Há sete anos, na Bombonera…

Em pé, da esquerda para direita: Tinho, Ronaldo, Jorginho, Luiz Fernando e Rodrigo. Agachados: Lecheva, Vélber, Iarley, Vânderson, Robson e Sandro Goiano.

TAÇA LIBERTADORES – OITAVAS DE FINAL

BOCA JUNIORS 0 X 1 PAISSANDU
Data: 24/04/2003
Local: La Bombonera, em Buenos Aires
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR); auxiliares: Ubaldo Aquino (PAR) e Miguel Giacomuzzi (PAR)
Cartões amarelos: Iarley, Ronaldo, Cascini, Donnet
Cartões vermelhos: Róbson, Vanderson, Clemente Rodríguez
Gol: Iarley, aos 23 minutos do 2º tempo.

BOCA: Abbondanzieri; Ibarra (Calvo), Burdisso, Crosa e Clemente Rodríguez; Battaglia (Moreno), Cascini, Cagna (Tévez) e Donnet; Guillermo Barros Schelotto e Delgado. Técnico: Carlos Bianchi.

PAISSANDU: Ronaldo; Rodrigo, Tinho, Jorginho e Luiz Fernando; Lecheva, Vânderson, Sandro e Iarley; Vélber e Robson. Técnico: Daryo Pereira.

10 comentários em “Há sete anos, na Bombonera…

  1. Grande lembrança do meu amado Papão. Essa memória deve causar, na maioria de nós alviazuis, um misto de orgulho e de tristeza.

    Tristeza não por ter perdido o jogo de volta, afinal, perdemos para um grande clube que naquele mesmo ano viria a ser campeão do mundo em cima do Milan.

    Tristeza por, em tão pouco tempo, ver o Paysandu ir da glória ao fracasso, conduzido por uma diretoria mais comprometida com seus próprios interesses do que do os clube.

    Como consolo disso tudo é saber que fomos protagonistas de uma bela história de futebol. Orgulhamos a nação brasileira que acompanhou a história do Papão desde aquela derrota para o São Raimundo no último minuto pela Copa Norte.

    No ano seguinte veio a felicidade de ganharmos a competição, que nos deu aval para engranarmos uma vitoriosa campanha na Copa dos Campeões.

    Depois de carregarmos tanta felicidade para o norte do país, ficou a certeza de que somos, sim, capazes de irmos bem longe, contra tudo e contra todos.

    Avante, Papão!!!

  2. Com certeza o nosso Paysandu. Dificilmente não conseguira montar um exquadrão como esse que detonou o Boca Jrºs.

  3. Em competição continental (clubes brasileiros)só derrotaram o Boca em La bombonera Santos, Cruzeiro, Internacional e o Papão.Valeu!!!

    1. Em competições continentais, pois pela Libertadores somente Santos e Paysandu conseguiram esse feito incrível.

  4. sou palmeirense mas VALEU MUITO A PENA ver o papão então ´´ zebra´´ ganha do boca em pleno a toda temida BOMBONEIRA kkkkkkkkkkkk força papão voce é time de primeira divisão

  5. Juquinha, ninguém lembra o se a leoa jogou a sete anos atrás, se ganhou, empatou ou perdeu, se tiver jogado. Ontem eu tinha 100 raeis no bolso, gastei e hoje estou sem nenhum, mas amanhã vai cair mais uma ponta na conta e assim e vida segue.

  6. Dia 26 de abril dé uma data histórica para as leoninas. Foi o dia em que ficaram sem divisão lá em Santarém.

    Parabéns, Leoas! Um ano sem divisão!

Deixe uma resposta