Luxemburgo cai após vexame do Galo no Rio

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Atlético-MG. Foi demitido pelo presidente Alexandre Kalil depois da goleada sofrida para o Fluminense, por 5 a 1, no Engenhão. Na entrevista coletiva após a partida, Luxemburgo afirmou que entende o posicionamento de Kalil. Luxemburgo deixa o time mineiro na 18ª posição, com 21 pontos em 24 partidas disputadas. “O presidente optou pela minha troca e eu entendo como uma coisa natural do futebol. Saio chateado com o futebol, não com o presidente Kalil ou com os jogadores. Minha relação com os jogadores é boa”, disse. “É o momento de pensar o que houve, o que não houve. De fazer uma reciclagem. Existe uma tendência de que estou em decadência, mas nao é nada disso. Minha vida profissional continua, vamos tocar o barco para frente”. Junto com Luxemburgo, o Galo demite uma comissão técnica que custava R$ 750 mil e tinha entre seus integrantes o ex-jogador Rincón e o ex-árbitro Wagner Tardelli.

11 comentários em “Luxemburgo cai após vexame do Galo no Rio

  1. Te contar. Teve que pegar muita peia para se convencer que esta comissão é mais fraca que caldo de gó. Agora que tem fàbio Costa como goleiro já começa em desvantagem.

    Curtir

  2. A queda e o coice. Luxemburgo caiu quando nãom teve o contrato renovado com o Palmerias e agora recebeu o coice sendo despedidos do Galo, por telefone, ainda nos vestiários. Era o que falta no curriculum do competente mas cabotino treinador.

    Curtir

  3. Vale ressaltar, que,pela quantidade de títulos e trabalhos bem feitos, que possui ao longo de sua carreira, essa demissão é muito pouco para se dizer que Luxemburgo está em decadência. Acredito que o São Paulo agradecerá por essa demissão. É a minha opinião.

    Curtir

  4. Acho que os técnicos que inventam muito estão em baixa no mercado.
    Acho que as pessoas já perceberam q esse negócio de transformar futebol em uma ciência de alta complexidade é papo pra boi dormir.
    Hoje em dia estão em alta os técnicos que fazem o futebol simples, sem invencionices.

    Curtir

  5. É mesmo é, Carlos? Vamos fazer o seguinte: Tire o João Galvão do Águia e coloque lá o Charles Guerreiro, pra ver o que acontece. Luxemburgo, Dorival, Givanildo, Giba, Barbieri, Ademir Fonseca, e outros que se pensava que fossem bons treinadores, agora é coisa do passado, o que vale mesmo, é treinador que seja amigo dos jogadores e rezar pra que eles comandem o time direitinho dentro de campo. Te contar.

    Curtir

  6. O Claudio Santos não dormiria tranquilo, se não concretizasse a alfinetada diaria no Charles Guerreiro; o dia já estava acabando..
    acham que perderia essa oportunidade?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s