Tribuna do torcedor (51)

Por Jaime Pacheco, de Atlanta/Georgia (EUA)

Gerson, já que ninguém sabe onde localizar a  nova arena do Leão, eu tive que pesquisar e realmente é um absurdo o que este cidadão Amaro Klautau está querendo fazer com o Remo. O Conselho do clube não pode deixar que se troque ou venda o Baenão. Morei vários anos na Cidade Nova e sei da fumaça e do mau cheiro que vêm do lixão do Aurá. Tenho certeza de que ninguém vai conseguir ficar alojado neste centro de treinamento. Moro nos EUA e já enviei outros e-mail para você. Realmente pode-se constatar no Google Map as áreas que podem ser o terreno da nova arena do Remo. Veja no mapa toda a dificuldade e a logística, para se ter acesso ao novo estádio. É o mesmo que trocar uma barra de ouro por uma barra de cereal. Desculpe, Gerson, apesar de estar morando em Atlanta, Geórgia, USA há mais de quatro anos nao consigo acreditar que ninguém, como disse o seu Amaro Klautau, teve uma ideia para salvar o clube. Ora, se ele, que é o presidente que foi eleito por um conselho omisso, não tem ideias, que tenha a hombridade de pedir para sair. Seria uma atitude mais inteligente do seu cérebro de ervilha. O clube pode pedir concordata (insolvência financeira) e ganharia 2 anos para se reestruturar. Congelaria as dívidas e manteria sua única fonte de renda, que é o estádio. Pode dar para a Justiça 30% da renda, os patrocínios e outros valores como garantia. Formaríamos um time regional para manter as atividades do futebol até que o clube se reerguesse, não importa se vamos ganhar títulos ou não. O que importa é a sobrevivência do clube e a não entrega de seu mais valioso bem.

15 comentários em “Tribuna do torcedor (51)

  1. Sem querer ser chato, mas já sendo: É impressionante como as pessoas queirem dar opinião sobre aquilo que não conhecem.
    Como o Remo poderia pedir a concordata se não existe mais concordata no Brasil desde 2005??? (leiam a nova lei de falências, por favor).
    Sou torcedor do Paysandu e não tenho nada a ver com aquela coisa (aliás, acho que o lugar daquilo é dentro do lixão mesmo).
    Mas, falando sério agora, não consigo acreditar que os membros do Conselho deixariam seguir adiante um negócio tão lesivo ao clube como algumas pessoas pintam. Existem pessoas sérias lá. como o Dr. Felício Pontes, ex-desembargador do TJ e ex-membro do MP. Prefiro crer que, dentre as soluções possíveis, a negociação do chiqueiro era a melhor opção para o clube caseiro.

    Curtir

  2. Silas. Estou bem graças a Deus e em pleno lazer. quanto a matéria acima:

    Sou péssimo de topografia e até para entender essa fácil explicação de como chegar na “futura” arena, é tortura. Como jamais chegarei perto deste urubuzal não tenho porque ter preocupações. Para os decididos a isso e na dificuldade, se orientem pelo odor.

    Curtir

  3. Sei que nao existe mais a lei da concordata, mas e que ate hoje tramita no congresso uma nova lei, para incluir os clubes de futebol, alias se voce leu entre parenteses eu usei o termo insolvencia financeira, que e o que esta substituindo o termo concordata, desculpe apesar de nao esta no Brasil procuro estar sempre informado das coisas da minha terra.

    Curtir

  4. Bem-vindo ao nosso fórum de discussões, caro Jaime. Mesmo fisicamente longe, esteja à vontade para expressar suas posições e enriquecer o debate.

    Curtir

  5. ÉÉÉÈÉÉÉGUA MANO!
    O Berlli voltou com toda a corda!
    Essa foi boníssima.
    PELO ODOR!!!
    Mas, Berlli, a orientação sugerida, não seria pelo MAU ODOR?
    Valeu!!

    Curtir

  6. Qualquer evento de maior fluxo em Belém conta com pelo menos duas vias grandes de acesso. O Mangueirão, com três pistas da Augusto Montenegro e mais duas da transmangueirão (com uma das pistas interditadas no contra-fluxo do jogo) já vira o inferno que é com um público próximo de 15 mil. Agora imagina você, torcedor remista. Jogo do Remo às 20h30. 15 mil pessoas indo para o estádio passando pela BR, que já é um problema sério em dias normais, ter que pegar 2,4Km nessa estrada que provavelmente é de mão dupla e deve ser a única entrada para o Estádio do AK. Não é incrível o planejamento estratégico desses dono do Remo? Gerson, continue na sua batalha.

    Curtir

  7. Se o Dr. Felício fosse sério não estaria envolvido nesse embrólio. Ele está sendo o principal suspeito de tudo, pois tem o poder de chamar uma reunião extra e expulsar Amaro Klautau. E outra, esse projeto é tão furado e tão comprometido, que a diretoria já se satisfaz com um CT, foi o que escutei de Amaro. Por que não propor um novo acordo. É claro que os 2/3 dessa merda de conselho estão envolvidos nesse negócio escuso. Por que não aprovaram a venda da séde social, que não serve para nada, senão de boteco e jogatina para esses velhos sem-vergonhas, vendedores de patrimônio alheio.

    Curtir

  8. Luiz, não sei se vc prestou atenção que na entrevista da juíza pois ela já sinalizava que seria só o CT e mencionei isto aqui no blog. Acho que a torcida do Remo está anestesiada.

    Curtir

  9. Luiz Antonio de Castro, acredito que tenhas exagerado, mas com uma diretoria dessas, tudo é aceitavel. Expressas um pouco da revolta da maioria com a inoperancia, a inercia daqueles que cercam o klautal.

    Curtir

  10. RISIVAN: Atualmente, é uma diretoria a mais. O que me preocupa são os valores que são outros, e que está atingindo até a velharada, a quem se depunha credibilidade. Hoje, generalizou-se. É uma pena. E fazem pelo simples prazer de fazer. Olham apenas para o ego, para a glória e, neste caso, querem ser o salvador da pátria.

    Curtir

  11. Jaime ,
    Tudo o que você escreveu é correto e absolutamente lógico. Ocorre que este cidadão veio “ENCOMENDADO” para $$$$alvar o REMO entende? Eleições etc etc…. OK…

    Curtir

  12. Jaime, então vc diz que o Remo deveria aguardar a tramitação da lei no Congresso para pagar as dívidas???
    Qual credor (ou qual juiz em uma execução) aceitaria um argumento desses??

    Curtir

  13. Entre todas as possíveis soluções para o futuro do Clube do Remo, há que se levar em consideração, sempre, o aceite da torcida…Será que a opinião da torcida foi ouvida???. O maior patrimônio do clube é a sua torcida…Com o aval da massa, seja no Aurá, ou em Marituba ou no “Raio”… o empreendimento vinga, do contrário, pode pedir falência. Então vamos dar o braço a torcer e fazer uma pesquias de opinião, por que quem é remista e vai ao estádio, fazendo chuva ou sol, vai em qualquer lugar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s