Venda do Carrossel pode salvar Evandro Almeida

Em entrevista exclusiva ao caderno Bola do DIÁRIO, o promotor público e conselheiro remista Benedito Wilson Sá fez uma revelação importante: garantiu que tem documento assinado por duas grandes empresas multinacionais com proposta de compra da área do Carrossel, que é parte do estádio Evandro Almeida. Benedito Wilson apresentará a nova proposta à Justiça do Trabalho na reunião marcada para a próxima segunda-feira (4). 

Na verdade, existem duas propostas. “Uma é de R$ 7 milhões e mais R$ 1,2 milhões de patrocínio para o clube. A outra é uma superior a R$ 7 milhões”, disse. Se negociar o Carrossel, o Remo quitará as dívidas na Justiça do Trabalho. “A dívida do Remo não é o que se divulga. É de R$ 5,7 milhões”, observou o promotor. Amaro Klautau chegou a dizer que a dívida era de R$ 15 milhões, mas a Justiça informou que chega a R$ 8 milhões. 

Sobre o polêmico terreno do Aurá, intermediado pelo vice-presidente do clube, Orlando Frade, o promotor público revelou que há uma informação extraoficial indicando que a área faria parte do entorno de uma área de proteção ambiental (APA). Nesse caso, não seria permitida a construção de um estádio no local. “Inclusive, todas as obras que estão sendo levantadas lá, estão em processo de embargo”, acrescentou.

24 comentários em “Venda do Carrossel pode salvar Evandro Almeida

  1. Gostaria que o amigo Gerson, sempre ouvisse as duas partes: Oposição x Presidência . Quem disse que a venda do carrossel pode salvar o Baenão? Vendendo só o Carrossel, hoje, por 7milhões, mais tarde não se pega nem 4 milhões pelo Baenão, pois o terreno do Remo, sairá da Avenida Almirante Barroso e, entrará para a Antônio Baena e, com um terreno menor. Pelo amor de Deus Gerson, vamos esquecer os problemas com o Amaro e seu Vice e focar um pouco no que será melhor para o Remo, amigo.Me desculpe, mas tá parecendo que o Remo que se dane, o que vale nessa reta final, é não deixar o Amaro concretizar esse projeto. Vamos pensar um pouco, amigo: Vc pensa que o Baenão, só o Baenão vai valer pelo menos 1/4 do que será construído nesse novo projeto? E como o Título vem: ” Salvar o Baenão”? Vai é LASCAR O BAENÃO E SUA TORCIDA. Vamos parar com esses ataques de uma parte da imprensa ao Amaro, que isso quem está perdendo ou vai perder, e muito, será o Remo e sua torcida, que verdadeiramente,é quem sofre. Depois, vcs resolvem o problema de vcs ncom o Amaro e seu Vice, mas vamos salvar o Remo, pelo amor de Deus. Chega.

    1. Esta é a sua opinião, caro Cláudio, que eu respeito. Mas respeite e aceite as dos outros, entre as quais incluo a minha. O post acima é uma notícia reproduzida do Bola. Se alguém da diretoria se manifestar, o blog está à disposição. O problema é que, como se sabe, a diretoria não tem mais crédito. Cita valores contraditórios. O vice diz que há R$ 6 milhões para comprar terreno e construir CT. O AK diz que só são R$ 4 milhões. E por aí vai.

      1. Tudo bem, amigo Gerson, que foi uma notícia que saiu no bola, mas quando vc postar aqui, gostaríamos, até por gostarmos do seu trabalho, que, ao final, vc desse sua opinião a respeito, pois passa a imprensão que vc concorda com o enunciado. Vc, se não me engano, ao longo desse projeto dizia que o Baenão estava sendo vendido muito barato e, que ele valeria 54 milhões. Tirando os 7 milhões do Carrossel, vc pensa que alguem daria 47 milhões, só no Baenão E, COM A FRENTE PARA A A. BAENA? Pelo amor de Deus, gente, vamos pensar um pouco. Penso que está na hora da Torcida se manifestar e, fazer desse senhor Benedito Sá, que foi DERROTADO PELO AMARO, nas eleições passadas e, sabe que não tem as mínimas chances nessas eleições do final do ano e, muito menos quando tais eleições forem diretas, pois o mesmo já atrapalhou e continua atrapalhando demais o Remo de crescer, como INIMIGO NÚMERO 1 DO REMO. A TORCIDA ESTÁ DE OLHO EM QUEM NÃO QUER QUE O REMO CRESÇA. Anotem.

      2. A torcida lúcida também está de olho em quem resolveu desmanchar o patrimônio do clube, Cláudio, para satisfazer seus próprios interesses. Acredite.

      3. Quanto à tal desvalorização do Baenão é conversa para boi dormir. Qualquer terreno na faixa de 20 mil metros quadrados, a alguns metros da Almirante Barroso, vale mais de R$ 40 milhões. O problema, meu caro, é que AK e sua turma desvalorizaram o patrimônio do clube para vender a preço de banana para um único cliente. Se isso não é suspeito me aponte o que é.

      4. Cláudio, nem sempre preciso dar minha opinião embaixo de cada post, mas no caso da venda do Baenão não há o que eu precise acrescentar. Todos sabem a minha posição, amigo, e os fatos falam por si. Não sou contra a venda, mas questiono totalmente a transação encaminhada por AK-Frade. Estão cobrando muito pouco pelo estádio e inventam soluções fantasiosas para os sérios problemas do clube, que continuará a dever e ficará sem estádio e sem identidade.

      5. Vale ressaltar, amigo Gerson, que me referí, aos conselheiros.

    2. E mais, Claudio. Pare com essa papagaiada de problemas ou perseguição ao Amaro ou ao vice dele. A questão aqui é o negócio mirabolante, irresponsável e atrapalhado que eles estão fazendo. A obsessão para vender sempre foi maior do que o interesse em arranjar alternativas. Planejaram a venda a um só cliente e agora não sabem explicar porque só a Leal Moreira se interessou pelo estádio. Esquisito também que tenham deixado de pagar as dívidas trabalhistas, para forçar uma execução judicial. Caia na real, amigo. Sei que tem boa fé, mas chega de bancar o ingênuo, acreditando em contos da carochinha.

      1. Gerson, o que eu penso é que estão atirando para todos os lados, sem checar informações. Ontem, foi dito que o Orlando Frade, era Corretor e, que o terreno pertence a sua família. Ele, em seu Site(e postei aqui), disse que o terreno pertence há 30 anos a uma família Japonesa e que nunca foi de nenhum familiar seu e, desafiou provarem o contrário. Será que vão provar? Duvido, pois estão só atirando. Aí, amigo é muito difícil.

      2. Claudio, você é das pouquíssimas pessoas no mundo que acreditam nessa ficção montada por AK e Frade. Quanto à tal defesa que ele fez, aguarde os desdobramentos. Mas se você crê cegamente no Frade, sorte sua.

      3. Não, não, não, amigo Gerson, não é só eu que acredito nesse projeto, não. Todas as pesquisas feitas, inclusive pelo Bola e em vários sites esportivos da nossa capital, a maioria é a favor desse projeto, como a maioria dos comentaristas esportivos. Penso que o grande problema para alguns, é a localização, apenas, mas o projeto, é elogiado pela maioria, inclusive técnicos e jogadores. Espera lá.

      4. então manda construir um estádio, e tu vai ver quanto a construtora vai cobrar pra fazer o serviço

  2. vender o carossel é diminuição do patrimonio, troca do baenão(velho e defasado) por uma arena melhor que o baenão , com CT e CFA é valorização e aumento do patrimonio, será que esse conselheiro não entendi isso?
    querer a diminuição do patrimonio é querer o bem do remo?

    e outra, um terreno no AURÁ uma APA? mais como se tem até uma lixão lá?

    aah e o valor, 7M pra área mais nobre do baenão?
    se não aceitaram 10M, vão aceitar só isso?

  3. “Venda do Carrossel pode salvar Evandro Almeida”

    “salvar” o evandro almeida e acabar com o remo, oq adiante?
    oq adianta ficar com baenão se não vai ter pra onde crescer?
    oq adianta vender o carrossel e não ter nem um campo pra treinamento?
    oq adianta ficar no meio da cidade com estádio velho e defasado que pra reformar vai custar muito dinheiro?

    1. Pois saiba que há quem considere que vender o Evandro Almeida é que representará o fim do Remo. Quem lhe garantiu que haverá uma arena moderna lá na frente? Vamos parar com essa mistificação. Amaro Klautau só quer vender, embolsar a comissão e o PF e sair de cena. O clube – e o que restar dele – que se dane. Será tão difícil enxergar o óbvio? Repito: quem defende esse embuste ou é muito ingênuo ou muito esperto, meu caro. Passe daqui a dois anos e me diga onde foram parar as maquetes (sim, até hoje ele só mostrou maquetes) maravilhosas do AK.

  4. Gerson, pra quem defendeu o Giba o campeonato inteiro como este sr tecnico de pelada, e depois da triste realidade sumiu com a desculpa de problema no computador por varios dias, vc acredita que depois de 2 anos iram aparecer para certificassem das bobagem cometidas pelos deuses azulinos
    e para rir…………………..

  5. Com toda a “ficha limpa” do Tourinho, ainda dava pra acreditar na nova Curuzú de que ele falava, pois já havia terreno, estádio e dinheiro entrando, seria uma ampliação, mas na arena do leão…sinceramente. E mesmo que saia, como manter? Estará, em pouco tempo, mal cuidada, suja, pichada, saqueada, em uma área propícia a ser tomada por desocupados, e o AK não vai estar nem aí com seu milhãozinho na conta. Lembremos que em quase 100 anos, o baenão não recebeu uma melhoriazinha se quer…

  6. É por isso Gerson que afirmei que bastava o Remo sentar com a diretoria do Banpará e tentar viabilizar a venda ou a troca pela divida,da área do carrossel,pois como vc disse Gerson,qualquer terreno próximo da almirante Barroso,vale muitas cifras.
    Se for contar na Alm.Barroso,ja existem B.B, ITAÚ, B.REAL, BASA,bastaria expor para a diretoria do BANPARÁ o grande negocio que seria ter uma grande e moderna agencia em plena A. Barroso,eu tenho certeza que fechariam o negocio na hora.
    Agora ir para o aurá e falar que lá vai ser o bairro mais moderno de Belém por causa da arena do REMO,é muito acreditar em contos de fada amigo Claudio,acho vc bastante inteligente para acreditar em factoides,tudo bem que seus últimos palpites andaram meio furados,mais acreditar nessa promessa do A.K e cia,aí é demais meu caro.
    Tomara que consigam salvar a historia do REMO e salvem o Baenão dessa loucura de venda.
    Ou se vender que seja por um valor justo e que de para comprar um terreno realmente e não um fim de mundo.

  7. CLAUDIO: Você está colocando a credibilidade de seu nome no caso Amaroja.Oque aconteceu com o GIBA, que tanto você defendia. Agora vem essa venda, que qualquer idiota vê que existe interesse pessoal, mas você continua insistindo. No caso Giba, você se quer desculpou-se, da mesma forma ocorreria com essa venda. Eu tenho, agora, certeza de que você não está raciocinando com lógica. A gente esta vendo que você recebe informações do Frade e repassa.Com que interesse? Eu não quero ser humilhado pelos nosso maior rival e outros que se aproveitam. Se você endesse de marketing, estaria vendo que isso é prejudicial ao clube,pois perderia novos torcedores.

  8. EM SUMA…TODA ESSA POLEMICA SE DÁ PELA FALTA DE TRANSPARENCIA…TEMOS UM GRANDE GRUPO DE DIRETORES QUE NÃO CONFIAMOS E TEMOS MUITOS MOTIVOS PARA ISSO.

  9. Com todo respeito que tenho por todos, aqui no blog e, com o amigo Luiz, não seria diferente, mas está cada vez mais difícil trocar idéias com vc amigo Luiz, pois, ao que parece, quem não tem a mesma opinião sua, é logo insultado por vc. Sinceramente, vou lhe dizer uma coisa: Não conheço o Frade, muito menos o Amaro e, sequer alguem aqui do blog, pessoalmente. Sequer o Gerson. Então não é justo suas colocações para com a minha pessoa. Penso ser vc uma pessoa do bem e, participativo aqui do blog, mas fica difícil ser tratado dessa forma e, ainda ter que responder à vc. Juizo, amigo o blog precisa e muito das suas colocações, sempre inteligentes, mas sem ofensas amigo. Não me leve a mal. Grande abraço.
    Ah, e não esqueça, de 100%, até hoje, aqui no blog, acredito que acertei 99%, portanto, não se agarre a, apenas 1%. rsrsr

  10. Podem até arrumar uma área na Av. Nazaré que de nada vai adiantar.
    O CD aprovou e o presidente já fechou.

  11. CLAUDIO: Já chamei de pau mandado a muitos dos que, por falta de inteligência, são a favor dessa jogada, que só eu e Gerson deciframos. Parece que você não acompanha o noticiário: vou aclarar; A arena era para 24.500 agora já a arena será para 15 mil. O valor é de 54 milhoes, mas a construtora só quer dar 33. Claudio, pergunte ao Frade por que essa diretoria não cumpriu o acordo conciliar, que era de 50 mil mensais. Porque não pagaram? Por quê? pois sabiam que se não pagassem iria a leilão. É essa falta de raciocínio que estranho em você. Eu não tive a intensão de ofendê-lo. Aliás aqui nesse blog já lhe fiz inúmeras perguntas e vc não as respondeu. Por quê. E te digo mais, existe áreas na BR por 500 mil, porque pagar 2.7 milhões junto ao Lixão? Para servirmos de chacota. Você sendo remista está gostando da gozação? e você sabia que na curuzu estão se mobilizando para fazer nova arquibancada? Pois é.. Lá eles tem amor p´róprio e nós temos picaretas, recebendo seu apoio. E repare que aqueles que eram a favor da venda e do “modernismo” calaram-se diante de fatos revelados. Você está só.

Deixe uma resposta