Coluna: Coincidências azulinas

O Remo não podia esperar um fim de semana mais favorável. No sábado, o Ananindeua operou o milagre de parar o Independente, em Tucuruí, virando o placar em apenas sete minutos. Ontem, o time de Giba venceu seu primeiro Re-Pa no atual campeonato e ainda lucrou com os tropeços de S. Raimundo e Cametá, em Santarém.
A peça de resistência desse roteiro de felizes coincidências foi obviamente o clássico, que repetiu as mesmas doses de sofrimento e angústia para o torcedor remista, mas com desfecho diferente dos anteriores. O Remo, com firme postura defensiva no segundo tempo, conseguiu segurar o escore de 2 a 1 até o fim, mesmo jogando a maior parte do tempo com 10 jogadores – rotina de quase todos os duelos com o Paissandu nesta temporada.
Desta vez, porém, o samba mudou de tom. O adversário, que quase sempre soube aproveitar muito bem a superioridade numérica, perdeu-se em passes laterais e desperdiçou a velocidade inteligente de Tiago, Moisés e Fabrício. Aliás, foi a pior exibição do trio desde que começou a jogar sob o comando de Charles.  
Foi também a mais desatenta atuação defensiva de Cláudio Allax, pois pelo seu lado surgiram os cruzamentos que garantiram a vitória remista. E, para regozijo azulino, foi por ali que brilhou a estrela de Marlon, um valor injustamente negligenciado pelos treinadores do clube.
Sob a orientação de Giba, mesmo improvisado na ala esquerda, Marlon já mostrou utilidade nas duas ocasiões em que o Remo usou o sistema 3-5-2. Contra o Santa Rosa, sofreu e converteu o pênalti salvador. Ontem, participou dos dois gols e lutou bravamente enquanto teve fôlego, tornando-se a melhor figura em campo.   
As condições meteorológicas foram tão benéficas ao Remo que a vitória foi construída quando o Mangueirão ainda tinha um gramado razoavelmente bom. Quando as poças começaram a aparecer, Marciano já não estava em campo para enfrentar os zagueiros e disfarçar a precária condição física. E, por fim, quando tudo dá certo, até erros óbvios – como a desnecessária entrada de Otacílio – passam despercebidos. Coisas do futebol. 

Um jogador experiente como Sandro não tem o direito de agir de maneira tão destemperada diante da marcação de uma falta boba, sem maiores conseqüências para o jogo. Desde o primeiro tempo do Re-Pa, o volante e capitão do Paissandu já vinha pressionando o árbitro com reclamações exageradas. No lance que levou à expulsão, voltou a protestar de forma insistente contra a marcação e praticamente pediu para tomar o segundo cartão amarelo. Depois, transtornado, completou a lambança, insultando o bandeirinha com xingamentos e acusações absurdas.
Quando vejo essas injustificáveis explosões de ira recordo sempre das cenas da célebre batalha dos Aflitos, quando o Grêmio com apenas sete jogadores conseguiu derrotar o Náutico. Todos enaltecem a bravura gremista, mas esquecem as agressões perpetradas contra o árbitro daquele jogo, transmitidas ao vivo pela TV. Quem comandava o esquadrão de ataque era justamente Sandro. 

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta segunda-feira, 12) 

64 comentários em “Coluna: Coincidências azulinas

  1. Essa manchete (Coincidências Azulinas) deveria vir entre aspas. A operação salvamento do Remo começou no sábado com a derrota do Cametá e foi domingo adentro com uma sequência de resultados surpreendentes. O Remo chegará à série D não por mérito, mas por interesses, inclusive político-eleitorais. Mas não vai adiantar nada, pois será inferior a seus adversários dos outros estados, estes sim, classificados por merecimento e em reais condições para a disputa, ao contrário da artificialidade remista. Se alguém ainda tem alguma dúvida sobre essas tais “coincidências”, responda por que elas não ocorrem no campeonato brasileiro também, onde nossos times viraram saco de pancada. Por que é só no Parazão, hein?

    Curtir

  2. Gerson, alguns detalhes do Jogo de ontem, na minha opinião:
    1- O Remo, continua evoluindo Taticamente, como falei no jogo passado e, seu conjunto vem crescendo e, isso acontecerá, jogo a jogo, anotem;
    2- Estava escutando a clube e vendo o Jogo, ontem e, os dois Comentaristas, na hora em que Gian foi expulso, queriam que tirasse o Patrick ou um dos zagueiros, para a entrada de outro jogador. Imagine, Gerson, vc perde um homem de Criação aos 39 minutos, então não tem como vc se abrir atrás, que aí o adversário vai agradecer e, ainda tem um jogador que veio de contusão, que tinha falado antes do jogo que não aguentaria os 2 tempos. A entrada do Otacilio, foi providencial e, ao contrário do post, penso que o Giba acertou em cheio.
    3- O Remo, com Giba, só precisará dele, para chegar a série D e, disputar esse título do 2º turno.
    4- Perceberam, que ontem, nem se falou do 3-5-2 ? É isso que eu falo, o torcedor precisa entender, que tudo começa por um bom técnico e, hoje, o Remo tem;
    5- O Paysandu, teve mais posse de bola, mas é mal treinado, por isso não teve poder de penetração;
    6- O Time do Papão só cresce quando Sandro resolve ir na ligação, perceberam? Pois é, mas seu Técnico insiste em colocá-lo atrás;
    7- Perceberam que o Moisés e Thiago, pouco apareceram no jogo( DE NOVO), isso é fruto de um time mal treinado;
    8- O Paysandu precisa urgentemente de um bom Técnico, pois tem o melhor elenco entre os times que disputam esse campeonato. Isso, se quizer ser campeão.
    9- Te dizer, amigos, mas os comentaristas( e ontem eram 2) dizerem que o Giba queria matar o Landu. Que não era pra ter tirado o Marciano e sim um dos Zagueiros, … . O Remo ontem, foi perfeito Taticamente e, não deu penetração ao time Bicolor, por isso ganhou o Jogo;
    10- Vou bater insistentemente nessa tecla: O PAPÃO PRECISA DE UM BOM TÉCNICO, ANTES QUE SEJA TARDE.

    Curtir

  3. Cláúdio. Simplesmente o Paissandú não jogou contra um time retrancado e sem forças. Ganhou pela postura defensiva que adotou. O Remo teve sorte de sair na frente do placar e assim jogar como havia Giba planejado (defensivamente). Só a má vontade para com o jogo ou acontecimento(s) interno explica a atuação bicolor. Tecnicamente no geral Charles desperdiçou outra oportunidade de mostrar conhecimento. Não gostaria de ver sua saida antes do fim do estadual, mas vejo que sua conduta franciscana prejudica seu trabalho.

    Curtir

  4. A maior surpresa do jogo de ontem não foi o placar e nem o público, foi o Remo reconhecer que é atualmente inferior e assim se postar como time pequeno, principalmenmte todo o 2º tempo quando recorreu a cera para salvar a pele em nome da sobrevivência.

    Curtir

  5. Eu prefiro jogar como pequeno, mas como time grande, ganhar o título. Hoje esse é o futebol. A realidade do Remo é essa, pelo elenco limitado, não se pode esperar muito, mas o título se vier, vai ser mérito dos jogadores, claro, mas acima de tudo de um técnico que tem visão da realidade e dos adversários.

    Curtir

  6. Calmo PAULO, foi só mais um REPA e desta vez uma comemoração pela vitória azulina, título é outra história.

    Curtir

  7. O grande problema, amigo Berlli, por essa “retranca” a que vc se refere, é pelo fato do Remo ainda estar recuperando jogadores fisicamente e o mesmo está no inicio de um esquema tático. Perceba, que ontem, mesmo com o gramado pesado, o Remo suportou até bem, mas caiu de rendimento nos minutos finais. Perceba, que num time, mais importante que vc fazer os ” craques” jogarem, é vc jogar com consistência. Ontem, se vc olhasse para o Banco do Remo iria ver: Velber, Samir, Heliton, Otacilio, Didão, Levy(um excelente banco), mas se Giba der essa consistência ao time, acredito que esses jogadores irão ajudar e muito no crescimento desse conjunto. Entenda uma coisa, um time com um bom conjunto, é tudo no futebol, só que, pra isso acontecer, tem que passar por um bom Técnico, que hoje, o Papão não tem. Penso que ainda dá tempo, mas o Papão tem que correr.

    Curtir

  8. Não vejo tanta diferença técnica assim entre Remo e Paysandu, pois vejam:
    1 – O Remo perdeu um clásisso, onde jogou com 10 o tempo todo, no outro só levou o empate, porque se lançou totalmente ao ataque (precisava da vitória por 02 gols para levar o título);
    2 – Perdeu para o SANTOS (resultado totalmente aceitável) levando em conta a realidade atual;
    3 – Ontem com um jogador a menos em boa parte do jogo, conseguiu segurar um resultado (em parte por méritos e outra por deficiência do Paysandu);
    4 – O único resultado, inesperado foi a derrota para o Cametá;
    5 – A única diferença entre Payssandu e Remo, é que o Payssandu, conseguiu o jogo de volta contra o Palmeiras, que convenhamos não é grande coisa, pois foi 0 10º no Paulista

    Curtir

  9. Penso eu, Berlli, que o Águia subiu, o Remo está subindo, mas se o Papão contratar um bom técnico, amigo, não tem pra ninguem, pois o Paysandu tem um elenco pra ser campeão Paraense e voltar a série B. Isso, se o Presidente deixar.

    Curtir

  10. Certa vez o TAVERNARD NAVES perguntou o que é ser um bom técnico? Como quebra cabeça muitas peças formam esta figura e ser enérgico é uma delas. A conduta do Sandro ontem torrou a paciência do mais moderado torcedor bicolor. Aguardavá-mos a sua expulsão a qualquer momento e justamente aconteceu. Charles deveria ter utilizado a sua condição de treinador (superior) para alertar o estrela Sandro do prejuizo que sua expulsão acarretaria ao time naquela ocasião que o placar era adverso, jogando com um a mais e o adversário retrancado. Outra conduta seria a substituição, mas seria externuadamente criticado, mas ser bom técnico é isso, em vezes é preciso desagradar a maioria sabendo o que está fazendo. Curiosamente até LOP não aLOProu. Vai entender…

    Curtir

  11. O Chororô vale!… Afinal, o freguês sempre tem razão.
    Em tempo: mesmo este Remo sendo um arremedo de time, nos jogos que ficamos com o mesmo número de jogadores levamos vantagem.
    Isso só prova uma coisa; o bicó…lor já assimilou sua condição de simples coadjuvante nos Re x Pa.

    Curtir

  12. Caro Berlli, vc falou uma verdade, o REMO foi realmente inferior, mas em número de jogadores durante aproximadamente 40 min. O time mostrou superioridade e eficiência no ataque quando teve oportunidade, diferente do paysandu que teve um falso domínio pois não conseguiu ser competente para furar o bloqueio imposto pelo técnico Giba quando o Remo com um a menos só poderia se defender.

    Curtir

  13. Cláudio, quanto a GIBA, este fez o que lhe caberia fazer e o Paissandú facilitou sua tarefa. Não vejo tanto regozijo neste feito, até porque no meio da semana contra o Santa Rosa seu trabalho foi favorecido pela arbitragem, não podemos esquecer esse detalhe com a vitória de ontem. No minha modesta visão de entender seu trabalho como treinador, acho que orientou muito bem uma retranca, mas longe de conhecimento tático para tal. Landú só na frente e o que Deus quiser não é eficiencia comprovada. Deu certo, sorte dele.

    Curtir

  14. Bom dia Soeiro e parabéns por ontem. Vejo que aquela toalha jogada dias atrás por você não virou serventia de pano de chão, mesmo sendo da cor azul. O importante é que o paraense continua com sua mera atratividade. Já pensou se a leoa obedecesse seu domador? Males que vem para o bem.

    Curtir

  15. Hoje é o dia da minoria dizer tudo o que tem direito. O pior do susto já passou, mas continuo lembrando que o 2º turno começa com o quandrangular e Independente e Cametá estão no páreo. Calma leão, foi só um descuido de teu domador.

    Curtir

  16. Discordo de vc, pra mim, o remo venceu na sorte ou na marmelada que já se comenta pelas ruas de Belém, poís mesmo com um tecnico inferior dito por vc, o PSC, tem o melhor time como vc mesmo disse em seu post, jamais perderia para o remo. o time do remo teve uma ligeira melhora apenas no sistema defensivo nada a mais que isso, eu digo venceu na sorte ou na marmeada, pq o gol que o Landu fez, a bola se não tocasse no defensor do paysandu nem chegaria na sua cabeça, a trajetoria dela seria outra, quanto a marmelada que já se comenta e que o remo, como e tido como clube grande mais joga um futebol de time pequeno, por ter uma torcida quase do tamanho da do paysandu e mais interessante financeiramente, para todos doque um quadrangular entre paysandu, aguia, São Raimundo e independente. Portanto não discordo dos comentarios que rolam pelas ruas, pq já tivemos muitos casos em nosso fraquissimo futebol paraense sobre esse tipo de maracutaia.
    Outra coisa o paysandu mesmo com um tecnico inferior, como vc teima em sempre frisa em seus comentarios, será campeão paraense denovo, mesmo com o tecnico a nivel de seleção brasileira como vc gosta de comapar “Cláudio”.

    SAUDAÇÃO BICOLOR!!!

    Curtir

  17. KAMADA. Por esta lógica o Santa Rosa é melhor tecnicamente que o Remo, pois o juiz naquela ocasião fabricou o resultado do jogo.

    Curtir

  18. Caro Cleiton, respeito sua opinião, mas minha intenção não é lançar qualquer suspeita quanto às coincidências. De fato, refiro-me à sequencia favorável ao Remo, que não passa de coincidência, de fato. Não fosse assim, o que se poderia dizer das coincidências desfavoráveis, como na derrota para o Cametá, lá na segunda rodada? Ou da incrível virada do Paissandu na semifinal em Tucuruí contra o Independente? Não costumo apostar em teorias conspiratórias. O futebol é apaixonante justamente por ser quase sempre imprevisível.

    Curtir

  19. Interessante essa “minoria”, principalmente quando o órgão de maior credibilidade em estatística decreta justamente o contrário… enfim!.
    Caro Berlli, obrigado pelos parabéns pelo resultado do jogo, o qual eu não quis assistir. Este time do Remo não me inspira nenhuma confiança e da forma como estão jogando, o bicó entra sempre em vantagem.
    O fato bom da vitória, somada à ótima combinação de resultados me deixou mais tranquilo em ter um calendário no segundo semestre. Tenho que avaliar se não sou eu que esteja “secando” o Remo, pois os jogos que não assistí o mesmo se deu bem.
    Penso que com o Giba tendo mais tempo para impor um padrão de jogo o Remo pode fazer bonito na série D. Apenas isso… Ainda acho que o paissandu é grande favorito ao título estadual.

    Curtir

  20. Carlos Berlli temporariamente das postagem mas visitante ocasional deste blog, agrada-me constatar apreciações pertinentes, mesmo dicordando-as.
    Sua referencia a minha indagação o que é ser um bom técnico diria-lhe de maneira imprópria e irresponsável que o bom técnico é o ganhador de jogos e títulos. Este é um conceito universal e brasileiro por excelencia.
    Telê Santana teve em mãos duas grandes seleções e não tornou-as vitoriosas. Nem por isso o Palito deixou de ser um reconhecido e
    competente treinador.
    Faltou ao Telê o conhecimento do famoso e ridículo NÓ TATICO ?
    Não, Telê conhecia os mistérios e a quadratura bola. Pouco lia jornal (esporte) e do pouco que lia triava os merecedores da sua atenção.

    Curtir

  21. Apesar de satisfeito pela vitória azulina, dois fatos não podem passar em branco. Primeiro que, ao contrário das teorias conspiratórias vaticinadas pelo fanatismo e a burrice, o resultado foi normal e previsível, diante do equilíbrio entre as duas equipes. Não vejo essa decantada superioridade do PSC. Apenas possui melhor elenco e nessa condição será campeão paraense. E só. Segunda constatação: o péssimo nível técnico do jogo, realçando a acentuada queda do nível do futebol paraense atual. É correria, raça e lampejos de brilho. Ontem, tive a terefa hercúlea de acmpanhar simultaneamente os três jogos envolvendo minhas equipes de coração: Leão, Mengão e São Paulo. No Rio, a previsão de sempre,e a decisão contra o Bota com o desfecho igual ao dos últimos anos. A única diferença é que dessa vez, quem anda se beneficiando de arbitragem é o Botafogo. O clássico Sansão, este sim, digno de um futebol de qualidade há muito não visto no Brasil. O São Paulo deu lição de superação e demonstrou que com um jogador a menos pode encurralar uma equipe altamente técnica como o Santos que ontem não jogou nada e foi salva graças a erros de interpretação da arbitragem e ao frango clássico de Rogério Ceni que já deveria estar pensando em sua aposentadora ao invés de prejuducar o tricolor em jogos decisivos como está se repetindo desde 2005. Esses são os fatos. O bom de ontem é que caiu a última Pitonisa aqui do blog: o Bentinho…

    Curtir

  22. O que fazia o Amaro Klautau distribuindo beijos nos jogadores ao final da partida. Nunca deu um chute, não paga ingresso nem pega encarnação como os legítimos torcedores. Queria ver se perdesse o jogo iria ao menos nos vestiários confortar os caras. Oportunismo é pouco, mas cheira ao período de eleições.

    Curtir

  23. Gerson, foi no mínimo estranho o destempero do Sandro num rexpa banal, que não valia muita coisa, por ser um jogo de meio de turno que ainda não definiria, ainda, a classificação.
    Não há nenhum dúvida que ele provocou a sua expulsão, e aliando-se a isto a apática atuação de toda a equipe, abusando de passes laterais e chuveirinho na área, e ainda com o desperdício de 3 lances claros de gol, em que os caras estavam sozinhos à frente do Adriano (B. Rangel, Moisés e C. Allax)… era só empurrar e correr pro abraços.
    Fiquei com a impressão que essa derrota foi para dar um recado pra alguém da diretoria: ou muda oq está errado (atraso de salários? premiações?), ou a vaca vai pro brejo.
    O remo jogou muito com a sorte: achou 2 gols onde a zaga não pulou uma gilete deitada, e depois passou o resto do jogo na retranca. Coisa de time pequeno que é!

    Curtir

  24. Caro Matos, trata-se de puro ato de campanha, proselitismo explícito, demagogia barata. Careta nunca jogou pedra em mangueira, porque tucano acha isso politicamente incorreto. Nunca quebrou vidraça com boladas porque não pega bem… Mas tem a quem puxar. Lembra daquela carreirinha patética do Almir The Cat na pista de atletismo do Mangueirão? Esse é outro pateta que não sabe a diferença entre córner e off-side.

    Curtir

  25. Antes do primeiro re x pa que decidiu o primeiro turno,o remo era o favorito pela melhor campanha e o paisandu que havia se classificado em quarto era um time inconfiável até para o seu torcedor,com a vitória de 4 a 2 de um dia para outro o paisandu se transformou no melhor time do estado e naquela ocasião ninguem achou estranho aquele resultado.

    Ontem a vitória do remo ja deu espaço para um série de especulações,a verdade é que o remo ganhou e o resultado foi normal,ja vi vários rexpa em que um time ganhou sem que realmente ele tenha sido o melhor em campo. O paisandu tem um time mais encorpado e com muito mais opções no banco de reservas do que o remo,isso é um fato inquestionavel,mais isso não quer dizer que o remo não pode ganhar um jogo do paisandu.

    Curtir

  26. Gerson se fosse só o Amaro hein ? ontem um senador (nunca recebeu um voto) estava no folder distribuído contra o trabalho escravo(eu assinei)…em tempo de eleição até o Serra vive rindo….

    Curtir

  27. Ô, O PLÁGIO VOLTOU! O PLÁGIO VOLTOU.
    Amigão, esse grito já tem dono, é da torcida do Flamengo. Sejam originais, criem um canto pra vocês…

    Curtir

  28. A não relação do Didi já soou estranha… Algo de muuuuuuuito estranho acontece nos bastidores do clube…

    ô luiz omar, já começaram as promessas vãs…

    Curtir

  29. OLÁ AMIGOS, BOM DIA !!!

    LENDO OS COMENTARIO DOS AMIGOS POSSO DIZER QUE TODOS ESTÃO ESQUECENDO UMA COISA….O GRAMADO DO MAGUEIRÃO ONTEM NÃO ESTAVA PARA PRATICA DO FUTEBOL…IMAGINE JOGADORE COMO; FABRICIO, THIAGO E MOISES NUM GRAMADO COMO O DE ONTEM……. PURA SORTE REMISTA, CASO CONTRAIO MAIS UM 4X2….. É MINHA OPINIÃO.

    Curtir

  30. resultado normal.
    Clássico é Clássico.

    Agora essas repetidas substituições do Fabrício estão me deixando de cabelo em pé.
    Acho q o fabrício é um grande jogador q pode decidir o jogo em um lance.
    Sei não.

    Curtir

  31. Quero ressaltar caro Tavernad, que jogo de ontem, não aconteceu o famoso “NÓ TÁTICO”, se isso, que quer dizer. Teve sim a equipe azulina com um verdadeiro FERROLHO, ARMADURA, PAREDE, MURO, bloqueando as investidas do PSC, acho que o remo jogou como time pequeno, pois se omitio do jogo o tempo todo, e fez questão de ficar apenas na defensiva depois de ter feito o segundo gol. Bom jogou um futebol horroroso mais saiu vencedor e com um futebol medroso.

    SAUDAÇÃO BICOLOR!!!

    Curtir

  32. No fundo existe alguma coisa estranha por traz desse jogo de ontem, ainda acredito em marmelada, para ajudar o remo, e relação ao que o Marcelo Gomes, disse eu não concordo, ate pq o problema do remo eu sempre cito aqui, e fisico e qualidade de seus jogadores suplentes, coisa que realmente no paysandu sobra, por isso venceu o re-pa por 4×2.

    Curtir

  33. Esqueceram outra coincidência: mais uma vez as mucuras bicholetes foram favorecidas com espulsão injusta de jogador remista. Só que desta vez a armação não deu certo( a sandra louca também foi expulsa) e o LEÃO mostrou que com o mesmo n° de jogadores não perde .

    Curtir

  34. Eu gosto de ver e ler as loucas bicoletes descontroladas querendo achar explicação para sua derrota. Simples, meninas, as semhoras estão torcendo para um time vagabundo que enganam vocês que acham que é um Barcelona, um Santos ou um Internazionale na vida. Mas como todas as mocinhas desvairadas, areditam em fantasias que partem de suas cabecinhas. No entanto, quando chega a decepção as loucas querem se matar. Choram meninas, choram que o ”negão” – LANDÚ-, cheogu para fazer a festa pra vocês SUAS LOUCAS DESVAIRADAS.

    Curtir

  35. André, me responda uma coisa: Se o Raul não tivesse sido expulso nesse RExPA de 4×2, você REALMENTE acha que o teu time teria vencido o primeiro turno?

    Acorda rapaz!!! Esse teu time é tão ruim e tão bom quanto o Remo. Panas no momento tem um melhor preparo físico.
    Outra coisa: esse RExPA 4×2, já passou. Agora é RExPA 2×1.

    Esse teu time depende da Sandra. Depois que ele saiu, o teu time não criou mais nada. Ou seja, é só anular o Sandro. Mas o Remo tem muito mais qualidade na criação, com Welber, Gian e Samir. O time do Remo só precisa ser arrumado e i Giba vai conseguir fazer isso.

    Curtir

  36. Pelo que o Sandro falou em alto e bom som, diante dos microfones e da câmera, ao vivo, para o árbitro, um bom processo seria pouco. A fita deveria ser encaminhada pelo árbitro ao TJD. É inadmissível o que falou à arbitragem. Pouco vi no futebol brasileiro tamanha falta de respeito e com acusações graves de suborno. A arbitragem não pode se acovardar e o Sandro deve responder pelo que falou. Se eu nfosse o árbitro, chamaria a Polícia Militar presente, daria voz de prisão ao Sandro e após o jogo, dirigiria-me à delegacia mais próxima para denunciar o jogador por assédio moral, constrangimento público, agressão verbal e desacato.

    Curtir

  37. Chorei não meu caro, clássico no meio do turno não vale nada… e na final levaram de 4 e o caneco foi nosso.
    Enquanto vcs contam e se contentam com vitórias, a gente conta títulos.

    Curtir

  38. O problema é esse, conseguir anular o Sandro.
    Já tiveram 4 oportunidade e não conseguiram, e nem vão conseguir, pq o Sandro sozinho joga mais q todo o meio campo do remo. Isso é fato.

    Curtir

  39. O árbitro, muito embora seja chamado vulgarmente de “juiz”, não é Juiz de direito e não pode dar voz de prisão pra ninguém. E ninguém sabe oq o bandeirinha falou pra ele antes dos microfones chegarem no local.
    Se for por isso, manda prender também o carniceiro do San, que ano passado mutilou o Velber e ontem queria acertar também o Zé Augusto.

    Curtir

  40. RExPA 4×2 é passado e voc~es só ganharam porque o Raul ajudou, pois competência para vencer o Remo completo já ficou provado que vocês não têm.
    Anular o Sandro é uma questão tempo, o Giba sabe e vai fazer isso.
    Mesmo que ele não seja anulado, para o paissandu vencer o Remo é necessário expulsar um jogador remista ou vocês entrarem com 12 em campo. Caso contrário, o paissandu não tem competência, com Sandro ou sem Sandro, de vencer o Remo no mano-a-mano. Só com muita sorte.
    E outra vitória de vocês sobre o Remo, sabe lá quando, pois você só ganham de “tempo em tempo”.

    Curtir

  41. Sylvio, em campo, o árbitro é autoridade máxima e tem pode sim de chamar o policiamento quando a situação justificar e, no mínimo, solicitar prisão ao oficial de plantão, como qualquer cidadão, em caso de cometimento de crime ou contravenção. Você esqueceu da “prisão de cidadadão” garantida por lei? Sandro é mercedor sim de grave punição pois atacou a honra e a integridade do bandeirinha. É esse tipo de postura machista e arrogante de arremedos de craques que fazem a torcida extrapolar em suas manifestações.

    Curtir

  42. é muito choro na cidade eu falei aqui no blog, que o LEÂO venceria não acreditaram taí o tabu já comesou. 2jogos já foram agora é rumo À 33. o CALADO hoje é O papinha.ôôôôôô o Landu voltou e mãesandu si calou kkkkkkkkkkkkkkkkk.

    Curtir

  43. Como Arbitro de futebol amador, concordo com vc Cassio…Nas minhas andanças por aí, se for o caso claro, nós arbitros em campinhos sem segurança alguma, não reiniciamos o jogo enquanto um atleta expulso, ou um torcedor bebado, ou qualquer integrante da partida nao esteja ha 100,150 ou até 200 metros de distancia … e se for mais grave ainda solicitamos ajuda PM …ontem o Sandro era pra sair dentro de um camburao da ROTAM…o cara usou e abusou …será que ele nao queria ir pra Marabá de onibus ? he he he he

    Curtir

  44. Qualquer cidadão porde dar voz de prisão para alguém que comete crime e está em flagrante. Só que para isso acontecer, deve conduzir o infrator até uma autoridade competente. O Sandro poderia sair detido, se o arbitro tomasse as providências cabiveis.

    Curtir

  45. Engraçado, apareceram uns rábulas aqui no site arrotando conhecimentos jurídicos que não tem.

    Comprovem em textuais o “crime” verbal cometido pelo Sandro. Duvido que consigam.

    Quando os microfones chegaram ao local, apenas captaram o áudio dele dizendo pro bandeirinha: “depois vai no vestiário pedir uma camisa, seu remista”, e nada mais que isso.

    Entendi, então: o crime foi ter chamado o cara de remista. Realmente é um xingamento terrível!

    Curtir

  46. Conversa furada, discussões acaloradas dentro de um campo de futebol não podem ser consideradas como ato criminoso. Nem quando há agressão isto ocorre, e o próprio Código Penal não pune a chamada violência esportiva.
    Se fosse assim, todo jogo de futebol saia os dois times pro xadrez.
    Vocês só estão falando do Sandro por é conveniente, mas estão esquecendo que o Raul quis agredir o árbitro e foi contido pelos outros jogadores.

    Curtir

  47. Ontem o Clube do Remo jogou como se deve jogar. Marcação cerrada homem- a -homem o que não acontecia antes, que era por Zona. Assim dificultou as estocadas do menino Moisés, e jogadas do Potiguar, que aliás é só quem joga nesse time. É erro do técnico botar Gian para marcar, assim como Welber. Os dois não podem jogar juntos, a não ser no 4-2-4 (antigo), mas que, pessoalmente, acho o melhor esquema.

    Curtir

  48. caro Gérson,

    muito se fala na torcida do PAYSANDU de um suposto favorecimento ao rival…assim como ano passado, 2 x 1 na decisão da vaga pra final do 2º turno a favor do remo, volta a desculpa do PAYSANDU sempre quebrar o galho do Remo por causa de renda nos jogos finais e etc…
    Peço ao escriba que relate algum caso real de marmelada em nosso futebol, se houve provas ou não, pois em 36 anos de vida não soube até hoje se ocorreu tal pataquada no clássico mais jogado do mundo. Não acredito nisso pois francamente iria me tolher toda a vontade de torcer e sinceramente…paro de acompanhar futebol paraense na veracidade desses fatos..
    Saudações bicolores!

    Curtir

  49. La vem o Claudio falar de técnico. Olha um trecho de seu comentário: ” O Remo ontem, foi perfeito Taticamente e, não deu penetração ao time Bicolor, por isso ganhou o Jogo”.

    Não compreendo como um time tão perfeito tecnicamente permitiu que o PSC tivesse tantas chances clara de gol como a que moisés e allax perderam no segundo tempo. E o gol que Rangel perdeu ao demorar a chutar e o de moisés ao final do primeiro tempo.

    Cara, clássico é clássico e vi os jogadores do PSC entrarem como se fosse um jogo a mais, por isso vacilou nos primeiros minutos.

    Quanto ao resultado foi normal, mas tenho a impressão que se não tivesse chovido tanto antes e durante a partida o resultado seria outro.

    Curtir

  50. Pelo visto, Sylvio, criaram algum fato tipico sobre o qual o congresso ainda nao legislou. Resultado normal. A tendencia agora e a decadencia bicolor e Aguia e Leao devem fazer a final do segundo turno.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s