Papo de santistas no Twitter vira notícia

Um vídeo no Twitter após a vitória sobre o Grêmio Prudente, pelo Campeonato Brasileiro, era tudo que o Santos não precisava na semana decisiva da Copa do Brasil. Nele, o goleiro Felipe irritou-se com um torcedor que o chamou de “mãos de alface” e Zé Eduardo disse a Robinho, que alertava para o perigo do que os companheiros estavam fazendo, que ele não fará falta alguma quando for embora.
Quem comandava a ação em vídeo era Madson, que usava o Twitter do atacante Marcel para a transmissão e para explicar aos seus colegas de time o funcionamento da ferramenta. Em dado momento, um torcedor fez um comentário sobre o goleiro alvinegro, o chamando de “mãos de alface”. Felipe então apareceu usando óculos e respondeu: “Aí fera? aí? cadê? aí fera? o que eu gasto com o meu cachorro de ração é o teu salário por mês. Entao não f?”
Mais à frente, outro torcedor também provocou o goleiro Felipe: “O Felipe usa óculos… Está explicado porque não vê a bola.” Zezinho leu o comentário, e os outros jogadores riram. O goleiro questionou se o autor era o mesmo da crítica anterior, mas Zezinho disse que não.
De Santos, os jogadores titulares, que foram poupados da partida pelo Nacinal e sequer viajaram a Presidente Prudente, como Robinho, Paulo Henrique Ganso, entre outros, passaram a ficar preocupados com o rumo da transmissão do vídeo e começaram a fazer alertas.
Neymar mandou mensagens via Twitter. “Ae quem estiver falando com o madson e mais alguns! Fala pra eles que ta geral aqui na concentra manda eles falarem com a gnt aqui urgente!”, escreveu. “@madshow10 o robinho marcel wesley edu ph e eu estamos vendo vcs e marcel e robinho vao dar porrada em vcs kkkkkkk”, disse o atacante em outra mensagem. (Com informações da ESPN)

Há um evidente exagero na exploração dessas brincadeiras entre jogadores, via Twitter. A linguagem é descontraída (chula até) porque, no fim das contas, são boleiros conversando com outros boleiros. O tom é de farra. Nada que vá causar abalos na Bolsa de Tóquio.

11 comentários em “Papo de santistas no Twitter vira notícia

    1. Ascenção rápida, sem preparo intelectual e mental, provavelmente sem ensinamentos adequados de pai e mãe só pode dar nisso, com raras exceções. Por ascenção rápida, entenda-se dinheiro rápido, pois sucesso mesmo implica em evoluir em muitos aspectos. Por isso tudo, é lamentável mas comum, já não surpreende.

  1. Apesar de ser um tratamento carinhoso “Os meninos da vila”, a Vila Belmiro parece ser mais um parque infantil. A postura dessa garotada tem gerado mau-estar tudo em nome da considerada brincadeira. Assim foi com Luxemburgo até aquele penalti perdido por Nylmar contra o vitória. Orientação faz parte de um bom planejamento e isso parece ser carente no Santos.

  2. No congresso nacional, em encontros de empresários , jornalistas, estudantes de nível superior e até de religiosos, em momentos de “descontração”, também sai destas pérolas e nós já vimos isto.

  3. Tem que parar com essa bobagem de “meninos da Vila”. Todos já são adultos e consequentemente responsáveis por seus atos.

    Esse vídeo mostra bem o que passa pela cabeça quase sempre oca desses caras. Acham-se acima de tudo e todos sentindo-se á vontade para fazer o que lhes bem aprouver. Estão aí vários casos para se colecionar entre os quais o episódio envolvendo o goleiro Bruno.

    Tomara que o Paulo Henrique não se deixe levar por esse tipo de influência, como já ocorreu no episódio da visita àquela instituição de caridade.

    Como em todas as profissões existem os bons e esses, os maus.

Deixe uma resposta