Coluna: Teorias conspiratórias

O torcedor navega por ondas insondáveis. É capaz de glorificar o perna-de-pau do momento, mas economiza aplausos para futuros craques. Moisés passou o diabo até ser aceito, plenamente, pelo torcedor do Paissandu. O mesmo se aplica a Héliton no Remo. Destaque no primeiro turno, foi o único punido – com endosso das arquibancadas – pelo fiasco nos jogos decisivos.
Surge agora outra manifestação típica das arquibancadas, própria para justificar insucessos: a alegação de marmelada no Re-Pa de sábado. Curiosamente, essa explicação já havia sido usada por parte da torcida alviceleste na derrota (por 2 a 1) na 4ª rodada do returno. O mesmíssimo motivo foi aventado para explicar a virada cametaense por 4 a 3.
Sempre que o placar não lhe favorece, o torcedor dá um jeito de elaborar uma blindagem para as gozações do vizinho ou do colega de trabalho. A mais comum é atirar pedras na arbitragem, culpando-a por todas as mazelas. Outra desculpa esfarrapada sempre utilizada é a de caráter climático. Sol senegalês ou aguaceiro que estraga o gramado. Claro que o prejudicado é sempre o time do coração, único a esbarrar nas poças d’água.
Depois do embate de sábado, que classificou o Remo para as finais do returno, torcedores do Paissandu rasgaram dinheiro nas arquibancadas, protestando contra suposta armação. Por desnecessário e em respeito aos profissionais envolvidos, nem vou tocar no aspecto moral da coisa.
É importante observar que arranjar pretextos para derrotas não é exclusividade do aficionado bicolor. Todo torcedor, por natureza, desenvolve alguma teoria conspiratória para denegrir oponentes ou vitimizar o clube de coração.
Quem viu o Re-Pa com olhos da razão sabe que o placar final de 2 a 2 retratou o equilíbrio reinante. Marcação forte no meio-campo, passes errados em demasia e poucos lances agudos de gol, embora não tenha faltado disposição ofensiva. Das cinco ou seis chances surgidas, os times converteram quatro. É uma excelente média de aproveitamento.
O Remo foi mais determinado, mesmo tropeçando em velhos erros e ficando em desvantagem por duas vezes. Depois de perder um pênalti, mostrou capacidade de reação, depois que Giba trocou Otacílio por Vélber e pôs Gian em campo. No Paissandu, Medina não justificou a opção de Charles e Tiago só apareceu bem no lance do 2º gol. 
Mas o tiro de misericórdia na tese da marmelada foi desfechado pelos cartões amarelos recebidos por Sandro, Fabrício e Tiago Potiguar. Desafia a lógica pensar que, num jogo arranjado, três dos mais importantes jogadores do Paissandu se arriscassem a ser punidos. Ou será que os cartões também estavam combinados? Não duvido que haja quem acredite nisso. Afinal, no mundo da fantasia tudo é permitido.


 
A derrota do Cametá para o Águia garantiu o Remo na Série D. O grupo inicial deve ter Santana (AP) e Sampaio Corrêa. Mais moleza, impossível. (Foto 1: NEY MARCONDES; Foto 2: MÁRIO QUADROS; Foto 3: TARSO SARRAF)

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 10)

50 comentários em “Coluna: Teorias conspiratórias

  1. Gerson!? Foi você que escreveu essa barbaridade? Pelo amor de Deus!!! Até sábado eu imaginava que em tudo poderia haver tramóia, menos em Re X Pa, até sábado…Seu único argumento objetivo dos cartões, que foram meros acidentes que não estavam no script da canalhada, não se sustentam diante da explícita demonstração de satisfação do papão com o empate. Por que o Zé Augusto não entrou como sempre quando o time tem que fazer mais gols? Não sei se estava suspenso ou lesionado, mas prefiro achar que pela sua história de honradez pediu para não participar da safadeza. Por que enquanto a torcida do papão vaiava e gritava “marmelada” (pela primeira vez na história) a do Remo nem comemorava como que também surpreendida e atônita com o que via? Por que o Didi deu uma declaração pra lá de suspeita? Que equilibrado jogo decisivo é capaz de fazer o perdedor tocar a bola desinteressadamente longe do gol, não chutar de longe, nem tentar chuveirinhos no final? Nem um segundinho de acréscimo no final sem que os jogadores do perdedor partam pra cima do juiz, isso não existe em qualquer jogo hoje em dia mesmo quando o placar já tá definido, pênalti muuuito duvidoso, nenhuma falta dura, o Charles tava tranquilo sabendo que não iria cair, ninguém reclamou da arbitragem, Luiz Omar não vociferou. Em qualquer roda de bate-papo, entre amigos e familiares, entre remistas ou bicolores, não há ninguém que duvide da armação, só você Gerson? Sei que você não é ingênuo, você também achou no mínimo estranho como todos no Bola na torre em seus comentários sem graça que visavam mais a tentar desfazer a idéia geral de armação do que o jogo em si, mas estão cumprindo seu papel de cronistas esportivos e querem manter um mínimo de sustentabilidade às finais, mas não adianta mais, a torcida do papão não vai e conclamo à do Remo a fazer igual. Gerson, quem é Mauricio Soares Carneiro pra dizer isso, que importância tem a mera opinião de mais um dentre milhares de bicolores irados? Mas infelizmente você perdeu muito da credibilidade para comigo, concorde pelo menos que foi estranho sim, não afirme nada com tamanha certeza acerca do profissionalismo em se tratando de futebol, dirigentes, jogadores com prêmio atrasado, não ajude a colorir nossa cara, pois o nariz vermelho já colocaram. Finalmente: TORCIDA PARAENSE, FINAIS PELA TELEVISÃO! TODOS EM CASA, NOS BARES, MANGUEIRÃO VAZIO!

    1. Respeito toda e qualquer opinião, Maurício, desde que preserve os princípios de civilidade. Se deplora meu comentário, considera bárbaro na essência, só há um jeito de resolver o problema: parando de ler meus escritos. Não escrevo preocupado em agradar este ou aquele, escrevo com convicção e sinceridade. E reafirmo aqui o que escrevi na coluna: não creio que profissionais que se prezam e respeitam se prestariam a entregar um jogo semifinal de turno. Seria, além de burrice, uma insanidade. Conheço Charles pessoalmente, há muito tempo, sei de sua seriedade e honradez. Por isso, sei que não seria capaz de orientar seus jogadores a entregarem o jogo. Acho espantoso que você, por mera suposição, afirme que o elenco de jogadores do Paissandu e sua comissão técnica participaram de uma farsa tão cínica. Por outro lado, a opinião sobre a tal marmelada não é unânime sequer entre os torcedores alvicelestes aqui no blog. Há muita gente que discorda de você.

      1. Calma lá, Gerson. Falta de civilidade por achar bárbaro o que escreveste? Eu também não tenho que escrever para agradá-lo. Não sou do tipo que usa palavrões ou xingamentos, assim você não está respeitando minha opinião coisa nenhuma. O Charles faz parte por ser o técnico, é mandado, tem grana a receber, só que poderia ter feito de uma maneira mais discreta, o que irritou a torcida foi o descaramento…não precisa de unanimidade, nunca um jogo provocou tantos comentários nesse sentido, foi demais o que se viu. Aos remistas, que nada tem a ver com isso, parabéns e bola pra frente.

      2. Maurício, disse justamente que só respondo a comentários que respeitem o princípio da civilidade – como respondi ao seu comentário, significa que sua opinião está dentro desses princípios. Calma, portanto, também. Respeito seu ponto de vista, não tenho a prentensão de que você o modifique só porque penso diferente. Tudo certo, vamos em frente.

    2. É ai que falei a um amigo mau Mauricio, pq não colocaram o Zé Augusto, pq, amigo se ele entra em campo ele com sua vontade iria cobrar do jogadores de perto mais vontade e com isso a casa que ja estava montada iria cair, ou seja a marmelada que todos nós acreditramos já tinha cido feita, e com o terçado em campo ele iria se matar para ganhar o jogo, com isso trataram de colocar o Didi, que está voltando de contusão, sem ritimo de jogo, isso foi no minimo muito estranho…Campeonato paraense de futebol apartir de hoje para mim, e apenas um circo, onde os palhaços são os torcedores que pagam seus ingressos com dificuldade.

    3. Concordo plenamente com esse comentario, só não vou dizer que verei o jogo pela tv pois teria que dar o braço a torcer na vespera do jogo, acredito inclusive que os torcedores que estavam lá no sabado voltarão ao estadio nos dois jogos da final, sendo mesmo provavel a presença de um publico maior (torcedor não tem jeito). É justamente por isso q essas armações acontecem.

      1. É isso ai Philipe, na realidade todos dizem o mesmo no próximo jogo fico em casa, mas quando chega a hora corre para o estadio porque torcedor é trocedor e nada melhor do que o calor da torcida para xingar a arbitragem o adversário ou o proprio clube, isto são coisas do futebol por isso que o futebol é um esporte contagiante e que não tem explicação.

    4. Mas quando foi que vocês encheram algum estádio nesse campeonato? Isso não será novidade nenhuma. Nação Azul, vamos mostrar quem é que lota estádios, domingo vamos entupir o Mangueirão.

    5. Venho informar às bicoletes que já está tudo combinado. O LEÃO AZUL VAI SER CMPEÃO! e as bicoletes ficaram chorando e gritando desesperadas: é marmelada, é marmelada…Buahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh. Chorem bicoletes, o marmelo é grande e queijo cuia também.

  2. É bom não esquecer que o Remo enfrentará o Aguia e não o Paysandu na decisão do 2º turno, sendo que o segundo jogo será em Marabá. Só haverá REPA se o Remo vencer o Aguia.

  3. Gerson, eu nao creio em bruxas, mas que elas existem, isso eu nao tenho duvidas…tambem nao acredito em teorias conspiratorias, mas que elas, tsc..tsc…bom deixa pra lá..srrss…
    Tavernard, vc estah certissimo…só havera RExPA se o Leão passar pelo Aguia…vamos ter que aguardar 15 dias ….

  4. Em tempo, aos pauteiros de plantao, rs, quem é Juliana, filha da nossa Governadora Ana Julia, e ”Landuzinho”..rsrs…rs…

  5. E choradeira ainda não acabou!!! meus amigos bicoletes chega de choradeira, afinal foi mais um jogo de futebol, mais um rexpa, esse negócio de marmelada não existe, se fosse por isso o paysandú teria deixado o remo ganhar o 1º turno, pois o paysandú não precisa ganhar esse paraense, já está com a vaga garantida na série C, e o objetivo maior do clube esse ano é a subida a série B, é ou não é? então isso não existe, tão dizendo por aí até que faváro deixou passar aquele foguete do Marlon, é brincadeira o Marlon pegou aquela bola na veia, foi um lindo gol, eu queria quem era de vcs aqui no blog que pegaria aquela lapada que o Marlon deu, e será também que o Marciano perdeu o pênalti de propósito? a troco de quê? e também porque o sandro não perdeu aquele gol ele podia ter dado um chutão pra cima, o que é normal não é? então parem com esse negócio de marmelada, parem com a arrogância de vcs, dizer que o paysandú goleia quando quer o remo, isso é piada, desculpa de quem não sabe perder, o paysandú não é o melhor time do mundo como vcs bicoletes acham, abaixem a crista e acordem pra realidade!!! é o leãaaaaaaaaaoo!!!!

  6. Caro Gerson, de fato você como todos os leitores de sua coluna devem respeitar as opiniões alheias e como o espaço é democrático todos são livres para não lerem mais seu blog ou sua coluna mas isso não encerra a questão que dá título a coluna, por quê o Didi dá uma declaração daquelas ao final da partida??? Ora nos outros clássicos nunca se levou a discussão para além das mesas de bares no entanto, depois desse jogo, tenho certeza de que fará parte da turma do bate papo logo mais a noite. Analisando friamente a coisa não há motivos para crer em falta de preparo físico uma vez que a temporada está chegando ao meio do semestre (período em que os jogadores alcançam seus melhores rendimentos).
    Outra possibilidade é a falta de interesse dos jogadores mas ai só se justifica por salários atrasados ou coisas do tipo mas pelo visto isso não ocorre no paysandu (pelo menos a imprensa não noticia).
    Resta a conspiração, menos possível mas plenamente explicada por declarações de meias palavras com duplo sentido dadas por um jogador do paysandu.
    Logo, creio que é no mínimo aceitável a indignação da torcida e plenamente justificada pela atitude que o time teve em campo ao levar o empate.

  7. Pessoal, vejam bem: concordo sim que houve acerto na volta do intervalo. O jogo iria terminar empatado de qualquer forma. Se o Marciano tivesse feito o gol, no 2º tempo com certeza, não teriamos mais gol. Outra coisa, o Paysandu ganhou o 1º turno para ter vaga na copa do Brasil de 2011, por isso não podia ter dado para o remo, logo o 2º turno seria “teoricamente” para o remo ficar com a 2ª vaga e brigar pela vaga da séria D, que foi o que aocnteceu com a vitoria do Águia. Outra coisa que pode ser vista no 2º tempo: as quedas do tiago potyguar pela direita do remo, porque deixaram de acontecer? não venham dizer que foi porque o remo se reforçou naquele setor. O Zé Augusto ficou chateado com a torcida pela reação dela no final, pode ter sido mesmo isso, porque ele não concordava com aquela situação que pode ter sido resolvida no intervalo e ele sempre entra nos jogos contra o remo, mas as 03 substituições já tinham sido feitas apressadamente pelo charles. Vejo que pelo menos uma coisa tá garantida: o Papão já ém bi-campeão, se o adversário for o remo. Abraços

  8. Todos aqui em Bém temos amigos (amigo mesmo) azulinos e bicolores Pelo que ouvi e disso deduzo, o empate pouco importou aos bicolores. O resultado desse empate é que não deu o mote desejado : Remo parado desde 9/5 até Janeiro de 2011.
    Alguem já disse que a irreveencia é prerrogativa da imprensa, não discuto nem pratico tal pensamento, por isso nunca opinei sõbre resultados decisivos, que num passado, para alguns pareceram suspeitos. Os mais inteligentes que exercitem a imaginação.

  9. Caros torcedores digamos que a teoria da marmelada é verdadeira,digamos que o infinitamente superior paisandu,quase um santos de Neymar e companhia entregou o jogo para o remo. A marmelada tem como objetivo que o remo seja campeão do segundo turno e decida a final em dois jogos contra o paisandu,garantindo assim uma boa arrecadação para os dois times,sendo assim eu como torcedor do remo só tenho que agradecer a piedosa diretoria do paisandu que autorizou os atletas a fazerem corpo mole,pois se o objetivo final é esse,o remo vai ter garantido dois dos seus maiores objetivos no primeiro semestre que é a classificação para série D,já garantida ontem e uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem,realmente é muita bondade do paisandu com meu humilde time do remo.

    Uma outra coisa que eu queria saber é se a diretoria do paisandu já ligou para o Galvão e para os jogadores do águia para que eles também façam corpo mole na final do segundo turno,pois só assim a marmelada de domingo fará algum sentido.

    Só não entendi uma coisa,porque tres dos principais jogadores do paisandu levaram cartão amarelo e ficarão de fora da primeira partida?Essa marmelada esta estranha. A única coisa que eu tenho certeza é que mesmo o paisandu tenha um bom time isso não quer dizer que ele é imbatível e pode ganhar o remo a hora que ele quiser.

  10. Como dizerem os críticos da filosofia clássica: toda “verdade” é absolutamente relativa. E os críticos da historiografia positivista dizer que os fatos são versões do narrador. Por fim, Bourdieu teoriza: tudo que é produzido por humanos não passa de mero construto.
    Um dia poderemos ler “As memórias do Terçado Voador”. E ai quem sabe …….

  11. É,FOI MARMELADA O PAYSANDÚ JOGOU COM TIME MISTO(SANDRO,MOISÉS,TIAGO,FÁVARO E OUTROS)POIS O TIME TITULAR ESTAVA EMPRESTADO PARA O SANTOS JOGAR CONTRA O FOGÃO.O FÁVARO DEIXOU PASSAR O GOL DO MARLOS,POIS ELE PEGARIA A BOLA SEM PROBLEMAS. JÁ VIU JOGADOR BOM DISPUTAR SÉRIE C.FALA SÉRIO! ESSE PAYSANDÚ QUE É RUIM.AINDA FICAM DEPENDENDO DE ZÉ AUGUSTO. QUE TIMAÇO ESSE DO PAYSANDÚ,HEIN!!!!!!!!!!

  12. O TORCEDOR é realmente passional, não enxergando muitas vezes a verdade dos fatos. Quanto ao superclássico Remo e Paysandu (696 edições), um dos dois sempre terá um time melhor que o outro, porém qualquer resultado é sempre esperado (é só ver a estatística), e uma goleada é fato muito raro. VIVA os torcedores ponderados e inteligentes! Saudações aqui do sudoeste paranaense!

  13. Gerson, vc tem razão em tudo que escreveu, mas me explica uma coisa… Você não achou nada estranho? Nada? Nenhuma reclamação peo gol mal anulado, nenhuma disposição em ir para o ataque? A demora do paysandú em voltar pro segundo tempo? Foi normal? Tocar a bola pra trás, esperando ser eliminado? isso foi normal? EU NAO ACREDITO EM TEORIA DA CONSPIRAÇÃO, MAS SÁBADO EU VI!!! Eu jogo bola, eu vejo futebol, respiro futebol, e eu vi que não teve futebol…. Não é desculpa pra derrota, é pior que a derrota. Todo ano o paysadú perde, e eu nunca disse que foi corpo mole, mas sábado foi! E foi mesmo, eu vi! Infelizmente, eu vi!

  14. A torcida do paissandu sempre foi assim. Acha que o time deles é imbatível ao ponto de fazer o resultado que bem entende!
    Lebro de um fato na minha adolescência, quando estava no colégio no ano de 1993, num RExPA, um amigo da minha sala que torcia para o paissandu, na semana do REXPA ele dizia que o Remo não iria segurar o papão. O coitado só foi ver vitória do time dele quase 5 anos depois.
    Perdeu para Remo na 4ª rodada para ajudar o Remo e o campeonato não ficar sem graça, depois perdeu para o Cametá para tentar prejudicar o Remo, agora cedeu o empate para ter dinheiro nas finais. Hora, se o paissandu fez isso mesmo, porque a notícia não vaza tendo e vista a quantidade de pessoas que sabem disso? Outra coisa: é um risco muito grande para o paissandu facilitar para o Remo visando a arrecadação, pois o tiro pode sair pela culatra e o Remo sair campeão.
    Esse time do Remo não tão ruim como as bicoletes acham. O problema é o técnico Giba. Acho que ele tem alguma coisa com o Otacílio. No primeiro turno o time do Remo era muito forte porque entrava com 2 volantes e 2 meias. Basta ele fazer isso, com Didão e Danilo que o time volta a ser o que era antes: forte e ofencivo. No 4-4-2, os bicoletes verão com os dois se equivalem, por isso muitos gols esse ano,e isso com o Remo mal escalado!
    Por isso que eu digo que se o Giba acabar com a teimosia dele e sacar o Otacílio, aí o paissandu vai se lamentar de ter “facilitado” pro Remo.

  15. Outra coisa, não seria difícil acreditar que o paissandu facilitou para Remo, pois eles adoram fazer isso. Já se complicaram em vários jogos de campeonato paraense, onde o Remo foi prejudicado com o resultado. Então isso é armação também.
    Mas o inesquecível foi aquela entregada para o Internacional não cair de divisão.
    Ou seja, a torcida bocolor sabe o que fala.

  16. -> A Crônica Paraense está camuflando o episódio de ontem para não desvalorizar ainda mais o Campeonato Paraense. Campeonato falido que só está sendo rentável devido o apoio financeiro do governo do estado.

    Como pode ninguém da imprensa achar estranho a postura do Paysandu????

    1. Vc falou tudo amigo, com toda certeza o nosso campeonato e um fracasso, apesar de hoje em dia os nossos times do interior terem crescido, mais não recebem o mesmo apoio como os grandes da capital, não adianta o São Raimundo ganhar a 4º divisão, jogar um futebol bonito contra o todo poderoso Botafogo-RJ, o Aguia fazer grandes contratações de jogadores experientes e com boa qualidade tecnica, que sempre na final do campeonato sempre foi e sempre será com a dupla RE-PA, com raras exceções como no ano passado, mais entre 10 decisões 8 ou 9 e com a dupla RE-PA, o resto e o resto mesmo, os dois titãs da capital receberam apoio do governo do estado, por isso não se encontram em situação pior, ainda contam com o apoio restrito de nossa imprensa cada vez mais a meu ver bairrista, apesar da mesma se defender de tal acusação, mais e minha opinião!

  17. Caro Gerson Nogueira,

    Eu, como torcedor do Paysandu, nunca acreditei em armação em um re x PA. Mas se não houve no re x PA de sábado, os jagadores de ambos os clubes fizeram de tudo para levantar a suspeita dos torcedores. Depois do empate remista, foi óbvia a falta de vontade, a falta de vibração, o comodismo e o andar dos jogadores dos times. 2 x 2. Um placar bom ti e bom pra mim.

    Lembro que existe um ditado, pra mim mentiroso, que o remo não vive sem o Paysandu e vice-versa. O remo não vive sem o o Paysandu, mas o Paysandu vive muito bem sem o remo. Isso é explicado nos diversos anos que os times só se enfratavam em campeonato paraense, que é o único que o remo joga de fato e que o nome de remo só era falado e lembrado nacionalmente como sendo o maior rival do Paysandu.

    Ora, se o remo é eliminado, fecharia as portas em mais um ano sem campeonato nenhum pra jogar, a tão sonhada arena não justificaria ser construída para um clube que em mais de 100 anos só conquistou campeonato regional e os cofres dos “dois” grandes clubes do Pará ficarariam vazios sem os 2 re x PA´s da final,já que a volta das atividades é somente após a Copa. Muitos interesses e muito dinheiro em jogo. Dinheiro este importantíssimo para os cofres dos dois cluibes.

    Se não houve marmelada, houve o claro comodismo e a falta de vontade em campo. Vontade -excessiva- é o que embala um verdadeiro re x PA.

  18. O PSC com esse time já pode se despedir do campeonato , dou como sugestão ao Charles de ao invés de treinos passar os tapes dos jogos do Santos para que esses pernas de pau aprendam pelo menos a chutar. E o dept médico passar doses fortes de vermífugo para os jogadores. Pouca técnica e vermes são os problemas do PSC. Campeonato já era.
    Sds
    Luis Souza

  19. Pô, Gérson, remista e tucano? Sacanagem! Daqui a pouco vão dizer que tu és de Mocajuba. Aí, vai ser demais… Bom, teorias conspiratórias há muitas. Na Internet, então! Tem gente que acredita que o homem não foi à lua, que Elvis está vivo, que o Botafogo é um timaço (para provocar o amigo, rsrsrs) e que todo gaúcho é macho. O jogo de ontem está demonstrando algo bem evidente que infelizmente, torcedores do PSC passionais não querem enxergar: o PSC tem elenco, ainda é favorito ao título (essa convicção, ainda não mudei), mas não é tão superior ao Remo. Apesar de implicar com o Cláudio – freguês do Flamengo do CDP (só para irritar o amigo blogueiro, rsrsrs) – acho que ele profetizou algo ainda no primeiro turno: a final do Parazão será PSC e Águia. Ele postou após a vitória do PSC sobre o Águia no 1º turno, que aquele jogo seria a final antecipada do Parazão. Muita gente caiu de pau (epa) no Cláudio, inclusive eu. Olha, metade profecia está se realizando. A não ser que o Cláudio tenha mudado de opinião depois da chegada de Charles (à época, o PSC ainda estava sob comando do Barbi). O clássico de sabado evidenciou mais uma vez o baixo nível técnico do futebol paraense e vejo com mais preocupações ainda o futuro das equipes paraenses na Série C. Não acho que tenha havido “marmelada”, apesar do longa folha corrida do PSC nesse tipo de armação, mas um espécie de “freada de pé” proposital diante de uma situação que pouco interessava a equipe já classificada para o jogo final. A mesma coisa fez o PSC ano passado e foi campeão. A situação do Remo não é das mais tranqüilas e vejo o Águia como favorito a essa decisão. Agora, se os dois jogos forem no Mangueirão – o que seria mais correto, pois o estádio do Águia não tem condições para abrigar uma decisão digna – aí, a coisa muda de figura. Há de se considerar também que a equipe do Remo é bem superior a do ano passado e o Giba não é o Arthur, nem o Sinomar. O resto é fantasia conspiratória. Por falar nisso, cadê o Berlli? Rsrsrs.

    1. Amigo Cássio, obrigado pela lembrança. Estou dando um tempo e urubuservando as variadas opiniões para saber até onde minha percepção tem sentido. Confesso que perdi uma pouco do interesse com esse episódio entitulado “dando é que se recebe”, lá São francisco. Vou me minisfestar para a final do Paraense, onde acredito que a seriedade voltará a tona, afinal é o título que estará em jogo. Confesso que estou decepcionado com todos na Curuzu, inclusive Charles a quem dei crédito. Está chuvendo pedra e ninguém se manifesta no Paissandu a respeiro e a altura que o caso merece o que me deixa mais cabreiro. Ainfim, estou no aguardo do que vém para frente e como disse em uma postagem anterior, não vou ficar me desindratando por conta dos pensantes promissores.Parabéns pela merecida vaga a D.

  20. Só não esqueça também, amigo Cássio, que o Técnico do Remo era o Sinomar. Acredito que o fato do Águia jogar por 2 resultados iguais, pode fazer a diferença. Agora, como sempre falo, quem tem técnico, tem tudo e, a torcida do Remo continuará se segurando no Giba, para chegar a essa final, o que penso ser perfeitamente normal.
    – Penso que a torcida do Papão deve deixar esse negócio de Marmelada pra trás e, cuidar de cobrar de sua diretoria um Bom Técnico, antes que seja tarde.

    1. Engraçado Cláudio, vc falar quem tem técnico tem tudo o Fluminense por exemplo tem como técnico nada mais nada menos que o tri-campeão brasileiro, Murici Ramalho e levou pau do timeco do Ceara que tem uma especie de clone mal sucedido de Wanderlei Luxemburgo, o que vc me diz em relação a essa situação!

    2. Acho o Sinomar fraco, mas se o remo hoje está garantido na série D, deem graças a ele pela boa pontuação no 1º turno. Pode ser que o remo passe pelo águia e a glória seja cantada para Giba, mas acho difícil sem ajuda.

  21. Acho que não houve marmelada, o problema é o técnico. O Charles é gente boa, foi um bom jogador , mas não é técnico pro Paysandu. Agora, o Fávaro tá igual ao Ronaldo faz a barreira e fica atrás dela, o bom goleiro não é o pega as difíceis e sim o que não deixa passar as fáceis. Se a diretoria vai trocar de técnico na série C por que não faz logo, temos 20 dias até a decisão. Outra coisa, com algumas exceções o Paysandu está fraco para disputar a série C e alcançar uma das vagas. Se o técnico fosse o Barbi, não se falaria em marmelada queriam era a pele dele.

    1. Amigo aquele pombo sem aza, que o Marlon mandou no gol de empate, se colocasse 3 goleiros seria gol do mesmo geito! Não culpem o verdadeiro e legitimo paredão ou melhor MURALHA,

  22. Meus amigos… só cego pra dizer que no mínimo não houve algo de podre no reino da Dinamarca.Quem acompanha re x pa a 30 anos como eu, posso dizer de carteirinha que este clássico foi mais arrumado que cama de motel. Tudo que os amigos escreveram ai em cima sobre esta armação eu concordo. Agora, quanto a esperar que o patrono deste espaço se curve a realidade, seria pedir muito, pois estaria cuspindo no prato que lhe serve, não só ele como toda a nossa imprensa, ninguém tem a coragem de dizer a verdade, são todos coniventes , pois assim mantem-se a “credibilidade” de um futebol que a muito tempo acabou, e que hoje é tão fantasioso quanto os devaneios do paulo xatiado.

    Não verão mais o meu tutu tão cedo, pois pra fazer com que eu seja forte, este burros que comandam o nosso futebol, me fizeram o favor de transmitir os jogos pra capital e ainda deixaram a venda de cerveja de lado, ou seja, fico em casa, não gasto, não sou roubado e muito menos saio do estádio com a sensação que “passaram a mão na bunda”, pois esta aqui já saiu da janela, como diria o grande Gonzaguinha.

    Em tempo: eu fui um que retirei o meu filho do estádio com vergonha da cena lamentável e depois expliquei a ele, que aquele não era o Papão da amazônia e que o Charles de guerreiro, só tem o sobrenome.

    VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    1. Assino embaixo, minha grana tbm, nunca mais e por isso que hoje em dia esses jogos não atraem mais a torcida, pq, mesmo com um nivel tecnico aquem das tradições de remo e paysandu, os mesmo não despertam em seus torcedores crtedibilidade nenhuma, podem baixar os ingressos para 1 real que nem 50 centavos irão ver meu! E uma vergonha ainda ter gente da imprensa compactuando com essa quadrilha liderada por LOP e AK e CIA…Não da para engoli mais isso.

      O nosso futebol e mediocre e sem vergonha, acredito que os jogadores de nome não aceitam vir jogar aqui no Pará, por causa destes incidentes e amadorismos de seus dirigentes, que não tem nenhuma credibilidade para repassar aos mesmo.

  23. Parem um pouco o jogo já acabou se foi marmelada ou não o remo ainda vai ter que passar pelo aguia se passar vamos ver quem vai ter mais força pra conquistar o titulo, lembrem-se que em finais entre remo e paysandú não tem favarito mesmo que um time seja melhor no papel classico é classico todos nos sabemos quem não lembra de 99 onde o paysandú era infinitamente superior ao remo e com um gol do predestinado Ailton o remo sagrou-se campeão na raça e vontade, re x pa é re x pa não existe favorito.

  24. Gente, até que pode ser considerada uma marmelada. Porém, eu vejo por outro ângulo: Os jogadores do Papão ja são velhos, portanto sempre se deram mal no 2º tempo. E qual o interesse desses velhinhos em se matarem, agora, e morrerem em Marabá. Eles usaram a cabeça e vão esperar de camarote o vencedor desse turno. Eu, se fosse marmelada, não teria feito 2 gols (chutar pra fora é mais fácil que no gol) e muito menos teria deixado de fora 3 jogadores titulares e fundamenais de fora. Então, eles são burros?

    1. Pô amigo se os jogadores do papão são velhos como vc citou, oque dizer de Welber, Gian, Fabricio Carvalho, Landu, Marciano, Pedro Paulo, Marcio Nunes, e mais um montes de bombas encrostadas pelo baenão! Tu e doido de falar tal asneira, olhe preimeiro para dentro de sua casa que mais parece um pão de St. Antônio, todos com mais de 30 anos!

  25. Dos que citaste, nenhum é titular. São reservas de luxo. Eu digo velhos porque no segundo tempo estão com a língua de fora, ou ainda não percebeste. Todos ficam parados só Moisés e Potiguar correm. Marcando os dois, já era o Bi.

  26. Concordo plenamente com os que acham e sabem que o papão é superior ao remio em todos os setores.Tlavez os goleiors se equivalham ,mas nas demais posições o papão é superior,percebe-se isso de forma cristalina.Minha namorada que não é chegada em futebol ,mas que entre um dialogo e outro e um vinho gelado me dizia…esse time que joga com a camisa da Argentina é MELHOR QUE O OUTRO ,MAS PARECE QUE NÃO QUER VENCER…ISSO É REAL,HOUVE ALGO ESTRANHO.Aqui no sul ou sudeste do estado todos falam que o remio vive da sorte e de uma tradição -tradição apenas estadual-.Que há algo estranho ah isso há sim e tem mais na partida do returno aqui o Aguia tirou o pé -jogadores queriam se poupar e já estavam em primeiro lugar – e mesmo assim poderia ter feito uns tres…Um torcedor me disse que o Pará só vive do REXPA futebolisticamente falando e por isso certas coisas acontecem….elementar.

Deixe uma resposta