Dunga francês faz grosseria com Parreira

O técnico francês Raymond Domenech terminou uma Copa do Mundo que já havia sido desastrosa para sua equipe, abalada por escândalos de relacionamento e eliminada logo na primeira fase, com um gesto grosseiro com o brasileiro Carlos Alberto Parreira, comandante da adversária desta terça-feira, a África do Sul. Depois de perder por 2 a 1 para os donos da casa, Domenech se negou a cumprimentar Parreira, causando constrangimento e surpresa no técnico brasileiro. “Praticamente não houve diálogo. Ele se recusou a falar comigo. Lamento muito o que ocorreu. Por educação e gentileza fui cumprimentá-lo depois do jogo, sei que ele não será mais o treinador da França.” O sujeito podia sair menos mal desta Copa.

15 comentários em “Dunga francês faz grosseria com Parreira

  1. Essa Copa tá que tá apimentda. Parece a casa da mãe Joana. Lembra aquela época quando o Arthur, ex-rei dos bonbos, fingia que treinava o horroroso sob o desgoverno do RR.

    1. Lembro de uma mucura fétida mais desgovernada ainda perdendo o título pro Leão.

      Foi o duelo pra ver quem era mais incompetente, ou Demente do Remo, ou os Mafiosos do outro lado

  2. Gerson, pode se falar tudo do Parreira, em relação ao seu comportamento técnico, que como já disse, não é do meu agrado. Agora, que ele é uma pessoa muito educada, isso ninguem pode contestar. Acredito que esse técnico da França, não estava preparado para treinar a seleção de seu País, pois isso que ele fez com o nosso Parreira, não se admite de um profissional.

  3. Em 2010, a França com um pontinho na Copa, repetiu os passos de um certo clube aqui do Norte, inclusive, com os mesmos fatores internos.
    Será que essa virose propagou-se para a Europa? Especialmente aos franceses?

  4. Nem os mais recentes aparelhos reprodutores garantiram a sobrevivenvia da França, que volta pra casa na condição de sem série e muita vergonha proporcionada. Esta segue no presente os passos e a rotina de um certo clube aqui do norte.

  5. Ele esqueceu, como esquece o Dunga, que enquanto treinador de um selecionado nacional e representante de uma pátria, deveria ser no mínimo educado.

  6. Prefiro o Dunga grosseiro ganhando tdo do q o Parreira gentil sem ganhar nada, e dando vexame de outra forma como na copa passada

Deixe uma resposta