Raio-X do Carcará do Sertão

O Salgueiro Atlético Clube, adversário do Paissandu no mata-mata da Série C, foi fundado em 1972 e se profissionalizou há somente cinco anos. O uniforme é tricolor – verde, vermelho e branco – e o mascote é o carcará. Seu estádio é o Cornélio de Barros Muniz (“Salgueirão”), com capacidade para 6 mil espectadores. Na atual Série C, tem a seguinte campanha: 3 vitórias, 2 empates e 3 derrotas. Dois ex-remistas são titulares na equipe: Beá e Júnior Ferrim. A cidade de Salgueiro é de porte médio. Fica a 511 quilômetros de Recife (PE) e tem 55 mil habitantes. Não existem voôs comerciais diários para a cidade.

23 comentários em “Raio-X do Carcará do Sertão

  1. Quanto ao número de vitórias, amigo Gerson, é verdade são 3 e não 4 como falei ontem e, acabei de retificar no post, mas é um time que já vem beliscando a série B, desde o ano passado e, é bom não vacilar.

  2. Claudio, não sei se sou muito otimista, mas acredito que se o Papão jogar completo, determinado e tendo esses dois jogos como “fina de copa do mundo”, como o próprio Bosco disse em entrevista, aí sim VENCEREMOS.
    Acredito que esse time é bom. É um time que – tirando o de ontem pelas circunstâncias – jogou bem todos os jogos e poderia ter goleado o Fortaleza nos dois jogos.
    O meu receio são os jogadores não vestirem a camisa da importância.
    O Paysandu não pode de forma alguma perder a chance de voltar para a vice-elite do futebol brasileiro porcausa de um time tão pequeno.

  3. Também acredito, amigo Dênis, que o Papão tem mais time, embora não tenha técnico, mas acredito na classificação do Paysandu, se souber administrar o cartão do Thiago e, não perder o Sandro. Sou mais Papão.

    1. Cláudio JATENE! Você sempre ataca o treinador bicolor, dizendo que o Paysandu não tem técnico, porém você esquece de uma coisa, o time que o Paysandu tem hoje, foi montado por este treinador que você diz que não e técnico. Então caro Cláudio, o que posso te dizer é o seguinte, sempre que eu ler, as barbaries contra o Charles, estarei aqui fazendo a mesma coisa que você fez em favor do Giba, que a meu ver, este sim não e treinador de nada, haja visto o acontecido com o Remo, onde você mesmo disse, que o Remo com o Giba no comando, subiria com um pé nas costas, é a única coisa que ele conseguio fazer, foi eliminar o seu próprio time.

    2. Se “não ter técnico” é sinônimo de sucesso, caro Cláudio, prefiro que o meu time não tenha mesmo! Veja só o caso do Remo: tinha “um baita técnico”, que só “ensinava o caminho das vitórias” e que, seguno você Cláudio, iria conquistar o acesso, afinal de contas, como você mesmo dizia, “quem tem técnico tem tudo”. E vejam o que aconteceu…
      Outro caso para corroborar tal análise é o de Barbieri. Considerado por alguns como um “grande entendedor” de futebol, “fez” o Papão ser campeão quando saiu dando lugar a Charles. E quando foi para o Mixto, a equipe logo foi apontada como favorita ao acesso, tal como o Remo de “Giba (Bob) Robinson”. E o que aconteceu? Tal como o Leão “giboso”, também entrou de férias… É muita “coincidência” hein!?

      1. Daniel, amigo, gostaria que vc me dissesse, o que pensa sobre Givanildo Oliveira e, o que possa ter acontecido com o Santa Cruz(que não foi citado por vc), que era a maior folha salarial dessa série D?

      2. Caro amigo Cláudio,

        Givanildo Oliveira é um grande treindor, isso não se discute, é consenso. Mas não esqueça: treinadores também têm prazo de validade. E há aproximadamente 2 anos não faz bons trabalhos. Seu último bom trabalho foi no Vila Nova, na Série B de 2008 se não me engano.
        Deve-se ressaltar que o sucesso de uma equipe depende de muitas variantes, tais como qualidade técnica; preparação física; o caráter dos atletas, a união da equipe, bem como o entrosamento dela; uma boa admisnistração do clube; salários e premiações em dia e a capacidade e o conhecimento do treinador na indicação de atletas ao clube e no momento de dar à equipe uma cara, uma filosofia de jogo e padrões táticos que permitam à mesma atuar em mais de um esquema, que variem de acordo com as contingências de cada partida. Além é claro de um nítido espírito de competição. Logo, percebe-se que ter um bom técnico ou ter bons jogadores não são “os ingredientes”, mas são alguns destes que fazem uma equipe ser ou não ser vencedora. Veja o caso do Atlético MG na Série A: tem jogadores de nível de Seleção Brasileira, estrangeiros que atuam em suas respectivas seleções e que até atuaram na última Copa do Mundo e um treinador multicampeão como Vanderlei Luxemburgo, com passagens pelo Real Madrid e pelo escrete canarinho e que muitos consideram como o melhor técnico do país. No entanto, a equipe mineira está caminhando a passos largos para a Série B de 2011 e é um dos times com o maior número de derrotas na Série A atual. Não há fórmula mágica e definitiva. Afinal, caso houvesse, o Real Madrid não perderia nunca, José Mourinho seria campeão todos os anos e o English Team o campeão das uíltimas duas Copas do Mundo.

      3. Acredito, amigo Daniel, que o Luxemburgo foi contratado para montar uma boa base para o Atlético, com um planejamento a médio prazo e, junto a isso, revelar alguns jogadores(é só ver a quantidade de jovens da base no elenco principal), daí esse sobe e desce e, a demora a encaixar. Quanto ao Felipão, já falei aqui que o mesmo reclama a toda hora, que contrataram jogadores, que não deram certo e sem o seu aval e, tem alguns com parte dos salários atrasados. Penso que o Palmeiras fará um trabalho de médio a longo prazo, para poder colher os frutos de um trabalho bem feito, até porque, quando ele é bem feito, o mesmo dará frutos, por muito tempo(é só lembrar do Giva, após perder a copa norte para o São Raimundo de Manaus: Ganhou tudo.) e, se substituir sempre o treinador por outro bom treinador, aí será sempre um time vencedor e disputará títulos.
        – Atente pra uma coisa: O que faz um treinador ser ultrapassado, ter prazo de validade, como vc diz, é o mesmo não se atualizar, sobre as táticas e novidades que surgem no futebol. Jovialidade, não é sinônimo de competência, entenda isso. Grande abraço. É a minha opinião.

    1. Relmente! O Marquinhos não está conseguindo fazer mais o que o Charles designou para ele! Ele tinha dupla função dentro do time, porém só está se limitando a marcação. Então acho que, o Alexandre tem mais condições de sair para o jogo doque ele mais sem perder a pegada.

  4. Cláudio, brincadeira! O charles à porta de colocar o papa títulos na B e o clube não tem técnico? Tem cometidos alguns vacilos, como todos, embora esqueçamos nesta comparação o SR GIBA que era só vacilos. E se foi embarcando no vôo de ida para nunca mais, dando desculpas até para o piloto. Como diz o sábio FHC “assim não pode, assim não dar”.

  5. Se colocarmos o Marquinhos para vigiar duas tartarugas ele deixa as escapar. Ele é pouco veloz, pouco habilidoso e muito lerdo no raciocínio, além de perder gols aos montes. Sou muito mais um 4-4-2 com Sandro, Tácio, Thiago Potiguar e Lúcio (isso se ele se recuperar a tempo) no meio e Bruno Rangel e Fernandão no ataque. Aí sim o Paysandu ficaria bem ofensivo sem descuidar do setor defensivo.

  6. Danilo, muito boa escalação a sua. Só faria uma troca, a saída do Tácio e a entrada do Alexandre devido o time ficar muito leve e com pouca pegada no meio. Tá na hora de uma cobrança mais forte ao Marquinjos e ao Fabricio, os mesmos estão muito cômodos em suas posições. De qualquer forma, tô com o Cláudio, sou mais Papão.

  7. Fernandão foi expulso, não joga a primeira.

    Charles é fraco, sim. Assim como são fracos Bruno Rangel, Marquinho, Edinaldo, Da silva, Romeu. Os três reservas foram colocados no time por que se saíram muuuuuuuuito bem contra a grande seleção de Ponta de Pedras.

    Te contar!

    1. Amigo! Você e uns e outros aqui, fazem tempestade em um copo d’agua com a derrota do Paysandu para o Rio Branco, não se esqueça de uma coisa, o Paysandu no máximo que conseguio contra o estrelão lá na arena da floresta foi um empate, então não culpe o Charles pelo fracasso. Ele colocou esses jogadores que você citou para movimentar os mesmos, a partida não valia nada para o Paysandu, se nos precisassemos com certeza ele iria levar a força máxima que estivesse em condições de jogo! Agora eu te pergunto uma coisa, se este time que jogou contra o Rio Branco, viesse com uma vitória de lá, o que você, iria responder em relação ao Charles Guerreiro?
      Deixa de seguir os comentários importunos do Cláudio “JAGGER” Santos, que já está mais doque provado, que ele não conhece nada, assim como o seu protegido treinador GIBA MOURINHO, que já se foi sem deixar saudades para o time dos GARÍS.

      VAMOS SUBIR PAPÃO!!!

  8. Acho que o maior problema do Paysandu reside em não saber aproveitar as muitas oportunidades de gols que cria e depois sofre as consequências. Ontem, pelo que foi mostrado no Bola na Torre, destacou-se uns 2 ou 3 gols “feitos” desperdiçados pelos jogadores do Bicola e não se viu muitas chances perdidas pelo R.Branco. Se gravar um DVD com os melhores momentos dos 8 jogos do Papão ficará destacado a grande quantidade de gols que o time perde. E pensar que ainda assim temos o artilheiro da competição.

  9. É pouco o que sabemos a respeito do Salgueiro. Poucos numeros que não dizem nada não permitem conclusões. O futebol aceita o preceito do VER PARA CRER. Não criemos nenhum tipo de expectativa, apenas exijamos que a formação titular do Paiysandu entenda que o primeiro jogo poderá ser o decisivo.

  10. Já sei porque o Paysandu não ganha fora: tem uma cabeça de porco com uma passagem de aviao enterrada na curuzu.

    Pra ganhar fora, o time tem que ir de onibus ou navio ou a pé.

    Vamos lá, Papão!

  11. Informação extra oficial dá conta que o Departamento Jurídico do Alecrim está analisando a situação de dois jogadores contratados, na reta final da 1ª fase da Série C, pelo Salgueiro junto ao Petrolina. Surgiram denúncias que tais jogadores atuaram nas últimas duas rodadas irregularmente. Caso tal situação se confirme o Salgueiro perderia 6 pontos e seria o rebaixado do grupo, livrando o Alecrim da série D. Como consequência o CRB seria o 2º classificado do Grupo e enfrentaria o Paysandu.

    Vamos aguardar!!!!
    fonte:http://futebolalagoano.com.br/forumfac/viewtopic.php?f=8&t=75361

    Fonte: Assessoria do Alecrim (comu do CRB) O Salgueiro, classificado para a segunda fase da série C do Brasileirão 2010, será denunciado no STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) pela escalação de um jogador irregular na partida do último domingo, contra o Alecrim. Caso seja punido, o carcará deve perder três pontos na tabela.

Deixe uma resposta