Laranja, pragmática, vence outra

O técnico holandês já deu a letra: vai continuar fiel ao futebol de resultados. Hoje não foi diferente. Com uma boa atuação nos 45 minutos finais de partida, a Holanda conseguiu neste sábado sua segunda vitória na Copa do Mundo da África do Sul. Com um gol de Sneijder após falha do goleiro Kawashima, a equipe bateu o Japão por 1 a 0, em Durban, e chegou aos seis pontos no grupo E, com 100% de aproveitamento. Na estreia, contra a Dinamarca (vitória por 2 a 0), os holandeses também só chegaram aos gols na etapa final.
Duas vitórias nas duas primeiras rodadas do grupo E, três gols marcados, nenhum gol sofrido, 100% de aproveitamento e muito perto da classificação às oitavas de final. O início da Holanda na Copa do Mundo da África do Sul difere um pouco do habitual futebol vistoso, mas pouco competitivo de outros Mundiais. O treinador da equipe, Bert van Marwijk, fez coro ao futebol pragmático na coletiva após a vitória por 1 a 0 sobre o Japão, neste sábado. “Tivemos muitas dificuldades, mas essa Copa vai ser isso. Basta observar como foram as últimas partidas da Alemanha, da Inglaterra ou da França”, afirmou Marwijk. “Sei que a torcida quer ver um futebol bonito, com muitos gols, mas fizemos o que precisávamos. Já marcamos três gols e não sofremos nenhum.”

É, pode ser…

4 comentários em “Laranja, pragmática, vence outra

  1. Síndrome da Eurocopa de 2008! Apresentaram nesta competção o habitual futebol vistoso e rápido, e mesmo um pouco mais competitivo, dançaram para a Rússia. A retranca, o pragmatismo e o medo de levar gols é de fato, meu caro Gerson, o antídoto contra as frustações, cujo lema “é bonito mas não vence” amendronta as equipes em gramados sul-africanos.

  2. Essa laranja começa sempre bem na colheita, mas na hora de consumir está pra lá de passada. Será que desta vez a história muda?

  3. A Holanda, está parecendo times mineiros. Está quietinha, vencendo seus joguinhos, conquistando seus pontinhos, é pleiteando uma vaga na próxima fase. Ainda acho à Holnada, umas das favoritas ao titulo.

Deixe uma resposta