinham , inclusive falaram que eles eram atletas de nivel de serie B ou A em que discordei e falei inclusive que era mais Quirino que hoje atua no Santa Quiteria do Maranhão, que na minha opinião joga mais que o Bruno e tem vontade e raça.

      2. Tavernard livrar a cara do Paulão não dá , o cara é muito ruim , o primeiro gol foi brincadeira , iqual aquela expulsão ridicula dele no Castelão , e sobre os que vc mandaria embora concordo , menos o Tácio que jogou bem e com raça.

      3. Concordo com vc,Silas e poderia até acrescentar mais alguns nomes,como o Edinaldo,Marquinho e etc. Eu só precisaria que vcs me mostrassem, que partida esse time jogou bem. A própria goleada da aberutra do campeonato brasileiro,não foi essa maravilha toda. Foi mais por fraqueza ou descuido do adversário,isso ficou comprovado,no jogo de volta. Essa caida de pontuação de um turno prá outro(10 para 4),mostra toda a fragilidade de nosso a princípio,poderoso ou enganoso time.A realidade veio a tona,tarde demais. A realidade que vinha sendo ofuscada pelos falsos resultados. Vamos ver se para o ano,pelo menos as coisas melhoram,começando pela mudança de mentalidade de nossos dirigentes, na importação de tantas bombas juntas.

    1. Flávio
      Gostaria de te responder em forma de trocadilho, utilizando claro as iniciais do teu time, mas não dá, sabes por quê?
      O teu timinho, nem divisão tem!
      Pode ir… pro aurááááááááá!!!!!

      1. Concordo contigo Silas! Esses desmantelados, nem se lembram que não tem o que comer no dia seguinte e, mesmo assim ficam secando a casa do vizinho! Eles não sabem onde e quando irão jogar uma pertida oficial.

    1. pq vc nao vai pensar no jogadores do teu time,que acho q nem isso tem e tbm como vao chegar a uma serie, ao inves de estar se preocupando com o time alheio

    2. Concordo com vc César, com exceção de uns ou dois doentes o resto mudou o discurso.
      Que saudade do SERAPIÃO e do TARDELLI e dos penaltys que inventavam.

      1. Os honestos ganharam o que? Série C com franquia do Novo Hamburgue. Voces são pequenos de pé, deitados ocupam mais espaços.

  5. Pensando no Futuro (Fonte:Rádio Clube do Pará):
    A Série C do Campeonato Brasileiro tem que deixar de ser um torneio e se tornar uma competição mais longa. Pelo menos essa é ideia de quem comanda o Grêmio Esportivo Brasil. Os dirigentes do time da Baixada, que há anos virou um dos protagonistas dessa divisão do futebol nacional, querem aumentar a fase dos pontos corridos, pois consideram que desta forma a luta pelo acesso seria mais justa, e ainda iria privilegiar o planejamento do clube na hora de montar uma estratégia para disputa.

    A ampliação do calendário é um desejo antigo do Brasil e já vem sendo discutida há algum tempo nos bastidores do clube. A novidade é que agora a questão ganhou força com a adesão da SER Caxias, que também sonha com a uma sequência maior de jogos na Série C e decidiu encorpar o coro Xavante na luta pela alteração do regulamento.

    Em um encontro em Porto Alegre, na tarde desta terça-feira, o Diretor de Futebol do rubro-negro, Cláudio Montanelli, e o Vice-presidente do time da serra, Rudimar Pontalti, começaram a agir. Eles se reuniram com o Presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto, e pediram o apoio da entidade estadual para pleitear a reivindicação junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

    A proposta dos dirigentes é de que a competição nacional comece com apenas duas chaves de dez clubes (algo como Norte/Nordeste e Sul/Sudeste e Centro-oeste), onde cada equipe jogaria 18 partidas na primeira fase, em vez de somente oito como aconteceu nos últimos anos. Dessa forma, se classificariam os quatro primeiros colocados de cada grupo e os dois últimos seriam rebaixados. A fase seguinte continuaria do mesmo formato, ou seja, com um mata-mata definindo os acessos. Os meses de início e término do campeonato, que vai de julho a novembro, também seriam mantidos.

    “ Nós acreditamos que um calendário maior justificaria o alto investimento que é feito para a Série C. Além disso, dessa forma manteríamos o time por mais tempo em atividade, favorecendo o torcedor e, consequentemente, o próprio clube”, destacou Montanelli.

    Francisco Novelletto prometeu encaminhar a proposta dos gaúchos à CBF ainda nesta semana. Mas ele não quis arriscar um prazo para que entidade máxima do futebol brasileiro responda a solicitação de rubro-negros e grenás.

  6. Vamos pensar alto com os pés no chão. 35 mil reais talvez não seja um salário tão alto assim, mas o nosso futebol não suporta (no momento) tal dispendio. Sandro jnão fez jus ao salário que recebia ou ainda recebe na Curuzú. Será que a lição ainda não foi aprendida ?i

  7. O erro esá aí. Você paga caro por um jogador que no passado foi bom, mas atualmente nada joga. E outra contratam 50 jogadores a 8 mil cada, em média, mais passagem e estadia, para ver se algum se salva. Por que não contratar 10 jogadores bons e novos por 35 mil cada, que se encaixariam aos jogadores da casa e ainda dando oportunidade aos jogadores sub-20 e sub-17. A coisa é fácil, mas a comissão é que acaba com tudo. Todo mundo quer tirar proveito.

  8. Olá Gilvan;
    Que legal meu camarada que você está aí, atento aos acontecimentos e com as tradicionais dicas; os mais recentes acontecimentos são claro, indesejados, mas, fazer o quê, né?
    Só nos resta seguir o conselho do poeta popular
    “Reconhecer a queda;
    Não desanimar;
    Levantar;
    Sacudir a poeira e;
    dar a volta por Cima!!!!!
    Estamos em reinício de temporada; a partir de agora farei um banco de dados, com as tuas dicas que sempre julguei procedentes e interessantes; considero inclusive que o nosso Guerreiro, não deu a atenção devida ao Vaninho, que sempre que entrou em jogo, incendiava o time e melhorava a qualidade da partida, claro jogou poucas partidas e no domingo passado, a turma já havia entregue o jogo quando ele entrou e ainda por cima vindo de uma contusão; entendo que ele deverá ser mantido e melhor aproveitado; quanto ao Tiago, dispensa comentários o cara é fera mesmo, e ainda teremos o retorno do Álvaro; e do Zeziel, nem tudo está perdido, temos muma base muitíssimo bôa para esse recomêço e muita motivação, afinal no calendário de 2011, temos a copa do Brasil, a terceirona, em novo formato talvez; antes porém, a campanha pelo TRI REGIONAL.
    Cara Andréa. livrei a cara do Paulão pela recuperação com raça, inclusive fazendo o segundo gol, se falhou no primeiro gol se redimiu no decorrer da partida, penso; que ele é limitado técnicamente, sabemos, porém raça e vibração contagiam e contam pontos a favor de quem faz uso dessas ferramentas digamos assim, usando um termo muito recente, antes porém de crucificá-lo, perceab que o meio campo deixava todo o time do Salgueiro na cara dos zagueiros, aí não tem combate, né não? inclusive no terceiro gol após o hercúleo esforço do Fávaro, o Tácio raçudo, nem se virou prá tentar interceptar a bola, pelo menos, aí fica fácil…pros adversários claro.

    1. E segundo gol! Bola na linha de fundo pela esquerda da defesa do Paysandu, ninguem deu combate aos jogadores do Salgueiro, os caras passearam até o gol e todos no Paysandu estáticos.

    2. Olá Silas obrigado pela atenção, quando falei do Quirino é porque ele atuou por três temporadas no futebol do RN e foi uma vez artilheiro ( no mesmo ano em que o Bruno Rangel atuou pelo Baraúnas) e duas vezes vice artilheiro por um time considerado pequeno no caso POTYGUAR de C. Novos e hoje ele é um dos artilheiros do futebol Maranhense atuando pelo Santa Quitéria e eu gosto do estilo de jogo do mesmo por ser um atacante que tem vontade e raça na minha opinião, também gosto do futebol de Somalia um outro atacante que disputou a serie C pelo Alecrim de Natal e um garoto de 19 ou 20 anos chamado Kaká que este ano atuou pelo Baraúnas e foi a revelação do campeonato deste ano, como também acredito no potêncial de Juninho um garoto de 17 anos que mora aqui em C. Novos e tem contrato com o POTYGUAR e joga de meia esquerda, só que o POTYGUAR só volta a jogar no final do proximo ano para tentar acesso

    3. Concordo com você em relação ao Paulão e, acrescento também que o Leandro Camilo, também deve permanecer na equipe.
      Se a colega Andrea, reclama de qualidade técnica deles, o que dizer então do eterno Zé Augusto, que nunca conseguio crescer técnicamente e, mesmo assim consegue ter diversos admiradores pelo seu inexistente futebol.

    4. Faço minhas suas palavras, amigo Silas. O camarada Gilvan sempre traz informações interessantes e oportunas, que subsidiam nossas discussões.

      1. Obrigado Gerson pelas considerações, e eu acredito que a verdadeira intenção do blog seja esta a interação e participação de todos em prol de um bem comum, no caso engrandecer o conhecimento, embora alguns as vezes extrapolam e utiliza o lado emocional movido pela paixão ao invéz do racional, que muitas vezes não colabora com o tema abordado, partindo até para a agresão, faltando respeito com o próximo e baixando o nivel das discursões, pois acredito que a rivalidade seja necesaria para manter a chama acessa dos dois principais clubes, sejam eles no Pará no RN ou em qualquer um outro lugar do Mundo e como temos a participação de todos com certeza haverá divergências de opinião,

      2. Destaco sua participação pela serenidade das observações e as boas contribuições que dá a respeito do futebol nordestino.

      3. Mais uma vez obrigado Gerson, não sou nenhum analista ou técnico de futebol, mas acompanho, admiro e tenho paixão por futebol e como todo bom brasileiro tiro as minhas conclusões, claro nem sempre acerto mas tento ser imparcial, como exemplo Gerson eu assistir o jogo entre PSC e Fortaleza que foi televisionado pela TV Diario e tive a conclusão que a Sandro era um ex atleta em atividade, pois se arrastava em campo, inclusive em topico anterior eu comentei isto e disse que a peça principal naquele momento era o Tiago e não o Sandro como alguns torcedores acreditavam e que o PSC se apresentava bem se o Tiago se apresenta-se bem e ele estava sobrecarregado e prejudicando o seu rendimento e eu conversando hoje com um amigo do Tiago em que ele manteve contato telefônico e estava muito triste por não ter conseguido o acesso e chorou muito.

      4. Olá Gerson aproveitando o espaço vou dar a minha opinião sobre o jogo entre ABC e Águia e eu acredito que o ABC consiga o acesso, não poe ser um time superior ao Águia, mas pelo ambiente que o grupo vive e o fator campo e torcida, uma vez que eles treinam diariamente e conhece o campo que diga-se passagem é um dos melhores do Brasil em termo de gramado e o Águia só vai conhecer no momento do jogo uma vez que fará um treino apronto no Machadão e não Frasqueirão local da partida, o ponto forte do ABC é o meio campo e ataque principalmente o João Paulo que veio das categorias de base, inclusive o ABC tem fama de revelar bons atacantes um exemplo é o Wallisom que hoje está no Cruzeiro de BH e o ABC o negociou com o Atletico Paranaense e o próprio João paulo já está negociado com o futebol europeu, e eu credito que o ponto fraco do ABC seja os alas principalmente o Renatinho ex botafogo que para mim é um ex-atleta em atividade, claro que é a minha opinião e futebol só acaba após o apito do arbitro e claro que o Águia pode fazer o mesmo que o Salgueiro fez em Belém e contrariar a lógica.

    1. VALEU ROSIVAN;
      ALGUÉM TINHA QUE DAR-LHES ESSA ALEGRIA, JÁ QUE NEM TIME VOCÊS TEM ATUALMENTE, ENTÃO O NEGÓCIO POR AÍ É:
      “GOZAR COM O, DOS OUTROS”;
      MAS, TUDO BEM ISSO FAZ PARTE NÉ?
      AGORA VOLTANDO PARA A TUA REALIDADE, HOJE É O DIA D.
      A ARENA CHEIROSA DO AURÁ VOS ESPERA!!!!
      PODEM IR!!!!!!

  9. Andreia Nobrega houve equivoco de enderaçamento. Não propus dispensa de ninguem assim como não sugiro contratação. Mais ainda, não dou palpite nem nas escalações por entender ser atribuição do treinador.Minha competencia limita-se aos comentários (antes, durante e depois) dos jogos sem pretensão de prognosticar. Quando muito, ouso projetar tendencias.

  10. Tá nervosa prq Silvia? e quem disse que to preocupado com os problemas de vcs bicoletas? vcs estão mansinhos, mansinhos mesmo, antes do passeio de domingo estavam fazendo festa, dizendo que a série C já era, agora tem que amargar mais um ano ou sabe-se lá quantos anos na série c, série c que vcs esnobavam, que tiraram até sarro quando o remo foi campeão, e esse ano teve muita gente que disse aqui que não queria ganhar a série C, que queria apenas subir pra B mas sem ser campeão, faça-me o favor quanta arrogãncia dessas choronas bicoletas, agora quero que alguem fale isso aqui, falar o q agora hein? é salgueiro é salgueiro!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk viva o chiquita!!!

  11. Nada mudou em relação ao começo do ano. Paissandú na C e Remo na condição de sem série. Acho que ficou bem claro. Agora de patrimônio houve evolução e não precisa lembrar.

  12. Concordo contigo Berli. O boto de araque enganou até a juíza, para não dizer outra coisa. E essa dilapidação do patrimônio será muito sentida. Acontece que esses conselheiros não se apercebem do que ocorre no clube e, em especial, ao caso Baenão. Muitos ainda estão calados, ou seja, os dois terços que votaram pela sacanagem do boto. Os jornalistas, só um agora se manifestou contrário, porém depois que tudo já acabou. En São Paulo, um só jornalista, desmascarou Dualibi, que foi expulso. Aqui, a imprensa é conivente.

  13. Eu quero o Serapião e o Tardelli de volta, quatro penaltis claros que esse juizinho não marcou, cadê o Serapião eo Tardelli, buááááááááááá.

Deixe uma resposta